Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Usar o IRC como factor de apoio às empresas

Ao contrário do que costuma ser apontado, julgo que a melhor forma de usar o IRC como factor de apoio às empresas não é a sua redução – porque se as empresas pagam IRC é porque têm lucros e se têm lucros é porque estão bem -, mas seria criar uma conta corrente entre o Estado e as empresas em que estas pagariam o IRC quando tivessem lucro, como já acontece, e receberiam apoio do Estado, até ao valor que tivessem em crédito sempre que tivessem prejuízo.

Desta forma as empresas teriam apoio do Estado quando precisam, porque têm dificuldades, e não quando estão bem, como agora acontece, visto que, muitas vezes, apenas estas são apoiadas quer pelo Estado quer com fundos comunitários.

Gostava de ver discutida esta proposta revolucionária, porque rompe com o “mais do mesmo” e nunca vi discutida.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Cruz credo! Se assim é o k é.... Fdx

  • Anónimo

    O cartaz faz jus ao nome do evento! No entanto o...

  • Anónimo

    Não podes estar mais longe. O eterno e sempre à mã...

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.