Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Contra um (maior) isolamento de Beja

Reúne esta noite, às 21h00, no Auditório da Biblioteca Municipal de Beja, a Assembleia Municipal de Beja, em sessão extraordinária aberta à participação do público, para debater o futuro das ligações ferroviárias à Cidade.

Não vou poder participar, por motivos pessoais, mas reafirmo a minha disponibilidade para apoiar todas as acções que tenham por objectivo o combate a um ainda maiorisolamento de Beja e a defesa de melhores ligações, neste caso, ferroviárias à Cidade, colocando o Alvitrando à disposição para a sua divulgação.

 

Veja e assine aqui uma Petição “RAMAL DE BEJA E OUTRAS DORES DE ALMA”.

 

ADENDA: O movimento de cidadãos vai hoje tomar de assalto a Estação de Beja, para “alertar e sensibilizar toda a comunidade” para as consequências das pretensões da CP em acabar com as ligações directas a Lisboa.

Florival Baiôa, presidente da Associação de Defesa do Património de Beja, apela à população para que compareça na Estação de Beja, hoje, pelas 19h30, para assistir ao “maior assalto da história da cidade de Beja” - uma representação teatral “simbólica” de contestação ao alegado fim dos comboios directos para Lisboa.

Comentários recentes

  • Anónimo

    O Alvitrando só se anima quando há escândalos...

  • Anónimo

    Pode-se até concordar em parte com isso! Mas o Alv...

  • Anónimo

    Na prática:- EscOteiros: sem religião definida;- E...

  • Anónimo

    Exactamente!

  • Anónimo

    Um bom exemplo! Que aliás deveria ser replicado co...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.