Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
18
Mar 06

685destaque-iraque.gif
A 20 de Março de 2003, os EUA e a Grã-Bretanha lideraram um ataque militar contra o Iraque que culminaria com a invasão e ocupação permanente do país. Três anos volvidos, restam poucas dúvidas que as razões invocadas para «legitimar» a guerra não passaram de falsos pretextos, cortinas de fumo para ocultar a pilhagem dos recursos naturais da região, rentabilizando, simultaneamente, a industria de armamento anglo-norte-americana e a especulação bolsista de um punhado de multinacionais.
Os lucros fabulosos acumulados pelas companhias envolvidas na guerra e na «reconstrução», contrastam com a miséria e os crimes a que foram sujeitos milhões de iraquianos.
As torturas, os abusos, as limpezas étnicas, os assassínios selectivos, as armas químicas usadas indiscriminadamente contra civis, são o espelho da brutalidade imperial. Os cadáveres contam-se aos milhares, mas os ocupantes chamam-lhes «danos colaterais», «vítimas do terrorismo».
in Avante!
publicado por Zé LG às 00:20
Nunca ninguém venceu contra guerrilheiros.Controla-se mais ou menos um território e principalmente os objectivos económicos mas nunca se controlam guerrilheiros, principalmente, quando estes lutam por causas justas, aos seus olhos e, principalmente das populações.
Mais tarde ou mais cedo, os políticos que determinaram a guerra vêm decretar a paz, por acordo ou pelo abandono do teatro de operações.
Depois, se o consenso guerrilheiro é geral, vem a paz ou a guerra fraticida se entretanto emergiram ou foram criadas outras facções.
No Iraque vai ser assim, quando não interessar mais a guerra a quem a promoveu, a guerra continuará.
Apesar de tudo o que se diz de SADAM, o que é verdade é que foi criada uma situação mil vezes pior.apache
</a>
(mailto:apache@iol.pt)
Anónimo a 20 de Março de 2006 às 11:58
Nunca ninguém venceu contra guerrilheiros.Controla-se mais ou menos um território e principalmente os objectivos económicos mas nunca se controlam guerrilheiros, principalmente, quando estes lutam por causas justas, aos seus olhos e, principalmente das populações.
Mais tarde ou mais cedo, os políticos que determinaram a guerra vêm decretar a guerra, por acordo ou pelo abandono do teatro de operações.
Depois, se o consenso guerrilheiro é geral, vem a paz ou a guerra fraticida se entretanto emergiram ou foram criadas outras facções.
No Iraque vai ser assim, quando não interessar mais a guerra a quem a promoveu, a guerra continuará.
Apesar de tudo o que se diz de SADAM, o que é verdade é que foi criada uma situação mil vezes pior.apache
</a>
(mailto:apache@iol.pt)
Anónimo a 20 de Março de 2006 às 11:57
3 anos de mentiras, 3 anos de sangue inocente vertido, 3 anos de exploração, 3 anos de violação dos direitos humanos, 3 anos de miséria, de corrupção, e 3 anos de proveito para a máquina de guerra americana e inglesa. Mas têm sido 3 anos infernais para os americanos e os demais que não encontram bin laden, nem forma de parar a matança que é feita aos soldados americanos, pelas guerrilhas iraquianas e afegãs. O império americano está a sentir-se ameaçado...Miguel Pestana
(http://www.pensaralentejo.blogs.sapo.pt)
(mailto:Md_pestana@hotmail.com)
Anónimo a 18 de Março de 2006 às 00:44
Março 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
19
28
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
“Meter a cabeça na areia” é mais fácil pensamento!
Ora aqui está uma excelente ideia.Parece que a per...
Afinal a máquina que o Rocha adquiriu já está a fa...
Tens razão João, agora é mais Flamingos...
Podias era responder às questões que se colocam e ...
Bares de "Flamengo"? Asneira, pois claro.
https://entreasbrumasdamemoria.blogspot.com/2018/0...
Porra até que enfim! Ainda falta a marcação no pav...
Ena tanta gente preocupada que Beja venha a ser no...
É só fumaça.
Desculpe?? Debater com seriedade??Chamando aos out...
Falta assumirmos nós uma atitude pedagógica.
Só há problema quando há teimosa tenacidade “cultu...
Badamerda com o Hitler. E não tenho duvida alguma ...
blogs SAPO