Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Morreu Fernanda Barroso

Zé LG, 13.06.06

A viúva de Álvaro Cunhal faleceu hoje de manhã aos 61 anos, precisamente um ano depois da morte do líder comunista, de acordo com informação prestada pelo PCP, do qual era militante desde 1974.

Engenheira técnica química, companheira de Álvaro Cunhal durante mais de 25 anos, Maria Fernanda de Sousa Barroso era funcionária do PCP desde 1975, membro da DORL desde 1979, tendo sido membro do Comité Central entre 1979 e 1996. Participou nas greves estudantis de 1971/72 e foi delegada dos alunos nocturnos na RGA. Colaborou com a CDE nas eleições de 1973 e participou no movimento católico antifascista. Depois do 25 de Abril de 1974, foi eleita para a Comissão Directiva Provisória do Instituto Industrial de Lisboa e fez parte da Comissão de Trabalhadores do LNEC.