Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Será pedir muito?

Por esta altura andam os eleitos locais embrenhados à procura de um passe de mágica. Gostariam de "achar" uma solução, um projecto-maravilha, uma ideia bombástica que pusesse o seu concelho no mapa, assim de repente. Alguns até estariam dispostos a gastar uns dinheiros se isso atraísse multidões.
Mas...ó desespero, a vida corre inexorável para o despovoamento, as poucas empresas fecham portas, os velhos entristecem ainda mais - se isso é possível, os últimos casais mais jovens abandonam definitivamente a terra. Já não dá. O interior já não dá! E não há panaceia que iluda esta verdade.

O que rareia e aquilo de que precisamos, como de pão para a boca, é de uma ideia, uma visão para os sítios que habitamos. Não é preciso nada grandioso. Não queremos multidões, nem festas, nem obras imponentes. Queremos que pensem senhores, que pensem (caramba!), que planeiem, que ousem, que estudem, que ouçam as pessoas, que lhes conheçam as necessidades mais básicas! Levantem-se connosco de manhã, vejam o que comemos, onde vamos, o que compramos, onde trabalhamos, onde descansamos. Escrutinem os nossos desejos, testem as nossas soluções, tomem nota dos nossos projectos para a terra em que habitamos. E pode ser que dentro de uma década, quem sabe duas, comecemos a ver algum resultado. Pode ser!

Retirado, com a devida vénia, daqui, onde apresenta o título: Aqui já não há.

Comentários recentes

  • Anónimo

    O Paulo Arsénio está ao serviço do PS, não contest...

  • Anónimo

    Para fazer dinheiro vale tudo...

  • Ana Matos Pires

    Só por curiosidade deixo aqui as idades de todos:A...

  • Ana Matos Pires

    Nem eu afirmei tal coisa, Zé LG, apenas peguei no ...

  • Anónimo

    Muitos funcionarios da Camara comentam que no temp...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.