Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

História de arrepiar

Moral da história, o meu pai por ter 76 anos já é velho e pode morrer, já está a dar prejuízo e portanto que se lixe, afinal como me disse um dos médicos com que falei, ele tinha dois anos e já ia em quinze, estava cheio de sorte.
Eu por mim recuso-me a assistir a esta segunda tentativa de homicídio, que é o que o hospital está a fazer, fiz reclamação até já para o ministério e estou decidida a pôr a boca no trombone, foi o que disse aos senhores do hospital, que rapidamente me ligaram a dizer que dentro de uma semana chega um novo especialista.
Acham isto normal, num estado de direito onde um homem descontou para o sistema de saúde durante 46 anos e que nunca teve uma baixa na vida?

 

Este é o fim de uma história reveladora dd forma como este governo trata os doentes a partir dos 75 anos, contada, com coragem, pela Lurdes, que pode ler na íntegra aqui.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Comboio parado a 10 km de Beja. Continua a saga! Q...

  • Anónimo

    Uma leitura curiosa do J.Espinho.Algo incoerente e...

  • votante

    Pois eu vou votar, mas com a convicção que o meu v...

  • Anónimo

    Que os Baixo-Alentejanos votem CONTRA o Governo do...

  • Francisco Santos

    Para além de tudo isso a Maria Alice foi uma das p...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds