Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Contra um (maior) isolamento de Beja

Zé LG, 26.01.11

Reúne esta noite, às 21h00, no Auditório da Biblioteca Municipal de Beja, a Assembleia Municipal de Beja, em sessão extraordinária aberta à participação do público, para debater o futuro das ligações ferroviárias à Cidade.

Não vou poder participar, por motivos pessoais, mas reafirmo a minha disponibilidade para apoiar todas as acções que tenham por objectivo o combate a um ainda maiorisolamento de Beja e a defesa de melhores ligações, neste caso, ferroviárias à Cidade, colocando o Alvitrando à disposição para a sua divulgação.

 

Veja e assine aqui uma Petição “RAMAL DE BEJA E OUTRAS DORES DE ALMA”.

 

ADENDA: O movimento de cidadãos vai hoje tomar de assalto a Estação de Beja, para “alertar e sensibilizar toda a comunidade” para as consequências das pretensões da CP em acabar com as ligações directas a Lisboa.

Florival Baiôa, presidente da Associação de Defesa do Património de Beja, apela à população para que compareça na Estação de Beja, hoje, pelas 19h30, para assistir ao “maior assalto da história da cidade de Beja” - uma representação teatral “simbólica” de contestação ao alegado fim dos comboios directos para Lisboa.