Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Economistas portugueses apresentam queixa-crime contra agências de rating

Zé LG, 08.04.11

Um grupo de economistas - José Reis e José Manuel Pureza, da universidade de Coimbra, e Manuel Brandão e Maria Manuela Silva, do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) -, quer a abertura de um inquérito contra a Moody's, a Fitch e a Standard & Poor's por crime de manipulação do mercado.

O inquérito que os assinantes do documento querem que seja aberto deve apurar a «prática dos actos abusivos que são imputados» às três, a «existência de graves prejuízos produzidos nos interesses do Estado e do povo português» e a «identificação dos quadros directivos das ditas agências e os autores dos actos» da denúncia.

Os economistas querem também saber se os «benefícios obtidos pelas agências» e os seus clientes «foram de notória importância», para além de quererem ter acesso a «todas as comunicações internas das agências de notação respeitantes às classificações referentes a Portugal» desde o ano de 2010.

Até pode não dar em nada de concreto, mas a atitude destes economistas merece ser realçada, por não se resignarem e intervirem activamente para que o Mercado funcione correctamente.

4 comentários

Comentar alvitre