Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Vinhos alentejanos premiados em Itália

Zé LG Zé LG, 10.06.10

De um universo de 1400 vinhos de toda a Europa, o Alentejo ganhou duas medalhas de ouro e duas de prata, no concurso enológico internacional “Selezione del Sindaco”, realizado em Itália.

Os vinhos premiados foram os de Henrique José de la Puente Uva, da Herdade da Mingorra., de Beja, e António Lança, da Herdade Grande, de Vidigueira, com uma medalha de ouro e outra de prata, cada um.

Pela primeira vez, esta edição contou com a participação de 80 produtores de 22 municípios de Portugal filiados na Associação de Municípios Portugueses do Vinho.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Zé LG 16.06.2010

    A minha filha foi contratada através de concurso público, que não foi impugnado, pelo que julgo que nenhum dos restantes concorrentes se terá sentido indevidamente preterido.
    Quanto à sua só lhe posso dizer que lamento que ainda não tenha arranjado emprego.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 17.06.2010

    Concursos públicos, concursos publicos, até dá azia e faz comichão. Não foi impugnado, então para quê?
    Os recibos verdes salvam todas as situações.
    Por acaso fiz uma busca na página da Camara de Castro e lá está o contratozito da sua filha, incluída nos vencimentos mais altos para contratados.
    Muito bem, parabéns.
    Eu vou tentando a ver se arranjo uns amigos que dêm trabalho à minha filha, porque ela não teve sorte até ao momento.Mas pronto, temos que compreender, é a crise.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 17.06.2010

    Oh amigos, não vão por aí, quem é que acredita nos concursos públicos?Que se acuse a pessoa que acredta nisso. Quando os juris dos concursos são isentos e às vezes isso acontece, os politicos ultrapassam-nos e prevalece a decisão politica. Digam-me lá quem é que pode referir concursos publicos para garantir rigor e seriedade?
    Tomem vergonha, e respeitem as pessoas que ainda são inocentes ao ponto de acreditar que os seus filhos vão arranjar trabalho, mesmo sem pertencer a nenhum "grupo" dos tais.Pobres criaturas estas que nos querem fazer crer na história do bandido.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.