Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

(in)coerências

Sempre achei que uma coisa que dificulta o diálogo e o relacionamento entre as pessoas é a dificuldade que muitas têm de se concentrarem no que está em causa em cada momento e de trazerem tudo "ao barulho". Por isso, sempre me esforcei por, em cada momento, saber o que é essencial. Assim, se está em discussão o funcionamento do meu partido manisfesto o que penso sobre o que penso sobre ele, mesmo que não seja simpático ou correcto no entender doutros camaradas, mas se está em causa uma batalha eleitoral concentro-me na defesa das posições do meu partido e procuro mostrar o que têm de errado ou perigoso os outros. Para mim discordar e procurar alterar o que considero que não está bem no meu partido não significa que esteja contra ele, antes pelo contrário. Se algum dia chegar à conclusão que este partido já não corresponde às minhas expectativas de mudança da sociedade abandoná-lo-ei. Aos que insistem em dizer o que devo fazer, em catalogar-me e em por-me rótulos recordo que o meu caminho é o que eu escolho e não o que eles escolhem.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Avisa-se a todos aqueles que diziam, dizem e escre...

  • Anónimo

    PARABENS PAULO ARSENIO , novo Elefante Branco no P...

  • Anónimo

    Não há um tipo desse grupo de inteligentes que até...

  • Anónimo

    De facto, já alguém questionou o conhecimento que ...

  • Ana Matos Pires

    Reaças são os gajos, e sonsos comó caraças.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds