Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Uma "boa" notícia (de novo, a Ponte da Ajuda) ou um presente envenenado?

Haja alegria! A Junta da Extremadura (espanhola) resolveu declarar, em 13 de Março de 2009, a Ponte da Ajuda, do século XVI, como "Bem de Interesse Cultural". Sem grandes comentários, salvo alguns elogios à beleza da Ponte primitiva, às particularidades da sua avançadíssima engenharia ("se destaca que es una "notable" obra de ingeniería"), e, claro, ao seu pretenso papel de ligação entre as margens do Guadiana.

Perante uma tal deliberação, fica-se sem saber o que dizer. Basta ler que "el puente fue construido en los primeros años del siglo XVI y erigido sobre el río Guadiana en la raya fronteriza de España y Portugal", para se perceber que algo não está bem.

Será possível ignorar, num documento oficial, que a Ponte construída no século XVI não estava em raia nenhuma, porque, sendo então Olivença indiscutivelmente portuguesa, a fronteira não passava por ali?
Sabe-se, por outro lado, que desde 1801, existe uma "Questão de Olivença", e que Portugal não reconhece a legalidade do exercício da soberania espanhola. A própria Ponte da Ajuda é tida como monumento nacional português, e como tal declarada em lei (24 de Janeiro de 1967).


Recebido por e-mail de Carlos Eduardo da Cruz Luna

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se são carneirinhos ou não como V.a Ex.a defende, ...

  • Anónimo

    Ele não vai , LEVAM-NO !!!.

  • Anónimo

    Lá estás tu a pôr defeitos ao homem.Não o deixam e...

  • Anónimo

    Falar do que não se conhece é espalhar a própria i...

  • Anónimo

    Com tanta agro-industria de capital exclusivamente...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds