Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

A angústia do PCP

O drama presente da família comunista no nosso país reside nesta dupla situação: de um lado, um partido que definha mergulhado no sectarismo, no esquerdismo, na burocracia e perde quadros, influência e prestígio; do outro, milhares de comunistas que não querem outra opção partidária e que não se resignam à inacção, mas que foram afastados ou se afastaram por não se reconhecerem mais no partido que foi o seu, tal como é agora.
Escreveu Carlos Brito na última edição do Expresso.

Nessa mesma edição, à pergunta do semanário " Considera que os renovadores ainda são comunistas" respondeu Domingos Abrantes: "Não, de modo nenhum".
Será que é ele que passa os atestados de quem é ou não comunista?!

3 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    Que nenhum eleitor do Distrito de Beja vote neste ...

  • Luísa de Sousa

    E lá estou eu em 9º.

  • Anónimo

    Completamente de acordo. A própria inclusão na exc...

  • Anónimo

    Sempre é menos doloroso do que ouvir a Cristina Fe...

  • Anónimo

    Quer-me parecer que ainda este ano é arranjada!......

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.