Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Greve Geral recentra o debate no que é importante

Acabei de assistir, talvez, ao melhor dos programas do Prós e Contras, a propósito da Greve Geral, convocada em conjunto pelas duas centrais sindicais, pela segunda vez na história da democracia pós 25 de Abril

As participações dos líderes sindicais, Carvalho da Silva e João Proença, do Professor João Reis, do presidente do CES, Silva Peneda e do advogado Garcia Pereira atingiram elevados níveis de qualidade e esclarecimento sobre a não inevitabilidade das políticas impostas, na necessidade de reanimar o aparelho produtivo e fazer crescer a riqueza e de revalorizar o trabalho, da necessidade dos estados criarem mecanismos de controlo dos mercados, etc.

As intervenções do Professor João Reis e de Silva Peneda, pela abertura de horizontes contra a ortodoxia dominante dos economistas de serviço e pela sistematização do necessário enquadramento do debate sobre como sair da crise e mobilizar a sociedade para esse combate, merecem destaque especial.

As participações dos Professores Bacelar Gouveia e Cavaleiro Brandão e, principalmente, da ministra do Trabalho e da Solidariedade Social ficaram muito aquém das restantes, quer na qualidade das mesmas quer porque não conseguiram descolar da justificação das más políticas impostas, que conduziram à crise e que, a prosseguirem, a acentuarão.

A ministra Helena André mostrou não ter estatura política mínima para o exercício das funções para que foi nomeada, limitando a repetir alguns lugares comuns pretensamente técnicos e preocupados com a negociação com vista à criação de pactos sociais em termos puramente abstractos.

Ficou uma certeza: vai ser a maior greve geral de sempre no nosso país. E daí terão de ser retiradas as necessárias consequências.

 

15 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    Mais uma vez, estamos a constatar o desinvestiment...

  • Anónimo

    Pois, pois.....A falta de dignidade e coerência po...

  • Anónimo

    A democracia é a pior forma de governo, com excepç...

  • Anónimo

    Bem sei, caro LG, que a citação não é da sua autor...

  • Anónimo

    O quê? Ou a linguagem é subliminar, ou sou eu que ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.