Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Bem me parecia que ia dar nisto...

Zé LG, 10.09.10

O título de campeão obtido pelo Benfica, na última jornada da época passada, depois de muitos anos de jejum, parece ter subido à cabeça, designadamente do seu treinador, Jorge Jesus. Em vez de assumir alguma modéstia e humildade, pavoneou-se. Em vez de contratar (mais) qualidade, contarou quantidade. Em vez de privilegiar os jogadores portugueses ignora-os, quer nas contratações quer na sua utilização. Em vez de reorganizar a equipa em função dos novos jogadores, insiste no mesmo modelo como se fossem cópias dos que sairam. Em vez de substituir jogadores que mostram estar fora de forma insiste neles como se tivessem lugar cativo ou não tivesse quem os substitua.

Procurar reduzir o mau início de época aos prejuizos criados pelas más arbitragens - que parece ser um facto inquestionável -, pode ser muito perigoso, porque em vez apostar na correcção das falhas próprias ignora-as e promove uma fuga em frente, disparando em todas as direcções onde vislumbra "inimigos".

Não descurando a defesa intransigente de boas, porque isentas, arbitragens, deve-se concentrar em preparar melhor a equipa, principalmente face às maiores dificuldades resultantes de ter que defender o título de campeão nacional. Sofrendo mais golos e marcando menos e perdendo jogos como tem acontecido - mesmo descontando os erros das arbitragens -, não vamos lá. E isso não se deve apenas à saída de dois jogadores (a saída do Quim não conta porque foi dispensado) e a erros das arbitragens. Deve-se também e fundamentalmente a erros próprios.

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.