Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

BUROCRACIA ENTRAVA ARRANQUE de LEILÕES DE GADO EM ESTREMOZ

A abertura dos leilões de gado promovidos pela Associação de Criadores de Ovinos da Região de Estremoz (ACORE), que estava prevista para o final do ano passado, continua sem data marcada, segundo o presidente da ACORE, adiantando que o atraso se deve à enorme burocracia que é preciso vencer para concluir o processo.

Os leilões de gado de Estremoz, nos quais terão prioridade os animais dos sócios da ACORE, serão realizados no Parque de Feiras e Exposições, numa primeira fase com periodicidade mensal podendo, posteriormente, passar a quinzenais.
O arranque dos leilões de gado no âmbito da região poderá ser um passo importante para a valorização e rentabilização da actividade pecuária e o desenvolvimento económico do nosso mundo rural já que, como assevera João Tavares, “a cultura cerealífera não tem o menor interesse”.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Avisa-se a todos aqueles que diziam, dizem e escre...

  • Anónimo

    PARABENS PAULO ARSENIO , novo Elefante Branco no P...

  • Anónimo

    Não há um tipo desse grupo de inteligentes que até...

  • Anónimo

    De facto, já alguém questionou o conhecimento que ...

  • Ana Matos Pires

    Reaças são os gajos, e sonsos comó caraças.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds