Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Executivo da Câmara de Beja sobrepõe a politiquice à aprovação do Orçamento para 2012

Zé LG Zé LG, 28.12.11

A Assembleia Municipal de Beja reprovou ontem o Orçamento da Câmara. Pela primeira vez, desde o 25 de Abril de 1974, a Câmara de Beja vai ser gerida em regime de duodécimos. O Orçamento da Câmara foi reprovado com os votos contra da CDU e do Bloco de Esquerda, a abstenção do PSD e de um elemento da bancada do PS e os votos favoráveis dos restantes eleitos do PS. A maioria PS na Câmara e a maioria CDU na Assembleia Municipal não chegaram a entendimento. A diferença entre as propostas dos dois partidos rondava os 200 mil euros em transferências para as Juntas, para a Assembleia distrital e para o Conservatório num orçamento global de 38,5 milhões de euros.

Leia aqui o resto da notícia com este título: “AM de Beja chumbou Orçamento. Câmara avança com queixa no Ministério Público”

 

Como se pode verificar, pelo montante que levou ao chumbo do Orçamento, foi o Executivo do PS que fez tudo para que a Assembleia Municipal não aprovasse aquele instrumento previsional, procurando agora fazer o papel de vítima – não os deixam concretizar os projectos que pretendiam… - e ameaçando recorrer à via judicial para tratar problemas políticos e de gestão que criou. A situação que se vive exigia uma atitude responsável do Executivo da Câmara de Beja, que este mostrou não ter.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.