Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Selecção em Évora não pode ser «drible» à cultura urbanística da cidade

O PCP diz que o estágio da selecção nacional de futebol em Évora está a ser utilizado como pontapé de saída para uma «Oferta Privada de Aquisição hostil dos interesses da especulação imobiliários» sobre a cidade.

«Durante o processo de negociação da vinda do estágio da selecção, houve quem quisesse fazer depender tal facto da construção de um complexo desportivo na Herdade
da Silveirinha (estrada das Alcáçovas), entrando num processo de chantagem através de um argumento falacioso: sem tapete verde na Silveirinha não haveria estágio, “esquecendo” que a colocação de um novo relvado no Campo Estrela e obras nos seus balneários resolveriam o problema. A construção (…) tem como objectivo final a deslocalização do Campo Estrela para possibilitar a mudança de utilidade dos terrenos, actualmente definidos no Plano de Urbanização como equipamentos desportivos, para fins habitacionais», diz o comunicado dos comunistas de Évora.

Retirado do NA

1 comentário

Comentar post

Comentários recentes

  • Zobaida

    Deu mais valor a essas coisas do que ao Hospital o...

  • Anónimo

    É pena não se dar o devido valor a quem ( uma das ...

  • Anónimo

    "envelhecimento e falta de manutenção dos equipame...

  • Anónimo

    Este governo PS começa a ser mesmo uma anedota ger...

  • Anónimo

    Esta é mesmo de mais....Será que esta ministra não...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.