Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“não devemos estar a falar do mesmo Alvito”

 

"Alvito, onde a felicidade é fruto da terra." Quem pensou neste slogan não deve ser cá da terra! Sinceramente! Onde é que há "felicidade" numa terra onde toda a gente critica toda a gente? É bom viver no meio de um ninho de cobras?
Nesta terra ninguém valoriza o trabalho do próximo; ninguém critica de forma construtiva; não há entreajuda / solidariedade. Todos olham para o próprio umbigo! São estes os motivos que me levam a acreditar que o criador deste slogan não é um habitante de Alvito. Mas se por acaso me enganar, então não devemos estar a falar do mesmo Alvito.

 

Comentário deixado aqui por um Anónimo, a 29 de Junho de 2011 às 00:00

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Essa e outras matérias, limitações sérias ao acess...

  • Anónimo

    Para ter voz na política não é preciso estar em qu...

  • Anónimo

    Mesmo que assim passasse a ser,os partidos que der...

  • Anónimo

    Para não perderem a voz na política há um partido ...

  • Anónimo

    O pão do dia a dia ou os privilégios e mordomias q...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds