Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
27
Jan 17

Cruz-1813.jpg

A Cruz Vermelha Portuguesa de Beja vai reduzir o subsídio de refeição a todos os trabalhadores. José Tadeu de Freitas, diretor do Centro Humanitário, justifica a medida com a não obrigatoriedade desta remuneração à luz do Código do Trabalho.

No final do mês de janeiro, quando receberem os ordenados, os trabalhadores do Centro Comunitário de Beja da Cruz Vermelha Portuguesa levarão para casa apenas 1,75 euros de subsídio de refeição, um valor menor do que auferiam em 2016.
José Tadeu Freitas, numa diretiva interna para “especificar a relação laboral” na instituição, refere, no ponto quatro do documento, que não sendo o subsídio de refeição “referido no Código do Trabalho não é uma remuneração obrigatória”, não obstante o Centro Humanitário ter garantido até ao fim do ano “a alimentação dos seus colaboradores e complementar com o subsídio de alimentação”.
Determina, pois, que “para o ano de 2017” seja pago a todos os trabalhadores, e por cada dia de trabalho, o valor de 1,75 euros.
Numa carta recebida na redação do “Diário do Alentejo” um trabalhador do centro afirma haver “medo e um descontentamento generalizado”, pondo em causa o caráter “humanitário” da instituição onde trabalha.
O mesmo trabalhador acusa ainda a Cruz Vermelha de Beja de impor “um regime de voluntariado à força” e mostra-se apreensivo com a “ameaça de fecho dos dois lares”.
O “DA” tentou, por várias vezes, contactar José Tadeu de Freitas, mas foi impossível chegar à fala com o responsável da instituição.AF

publicado por Zé LG às 08:53
Mas o que é certo é que não são uma nem duas nem três que falam mal da Cruz vermelha já são imensas pessoas e ao que se diz em respeito ao que se está a passar não deveria sair impune porque se as pessoas que não acreditam deveriam ver com os seus próprios olhos.
Claro que se defendem uns aos outros mas isso é normal, pois comem todos no mesmo prato.
Anónimo a 16 de Junho de 2017 às 20:31
Onde está a humanidade?
meter uma pessoa na rua a meio da noite isso não é humano isso é desumano isso sim, esse senhor que da a cara como sendo director dê também a cara e desminta tudo o que se diz por ai, desminta a desumanidade que vai por os/as funcionários/as a obrigação do voluntariado, a vergonha do estado dos lares a desumanidade com utentes feito por funcionarias por favor não tentem tapar o que já está descoberto .
Anónimo a 16 de Junho de 2017 às 20:39
.....
Anónimo a 19 de Junho de 2017 às 21:05
👏
Anónimo a 19 de Junho de 2017 às 21:06
..
Andreia jeremias a 19 de Junho de 2017 às 23:04
Pelo que me consta esse tadeu freitas um senhor dos seus 46 ou 47 anos até na cruz vermelha foi arranjar namorada! Uma menina de 25 ou 26 anos que coincidencia das coincidencias já está efetiva,haja regalias... para algumas claro
Um tal de carlos ferra que previligia certas enpregadas nao as fazendo rodar nos turnos! Uma fala aqui outra acolá e beja é pequena tudo se sabe. Tadeu de freitas tome juizo
Andreia jeremias a 19 de Junho de 2017 às 23:09
??????
Anónimo a 20 de Junho de 2017 às 12:52
????
Anónimo a 20 de Junho de 2017 às 12:53
Tomem vergonha essas senhoras que se intitulam por doutoras so querem vaidade nunca a cruz vermelha esteve nesta vergonha ainda falavam da doutoura Augusta oh senhor tadeu veja se ao espelho
Anónimo a 20 de Junho de 2017 às 13:08
Esse sr ferra da tropa que não é da cruz vermelha que maltrata as funcionarias juntamente com a encarregada dona Ana parecem dois cães enraivados com as funcionarias que desumanidade onde estão os principios fundamentais da cruz vermelha? Ah ja sei no focinho do cão
Anónimo a 20 de Junho de 2017 às 13:24
Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
"Contador de visitas">Contador de visitas
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
O DA está ao nível dos melhores jornais que há no ...
O local onde se nasceu como contraponto ao que se ...
O sr.tadeu nao responde porque além de saber que é...
Este tipo de comentário é um exemplo do que se cha...
Não gosto do novo grafismo do DA.
Desmobilizados de Figueiró dos Vinhos, quando aind...
Não é o local de nascimento que determina de onde ...
Este tipo de comentário, é um exemplo do que se ch...
Mas os " verdes" existem onde? Só se for na cab...
As meninas que estão de novo na cruz vermelha não ...
@bejense - na mouche!
Afinal parece que alguém entendeu o Ser Beja. Obri...
Ser Beja, é ter como bandeira a cidade e os que cá...
A Casa da Cultura esteve à pinha!! Foi um espaço p...
Bom dia. Dizer que o João Rocha anda por cá há 40 ...
blogs SAPO