Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
22
Nov 17

23659136_1708257312538209_2651310999530327703_n.jp

O TeatroThalia em Lisboa foi ontem palco da entrega da distinção Entidades Empregadoras Inclusivas, uma distinção pública às boas práticas de gestão abertas e inclusivas, desenvolvidas por entidades empregadoras relativamente às pessoas com deficiência e incapacidade.

O município de Portel, no Alentejo Central, foi o único município alentejano a receber esta distinção, enquanto empregador, reconhecido pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional, por promover um "mercado de trabalho inclusivo" e se distinguir ao nível do recrutamento, desenvolvimento e progressão dos trabalhadores, pelas suas acessibilidades e pela qualidade de serviço e relação com a comunidade.

A distinção foi recebida pela presidente da autarquia, José Manuel Grilo.

publicado por Zé LG às 12:42
22
Nov 17

manchete_text_311020171052-183-aljustrelmina.jpg

O protesto que surge, por melhores salários, horários e condições de segurança no trabalho, abrange todos os trabalhadores nomeadamente os da empresa concessionária das minas, a Almina-Minas do Alentejo, e das outras duas empresas que prestam serviços no complexo mineiro, a EPDM-Empresa de Perfuração e Desenvolvimento Mineiro e Urmáquinas.

Jacinto Anacleto, dirigente do STIM-Sindicato dos Trabalhadores da Industria Mineira, critica o facto de grande parte dos trabalhadores terem um vencimento mensal de 600 euros, com horários diários de 10 horas. Jacinto Anacleto, aponta ainda o dedo às administrações das três empresas porque até agora têm recusado dialogar com o sindicato que representa os trabalhadores.
A realização da greve foi decidida no plenário geral de trabalhadores das minas, que decorreu no dia 18 de Outubro.

publicado por Zé LG às 00:10
21
Nov 17

201120171800-111-SIMBOLOACT1.jpg

Na passada semana, a ACT realizou uma ação inspetiva conjunta com a GNR, o SEF e a Delegada de Saúde, numa herdade no Alentejo, no âmbito da apanha da azeitona, com o objetivo de combater o trabalho não declarado no setor agrícola. No decorrer da visita os inspetores do trabalho analisaram a situação de 154 trabalhadores, dos quais 97 se encontravam não declarados. Imediatamente as várias empresas envolvidas foram notificadas para proceder à respetiva regularização, avança a Autoridade para as Condições do Trabalho na nota de imprensa enviada à nossa redação.

A ACT refere ainda, que vai acompanhar estas situações para que seja reposta por completo a legalidade das relações laborais e promovido o cumprimento das regras legais.

publicado por Zé LG às 13:50
15
Nov 17

3d041a_cf4490bde6544822b1bd9cf3dab56217~mv2.jpg

José Maria Martins de Matos, natural de Santiago Maior, faleceu no passado dia 7, com 80 anos.

Só hoje tive conhecimento do seu passamento.

Foi desenhador nos Serviços Técnicos da Câmara Municipal de Beja, onde o conheci e, mais tarde, com ele convivi.

Era um homem com um feitio peculiar, com quem sempre lidei bem e mantive um relacionamento respeitoso e de estima recíproca.

À família enlutada, apresento os meus sentidos pêsames.

publicado por Zé LG às 08:49
15
Nov 17

greve.jpg

publicado por Zé LG às 00:19
12
Nov 17

banner18novembro.jpg

manifesto-18novembro.jpg

 Ver AQUI.

publicado por Zé LG às 15:00
09
Nov 17

201711080755241.jpg

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM) critica a presença da GNR na mina de Neves-Corvo, no concelho de Castro Verde, nos últimos dois dias, acusando-a de estar a "interferir na greve em curso na Somincor" e a Unidade de Intervenção da GNR de se colocar "do lado patronal e contra a luta dos mineiros". "Trata-se de uma inaceitável interferência, que tem como propósito limitar o normal funcionamento do piquete de greve. Mas o recurso à força policial é também revelador de uma postura anti-democrática da administração da Somincor e da multinacional Lundin Mining".
O sindicato acrescenta ainda que "os mineiros contribuem com o seu árduo trabalho para a riqueza nacional e para os lucros da multinacional". "São trabalhadores e não podem ser tratados como criminosos".
O STIM anunciou que na sexta-feira, 10, os trabalhadores de Neves-Corvo vão deslocar-se a Lisboa, para manifestar o seu descontentamento face à situação na Somincor junto do Ministério do Trabalho.

publicado por Zé LG às 08:45
08
Nov 17

060520141742-108-mdicos.jpg

Os médicos cumprem hoje, um dia nacional de greve, convocado pelo SIM e pela FNAM. Os médicos queixam-se de estarem há praticamente um ano em negociações com o Governo e das suas reivindicações não serem atendidas.

Este dia nacional de greve foi decretado pelos dois sindicatos médicos, SIM – Sindicato Independentes dos Médicos e FNAM – Federação Nacional dos Médicos, que se juntam pela quarta vez numa paralisação conjunta contra políticas governamentais, sendo também, a segunda que este Governo enfrenta.

A greve dos médicos deve afetar sobretudo, consultas e cirurgias. Os serviços mínimos estão garantidos e abrangem urgências, tratamentos oncológicos ou cuidados intensivos.

publicado por Zé LG às 01:56
07
Nov 17

578px_e59fc5896e9f0b5361154.png

publicado por Zé LG às 18:00
06
Nov 17

201711031222261.jpg

Os trabalhadores da Somincor, empresa concessionária da mina de Neves-Corvo, no concelho de Castro Verde, iniciam às 6h00 desta segunda-feira, 6 de Novembro, uma nova greve de cinco dias.
A paralisação vai prolongar-se até ao dia 11 de Novembro e segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM) tem por base o facto de a administração da empresa não dar resposta às revindicações dos trabalhadores.
Segundo o STIM, as greves servem para os trabalhadores reivindicarem o fim do regime de laboração contínua no fundo da mina, a "humanização" dos horários de trabalho, a antecipação da idade da reforma para os funcionários das lavarias, a progressão nas carreiras, a revogação das alterações unilaterais na política de prémios e o "fim da pressão e da repressão sobre os trabalhadores".

publicado por Zé LG às 00:13
27
Out 17

171003_GreveFC_STAL_ac8ed.jpg

 Veja AQUI as razões para a marcação da greve.

publicado por Zé LG às 00:05
18
Out 17

Maria José.jpg

Maria José da Costa Palma, de 86 anos, natural de Mombeja, morreu ontem, tendo-se o funeral realizado esta manhã, das Casas Funerárias de Beja par o Cemitério da Quinta do Conde, onde foi cremada.

A D. Maria José, era juntamente com o seu marido Luiz António Guerreiro Palma, funcionária aposentada da Câmara Municipal de Beja, onde sempre trabalharam no Pavilhão Gimnodesportivo. Um Senhora que marcou gerações de estudantes e atletas que frequentaram o Pavilhão, pela forma maternal e bem disposta com que com eles lidava.

Tive o privilégio de a ter conhecido enquanto utilizador do Pavilhão e mais tarde enquanto vereador do Desporto, tendo mantido para sempre uma relação de grande simpatia e cordialidade. 

Ao Senhor Luiz e demais família apresento os meus mais sentidos pêsames.

publicado por Zé LG às 17:40
10
Out 17

SSMental_.jpg

A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) celebra hoje um protocolo com a Direcção Geral de Saúde na área da psiquiatria no local de trabalho.

A iniciativa insere-se na Semana da Saúde Mental que está a decorrer até à próxima sexta-feira.

O acordo prevê a realização de consultas de psiquiatria para os funcionários da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo.

No quadro da Semana da Saúde Mental têm lugar hoje, em Beja, outras actividades desenvolvidas pelo Serviço de Psiquiatria da Infância e da Adolescência e pela equipa da Unidade de Internamento de Psiquiatria, revelou à Rádio Pax Ana Matos Pires, directora do Serviço de Psiquiatria da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo.

A semana encerra na sexta-feira com a realização do V Encontro de Saúde Mental do Baixo Alentejo dedicado à saúde mental no local de trabalho. Ana Matos Pires espera uma grande participação no encontro.

publicado por Zé LG às 08:50
03
Out 17

Minas.jpg

Os trabalhadores exigem o fim do regime de laboração contínua no fundo da mina, a humanização dos horários de trabalho, a antecipação da idade de reforma dos trabalhadores adstritos às lavarias, a progressão nas carreiras e a revogação das alterações na política de prémios.

Luís Cavaco, coordenador da Direcção do Sindicato dos Trabalhadores da Industria Mineira (STIM), afirma que os mineiros não aceitam os horários da laboração continua que prevêem 3 dias de descanso a cada 17 dias de trabalho.

De acordo com o Sindicato, os mineiros das lavarias trabalham em regime de laboração continua, estão sujeitos a uma actividade de elevada penosidade, mas têm direitos inferiores aos trabalhadores do fundo da mina.

Os trabalhadores decidiram ainda que, caso as respostas da administração continuem a não ser favoráveis, realizarão mais cinco dias de greve no mês de Novembro e outros cinco dias de greve no mês de Dezembro, em datas a definir.

publicado por Zé LG às 12:41
25
Set 17

151020131317-398-NevesCorvo.jpg

Os trabalhadores das minas de Neves-Corvo vão estar em greve entre 3 e 7 de Outubro.

A realização deste protesto, para reivindicar o fim do regime de laboração contínua no fundo da mina e pela humanização dos horários de trabalho, foi decidido pelos trabalhadores que reuniram em plenário.
A greve surge depois de analisadas as respostas que a administração da Somincor apresentou ao Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira, em meados deste mês, sobre os horários de trabalho no fundo mina, a antecipação da idade da reforma dos trabalhadores das lavarias, a progressão nas carreiras, a política de prémios e ainda a “pressão e repressão” sobre os trabalhadores.

publicado por Zé LG às 08:48
24
Set 17

A dedicação de um trabalhador não se compra. É uma condição subjectiva que acontece quando o contratado entende ter interesse na empresa além do ressarcimento do seu trabalho nela. É o que se chama estar motivado, vestir a camisola. Depende acima de tudo da atitude dos empregadores e gestores para com os colaboradores.

Anónimo a 23 de Setembro de 2017 às 20:51, AQUI.

publicado por Zé LG às 01:49
15
Jul 17

É do conhecimento público que integro um grupo de pessoas de esquerda que lança um manifesto sobre a política de saúde, criticando a falta de medidas governativas para o desenvolvimento do Serviço Nacional de Saúde. 
Abracei a causa do SNS ainda antes de ser médico e vim para Beja com esse espírito de missão. Exerço em exclusivo para o serviço público e tenho lutado pela sua qualidade. 
Apesar de ser apoiante da atual solução governativa, tenho constatado que a ação do atual ministério da Saúde não se distingue no essencial da do governo anterior.
Conforme já foi noticiado pela imprensa escrita, estamos a realizar reuniões, com o PS, PCP, BE e centrais sindicais. O nosso documento já foi alvo de referências na Assembleia da República, aquando do recente debate sobre o Estado da Nação. 
Enquanto cidadão de pleno direito e utente, exijo o reforço e melhoria do SNS. 
Apelo aos meus concidadãos que visitem a nossa página no facebook, denominada "Pela nossa saúde, pelo SNS", onde está acessível o nosso Manifesto.
(que pode ser lido AQUI)

Munhoz Frade a 14 de Julho de 2017 às 15:11, AQUI.

publicado por Zé LG às 15:30
12
Jul 17

Ana_Matos_Pires-1837.jpg

Burnout. Queimado, se traduzido à letra. Exausto, se associado à saúde. Burnout é uma síndrome, e não uma doença, que foi descrita em 1974 por um psicólogo alemão, radicado nos Estados Unidos, de nome Herbert Freudenberger, que ligava a fadiga ao modo de vida. Quarenta e dois anos depois foi apresentado um estudo, sob a chancela da Ordem dos Médicos, realizado pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, sobre precisamente a síndrome de Burnout entre a classe médica. Falamos de uma condição que, além de estar a afetar um grande parte desta classe profissional, está já a ter reflexos na vida de muitos portugueses, cujo ritmo de vida acaba por se tornar insuportável.
Texto Natacha Lemos Foto José Ferrolho, in: Diário do Alentejo.

publicado por Zé LG às 17:44
25
Jun 17

230620171638-807-STAL_.jpg

No último Encontro Nacional do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local e Regional (STAL) foi aprovado um Manifesto sobre as Eleições Autárquicas.

O documento contém o conjunto de compromissos que o STAL apresenta aos candidatos às próximas eleições autárquicas de 1 de Outubro.

O STAL apela aos trabalhadores que “apoiem e elejam candidatos que se identifiquem claramente com os princípios enunciados” e “às forças políticas e aos candidatos que assumam publicamente o compromisso de, com a sua acção, contribuírem para a construção de autarquias mais democráticas, mais participadas, que defendam e valorizem os serviços públicos, que respeitem e dignifiquem os trabalhadores e sirvam melhor as populações”.

O STAL aprovou ainda uma Carta Reivindicativa que define como prioridades da luta dos trabalhadores “o combate à precariedade, a revalorização das carreiras e profissões, o descongelamento das progressões e a criação e regulamentação de suplementos, como o subsídio de insalubridade, penosidade e risco”.

publicado por Zé LG às 13:20
21
Jun 17

261120131825-157-Professoresemluta.jpg

Mesmo depois do encontro de ontem, com o Ministério da Educação, a FNE decidiu manter a greve decretada para esta quarta-feira.

A Federação Nacional da Educação (FNE) decidiu manter a greve dos professores marcada para hoje, quarta-feira, dia de exames nacionais, depois da reunião realizada ontem, no Ministério da Educação, dizendo que a mesma não correspondeu às expectativas da estrutura sindical. 

A FNE diz que foram feitas oito sugestões, que o Ministério só aceitou uma, rejeitando cinco e acolhendo parcialmente duas, factos que não conduziram a um acordo e por isso, a decisão de manter a greve.

publicado por Zé LG às 08:31
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
23
24
25
26
27
28
29
30
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Sempre tem a asfaltadeira do Rocha para ir tapando...
Meninos mimados e guerrilhas há em todo o lado, se...
O que se passa aqui e um reflexo de tudo o resto, ...
Tudo bem, mas por favor não misture com o que se p...
Parvoíce é o silêncio de que devia de andar indign...
Querer comparar o que se passa a nível autárquico,...
Pelo menos,já devia ter organizado uma festinha te...
... E assim é esta a forma cordial entre eles que ...
Confesso que cada vez ando mais confuso, quantos P...
O Oliveira foi sacudido ainda antes das eleicoes.
Só espero que tem dinheiro para receber não veja i...
O acolhimento politico e pessoal do executivo às i...
Como foi possível proceder a um aumento salarial c...
O vereador que não fazia parte do CA da EMAS é que...
P'ra parceiros até que não se dão mal!
blogs SAPO