Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Toda a carta deve ter resposta

Em 12 de Outubro de 2005 enviei uma carta à Comissão Concelhia de Alvito do PCP em que, entre outras, apontei as críticas e solicitei as respostas seguintes:

“…
Assim, com o pouco tempo de preparação, o desrespeito pelas orientações do Partido, a falta de democracia interna…, a exclusão dos militantes e dos activistas da CDU do processo de escolha e composição das listas e, principalmente, da elaboração do programa eleitoral, não é de admirar que os resultados eleitorais tenham sido os verificados – os piores de sempre a nível autárquico… E isto aconteceu quando a nível geral a CDU conseguiu manter os seus níveis de votação.
O responsável da DORBE conduziu e dirigiu directamente todo este processo.
A Comissão Concelhia aceitou este caminho e participou activamente nele.
… Lembro que as reuniões do Organismo Distrital de Autarquias deixou de integrar os eleitos das câmaras em minoria e que só se realizou uma única reunião destes…
Lembro ainda, entre outras situações, que:
1 – No Alentejo a CDU perdeu 3 câmaras (Estremoz, Redondo e Alcácer do Sal) e ganhou 2 (Barrancos, com Tereno que a DORBE rejeitou para a Região de Turismo, e Vidigueira);
2 – Não recuperou Alvito e Ferreira do Alentejo, onde havia boas condições de o conseguir;
3 – Perdeu posições (nalguns casos a maioria) em associações de municípios e regiões de turismo;
4 – No distrito de Beja as listas encabeçadas por alguns membros da DORBE tiveram os piores resultados eleitorais;
Que conclusões tiram de tudo isto?
Quem assume, agora, a responsabilidade desta pesada derrota?
Quem assume a responsabilidade pelas dificuldades que a organização partidária vai enfrentar no Concelho?
Ou vão, mais uma vez, acomodar-se, “enterrar a cabeça na areia” e culpar os “outros”?
Ou será que algumas vitórias perfeitamente conjunturais ou mais que naturais vão, mais uma vez, ser utilizadas para “tapar o sol com a peneira”?
Camaradas,
Gostaria de ter a resposta às questões que coloco.
Peço-lhes, por isso, a vossa resposta e que enviem esta minha carta à DORBE e ao Secretário-Geral do PCP para que eles, igualmente, me possam responder.
Espero que me respondam no prazo de um mês.”

Seis meses passados e continuo sem qualquer resposta. Foi isso que me levou a tornar públicos estes trechos da carta que escrevi. Mais uma vez vou ser acusado de tratar na praça pública o que devia ser tratado internamente. Espero que não se esqueçam de que para que tal aconteça é preciso que se realizem reuniões…

15 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Comentários recentes

  • Anónimo

    O Hospital de Beja entrou numa fase de desinvestim...

  • Anónimo

    E agora, a quem vão pedir batatinhas?

  • Anónimo

    Concordo em absoluto LG.Mas parece-me que já não é...

  • Anónimo

    inteiramente de acordo e sem qualquer discussão!.....

  • Zé LG

    O título e este alvitre foram publicados não por s...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.