Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Recolha de resíduos no ramal de Aljustrel nas malhas da “Face Oculta”

Zé LG Zé LG, 09.11.09

 De acordo com informações a que a Voz da Planície teve acesso, existem referências a telefonemas feitos entre dois arguidos do processo "Face Oculta", o empresário Manuel Godinho e o quadro da Refer, Manuel Guiomar, onde este informa que foram adjudicados trabalhos no ramal ferroviário de Aljustrel”, embora este “ramal ferroviário que liga a estação do Carregueiro, na Linha do Alentejo, às minas de Aljustrel, numa extensão total de 11,6 quilómetros, e que era apenas usado por comboios de mercadorias, não era gerido pela Refer, já que é propriedade das Pirites Alentejanas.”

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.