Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
01
Set 16

IMG_6827.JPG

No Monte do Outeito, um pouco como em toda a região de Beja, está em curso uma nova Reforma Agrária, com uma total alteração das culturas, que se tornaram possíveis a partir da chegada da água de Alqueva.

A produção extensiva de sequeiro está a dar lugar a produções intensivas de regadio, com uma grande preponderância de olivais.

Esta nova Reforma Agrária terá um grande peso económico e no saldo da nossa balança comercial, mas não tem o impacto social na região que a Reforma Agrária de Abril teve. 

IMG_6832.JPG

publicado por Zé LG às 08:50
O melhor está para vir, quando pagarem esses agricultores a água à séria da EDIA. Agora é para cego ver, depois logo contam como foi.
O que trás à região é mão de obra não qualificada, apenas isso, porque impostos sobre o que se produz nem vê-lo, perguntem aos espanhois que eles respondem a esse tema, é uma vergonha. Pagam uma ninharia aos portugueses que nesses lagares trabalham, e o que pagam em horas extraordinárias são deslocações desses mesmos portugueses que nunca realizaram, ao porto, sevilha, lisboa. Assim se passa nesses lagares e o estado português a ver. O ACT fecha os olhinhos porque não quer levantar muito pó, porque ainda assim podem os espanhois não contratar portugueses, deixa o estado que se "lixe", peguem numa folhinha de salário da Fonte dos Frades para ver como é que elas batem.
Isto sim poderia fazer parte de uma reforma agrária.
Eles comprarm a terra o agricultor portugês fica todo contente que recebe uns milhares, o espanhol investe em plantas todas compradas em espanha, a rega quem faz é uma empresa de espanha, a oliveira cresce começa a produzir, a azeitona ou vai para espanha ou para um lagar de um espanhol qualquer, esse azeite nenhum litro fica em Portugal, apenas o que eles pagam são miseros ordenados aos portugueses e dão-nos uma Navarra para irmos tomar um pastel de carne ao luis da rocha, nós todos contentes, e em portugal fica bola, tudo para espanha, para os bancos espanhois, para as empresas em espanha. Portugal fica todo contente por estarem cá a plantar plantas.
Generalizando é esta a reforma agrária.
Carlos a 1 de Setembro de 2016 às 17:23
Foi sempre assim ao longo da História. Os povos mais poderosos na sua relação com os outros coitados, como é o nosso caso.
E a culpa é deles, ... ou é nossa?
Anónimo a 1 de Setembro de 2016 às 20:20
É a reforma agrária da santa aliança, e o PS como está na gerigonça não pode piar, voltamos ao tempo do antes do 25 de Abril nos campos do Alentejo, quem diria!
anomimo a 1 de Setembro de 2016 às 18:29
Então o bezanas, nunca mais aqui apareceu?
Wolf Espinho Drunk Water All Day a 2 de Setembro de 2016 às 04:35
Comparar a agricultura de agora e os respetivos investimentos no nosso Alentejo, com aquilo que se fez no pós 25 de Abril, é o mesmo que comparar a feira de Castro com o anús...
Anónimo a 2 de Setembro de 2016 às 11:31
...antes de estar limpo.
Anónimo a 2 de Setembro de 2016 às 11:33
Porque a reforma agrária do pós 25 de Abril foi uma medida ... positiva /desastrosa (riscar o que não interessa)
Anónimo a 2 de Setembro de 2016 às 13:55
Reforma agrária ou pilhagens e saque?Foi o que se passou no 25 de Abril,agora quem investe produz e claro para tirar lucro,a exploração no trabalho tem a ver com as leis e a fiscalização.Os nosso agricultores muitos gostam de Jeeps e de Vinho e de caça trabalhar tá quieto ó mau,chegam os espanhóis compram tudo por meia dúzia de tostões,porque muitos tão falidos a viver de aparências e do nome de família.
Anónimo a 2 de Setembro de 2016 às 17:33
E aliados com aqueles que lhe roubaram as terras, e esta?
anomimo a 3 de Setembro de 2016 às 23:27
A diferença é que agora trabalha-se e vemos o resultado económico, no 25 de abril uns comunas espertos roubavam e os capangas comunas parvos trabalhavam e faziam manifestações de olhos fechados, isto enquanto os mais espertos dos comunas se enchiam do que roubavam até falir as cooperativas...e vamos acabar com os ricos!
Anónimo a 5 de Setembro de 2016 às 16:43
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Isto é o lado perverso.
A tradição já não é o que foi...
Temos deputado.O PCP depois candidata-o à Câmara ...
E não será assim sempre? Os anteriores e anteriore...
“ISTO É O ALVITRANDO”
Pobreza e torpeza.
Aí que pobreza de comentarios!É o conhecimento bej...
O Coxo até vai começar a andar melhor quando se ap...
Esse velho agora comenta os post's dos outros no f...
A pouca vergonha que se passou na Cooperativa do P...
"Pode nascer um país do ventre de uma chaimite." (...
A chaimite era peça fundamental para o desenvolvim...
Sei o que se passa mas não digo.
Corrijam aí o "gato", senhores da RVP, não é "Inte...
Brindemos à saúde dos amigos!
blogs SAPO