Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Miguel Góis acusa CDU de maus comportamentos na Câmara de Beja

Zé LG, 22.06.11

 

Miguel Góis, vereador responsável pelas áreas da cultura e desporto na Câmara Municipal de Beja e presidente da Concelhia de Beja do PS, afirma que: "Nunca vi uma oposição assim!", declarando que o executivo do PS assiste "

constantemente ao levantamento de suspeições, a calúnias, a maus comportamentos e comportamentos de muito má educação em plena reunião de câmara" como, exemplificou, "chamar palhaço e mentiroso ao presidente" da autarquia, Jorge Pulido Valente.

"É uma oposição que eu não faria se estivesse no lugar deles. Faria uma oposição construtiva", alega Miguel Góis, que passa imediatamente ao "contra-ataque" para adiantar que a anterior gestão da CDU é que fez aquilo de que agora culpa o PS. "Nós fazemos tudo correctamente e dentro da lei, mas depois vamos ao histórico, àquilo que está para trás, em que alguns foram intervenientes e, eles sim, fizeram tudo aquilo que estão a apontar-nos sem nenhuma razão. Isto é difícil porque, quem não se sente, não é filho de boa gente", desabafa.

 

Com estas afirmações - que parecem ser gasolina deitada na fogueira -, Miguel Góis aviva o confronto verbal entre eleitos do PS e da CDU, que têm caracterizado este mandato desde o seu início. Não vamos esperar muito pela resposta da CDU...

E entretanto, como vai a governação do concelho em termos práticos, a concretização do programa eleitoral do PS e do plano de actividades?

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Zé LG 23.06.2011

    José Vaz: Não manifestei discordância nem concordância. Alvitrei os destaques que o CA fez da entrevista. E alvitrei também para o facto (ou não é?) deste confronto verbal entre eleitos do PS e da CDU atirarem para segundo plano o que é mais importante, ou seja, a avaliação do cumprimento ou não do programa eleitoral e do plano de actividades.
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.