Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Começaram hoje as comemorações do centenário da República

Começaram hoje, no Porto, as comemorações do centenário da República - na data que coincide com a “Intentona de Golpe Republicano”, realizada no Porto a 31 de Janeiro de 1891 -, com o hastear da Bandeira, ao som de “A Portuguesa”, intervenção do Presidente da República e do Presidente da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República. Fica também patente ao público, a partir de hoje, no Centro Português de Fotografia do Porto, a exposição “Resistência. Da Alternativa Republicana à Luta contra a Ditadura (1891-1974)”.

No âmbito das comemorações entrou em itinerância a exposição “Viva a República!”, que percorrerá cerca de 150 concelhos de todo o País, a partir do primeiro trimestre deste ano, e permanecerá durante 2010 em digressão, constituída por uma viatura adaptada complementada com duas tendas de apoio, para instalar numa zona central e de fácil acesso à população, devendo permanecer em cada local entre dois a tês dias.

1 comentário

Comentar post

Comentários recentes

  • Ana Matos Pires

    Reaças são os gajos, e sonsos comó caraças.

  • João Espinho

    @anónimo 15:19 - não me sentiria bem representado ...

  • Anónimo

    Dra, nota-se ainda uma costela do pai...a sua posi...

  • Anónimo

    JE se votássemos nas pessoas que melhor nos poder...

  • Ana Matos Pires

    Acho sempre maravilhosas estas observações sobre a...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.