Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Resíduos Industriais Perigosos

O ministro do Ambiente anunciou que a co-incineração de resíduos industriais perigosos (RIP) vai começar dentro de três a seis meses nas cimenteiras de Souselas e Outão, adiantando que serão co-incinerados apenas dez a vinte por cento dos RIP, sendo os restantes tratados nos Centros Integrados de Recuperação, Valorização e Eliminação de Resíduos (CIRVER).

Esta decisão lançou novamente a polémica sobre um assunto tão importante e sensível, a necessidade de reduzir os efeitos nocivos destes resíduos no ambiente e na saúde.

Não domino suficientemente o assunto para sobre ele ter uma posição definitiva, isto é, não sei qual é a melhor solução. Mas parece-me que a pior solução é não avançar com uma qualquer, pelo que me faz uma certa confusão que este problema só, ou principalmente, seja discutido quando é apontado um caminho e parece que se vai, finalmente, começar a tratar do problema.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Vamos ter nova geringonça. E a ideia, pessoalmente...

  • Anónimo

    Num país em que o maior trambiqueiro político está...

  • Anónimo

    Uma vida saudável depende de muitos outros factore...

  • Zé LG

    A alimentação não é um factor importante para uma ...

  • Anónimo

    Porreiro, pá!É ver para crer!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds