Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Quando os compromissos do Estado não passam de promessas do governo

As obras de construção da nova escola de Vidigueira estão quase concluídas mas não há data para inauguração porque a Direcção Regional de Educação do Alentejo (DREA) ainda não pagou dois milhões de euros em dívida à Câmara da Vidigueira.

A Escola vai acolher os alunos do 1º, 2º e 3º ciclos e devido aos atrasos nos pagamentos não está integrada na lista de uma centena de estabelecimentos de ensino que serão inaugurados a 5 de Outubro, data da comemoração do centenário da República.

O governo, qualquer que seja, assume compromissos em nome do Estado, que devem ser cumpridos integralmente. Não é aceitável que o partido que está no governo use o Estado e se aproveite das autarquias e das empresas - que devia apoiar -, para a sua propaganda. Este governo, por aquilo que mostra, não olha a meios para se manter no poder.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Avisa-se a todos aqueles que diziam, dizem e escre...

  • Anónimo

    PARABENS PAULO ARSENIO , novo Elefante Branco no P...

  • Anónimo

    Não há um tipo desse grupo de inteligentes que até...

  • Anónimo

    De facto, já alguém questionou o conhecimento que ...

  • Ana Matos Pires

    Reaças são os gajos, e sonsos comó caraças.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds