Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Maiores lagares do país no concelho de Beja

Zé LG, 14.07.06

O elevado potencial de consumo de azeite em todo o Mundo demonstra que o olival é uma cultura rentável. A prová-lo está o investimento feito por uma sociedade espanhola (da zona de Córdova) no olival da Fonte dos Frades, que também dá o nome à empresa, situado perto da cidade de Beja, na estrada para Serpa. Trata-se de uma área de 600 hectares de olival intensivo e ao seu lado encontra-se em construção o maior lagar do País.

As justificações apontadas pelos investidores espanhóis para a escolha do Alentejo são a existência de apoios públicos à instalação, custo da terra mais baixo do que em Espanha e a garantia da existência de água a médio prazo, devido à barragem de Alqueva.
Espera-se que as obras do lagar estejam concluídas em Setembro, uma vez que a colheita da azeitona é feita em Outubro/Novembro. Nessa altura, apenas metade do olival de Fonte dos Frades se encontra apto para a produção de azeite. Por isso, o lagar vai acolher também a produção do olival da Rabadoa, que se situa a escassos quilómetros. Também neste olival está prevista a construção de um lagar dentro de meses, que passará, nessa altura, a ser o maior lagar do País.
in
www.diariodoalentejo.pt