Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
21
Mai 17

580px_e591dba6e707e6677454.jpg

A cidade de Beja será palco da conferência “Valor social, cultural económico e político do património cultural”, evento organizado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, e que conta com o apoio da Câmara Municipal de Beja.
Esta conferência, que decorrerá nos dias 1 e 2 de Junho, consiste num conjunto de comunicações por especialistas de vários países, seguida de uma visita ao património cultural local. A conferência será aberta, mediante inscrição dos participantes em http://have2017.lnec.pt/

In: B NEWSLETTER | 19 de maio de 2017 | Câmara Municipal de Beja

publicado por Zé LG às 13:59
17
Mai 17

… olhe-se para a cidade e faça-se uma comparação, fale-se com os comerciantes da zona histórica, fale-se com as associações, fale-se com as empresas de Beja e perguntem se acham que vai tudo para as empresas do norte... O que conta é a resposta que as pessoas vão dar no dia das eleições, elas é que vão decidir se querem um presidente que embora seja rotulado de (porque não é) arrogante, antipático, mas que fez mais obra em 4 anos que os anteriores 8 anos, e não quer saber de cores políticas...

Comentário de Anónimo a 16 de Maio de 2017 às 09:36, AQUI.

publicado por Zé LG às 13:49
15
Mai 17

140520172150-25-18446560_1419072948154480_36034009

Ler e ouvir AQUI e AQUI.

publicado por Zé LG às 12:38
15
Mai 17

Defendo que o debate político se deve fazer com base em ideias, projectos, programas, políticas.

Sem ignorar a importância que as pessoas têm na concretização das ideias, dos projectos, dos programas e das políticas, parece-me que uma excessiva concentração do debate político nos protagonistas pode contaminar o debate.

A argumentação, tão frequentemente usada, de que o que defendemos pode não ser o melhor mas porque os outros defendem algo ainda pior não nos devem criticar, parece-me que não tem outro objectivo que não o de travar ou impedir o debate.

A crítica e a autocrítica são fundamentais para uma melhor avaliação e correcção do que defendemos. Nem todos e nem sempre estamos preparados e disponíveis para uma e outra. E disso ressente-se muito o debate político, que deveria ser mais elevado e construtivo.

publicado por Zé LG às 08:44
15
Mai 17

120520171057-262-jorgeGomes.jpg

Jorge Gomes marca presença na cerimónia de apresentação pública do Plano de Operações Distrital para o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais 2017. A iniciativa vai decorrer, hoje, a partir das 14.00 horas, no Salão Nobre do Edifício do Ex-Governo Civil de Beja.

publicado por Zé LG às 00:32
13
Mai 17


Depois de há quatro anos, num momento em que o poder autárquico no Alentejo lhe estava a fugir, o PCP ter apostado com êxito em "velhas glórias" como João Rocha (Beja), Pinto Sá (Évora), Vitor Proença (Alcácer) que foram obrigados a deixar as Câmaras de origem pro terem atingido o limite de mandatos, e também no "repescado" Figueira Mendes (Grândola), volta agora a usar a mesma fórmula, ainda que duma maneira ainda mais alargada.
Para além da manutenção de João Rocha, Pinto Sá, Vitor Proença e Figueira Mendes, o PCP, numa "profunda renovação de quadros" repesca das calendas antigas "velhos trunfos" como Pós de Mina (em Moura), José Filipe (Ourique), Teresa Ribeiro (Vendas Novas) e vamos a ver quantos mais e onde. 
Enquanto partido altamente conservador e para quem o que apenas interessa é a vitória eleitoral (para fazer o quê não se sabe!) esta fórmula indicia, antes do mais, a falta de confiança que o PCP tem nos seus quadros mais jovens, que apenas servem para "compor o ramalhete"... 

Comentário de a a 10 de Maio de 2017 às 15:48

publicado por Zé LG às 17:14
09
Mai 17

Não conheço o funcionamento institucional dos órgãos autárquicos por estas terras mas qualquer postura do tipo "não tomei conhecimento, que se lixem" ou "eu é que sou o presidente da junta e não tenho de dar cavaco" me parece muito pequeno, eticamente reprovável e antagónico daquilo que é o poder local democraticamente eleito, que se arvora - e bem - no principal representante das populações junto do poder central e que, por isso, tem um dever acrescido de prestar contas a quem o elege.
Fico zangada e, sobretudo, muito triste com este tipo de exercício de poder que, como todos os exercícios de poder pq sim, é medíocre.
Em ano de eleições autárquicas, mesmo não sendo eleitora por aqui, julgo que estas questões assumem particular importância.

Ana Matos Pires a 8 de Maio de 2017 às 15:28, AQUI.

publicado por Zé LG às 08:44
07
Mai 17

Pela pertinência e com a devida vénia, transcrevo aqui um post do Blogue Mais Beja:

Boletim municipal de Abril 2017 - Trabalho realizado ou eleitoralismo?

14619350_QEz2B.gif

Este mês, os bejenses, receberam em suas casas o boletim municipal, "BEJA INFORMAÇÃO", onde a câmara divulga os seus projetos, eventos ou obras. Lendo as suas 28 páginas, fico na dúvida se é um boletim informativo sobre o que foi realizado ou um boletim eleitoralista, promovendo o programa para o mandato 2017-2021 do actual executivo.

Nele, é possível ver vários anúncios de arruamentos, edifícios e requalificações um pouco por toda a cidade. Mas quais encontram-se realmente concluídos ou prestes a concluir visto que o atual mandato termina daqui 5 meses? Para entender melhor, irei dividir a propaganda, perdão, a informação contida no boletim em 2 grupos: "obras concluídas ou prestes a concluir" e "obras não iniciadas".

 

 

 

publicado por Zé LG às 17:37
06
Mai 17

18058094_10211114452689790_3889576017923442499_n(2

Divórcio consumado...

Vinte anos depois de entrar pela porta da política enquanto autarca de freguesia sempre pela mesma força política, chegou hoje o dia de romper com um casamento de fachada. Nestes vinte anos, ligados principalmente à causa pública na Junta de Freguesia de Vila de Frades e em todos os órgãos inerentemente ligados, sempre ajudei e liderei as equipas que deram o nome e o rosto pelas vitórias, valorizadas por uns e desvalorizadas por outros, mas tenho a certeza que a política é nobre e o poder local ainda está acima da política e dos partidos políticos, e mais, a política é nobre para aqueles que a utilizam para as comunidades, pelo seu desenvolvimento. Hoje divorciei-me e estou aliviado, porque aqui, em Vila de Frades, onde todos os dias trabalhamos, nunca permiti a influência daqueles que se derem a cara para ganhar votos, perderiam sempre e mais, no dia 25 de Abril disse à minha população que estou farto de políticas e políticos e daqueles que mandam nisto escondidos. A política é nobre mas está descredibilizada e as pessoas têm razão, tal como eu, estão fartas de farsas, de casamentos políticos por conveniência, amanhã serei o mesmo de hoje, com a mesma vontade, com o mesmo empenho, mas amanhã, nos corredores do conversio, lá vêm a terreno aqueles que me vêm apontar o dedo, como se de um judas me tratasse, é assim, sou imperfeito, cometi erros, mas tenho a consciência que a minha decisão vem de encontro aquilo que acho melhor para mim, para a minha família e para as pessoas para quem sempre trabalhei. Quanto àqueles que jogam sujo, mais tarde falamos, não vou jogar com o mesmo jogo, mas não me vou esquecer deles, nem que seja para os pendurar como porcos acabados de matar. Hoje, como amanhã continuarei a desempenhar as minhas funções e quanto ao futuro, pois, aí reservo para outros episódios.
Viva a democracia, viva a liberdade e vivam os corajosos.
NN.

Luís Amado, in: https://www.facebook.com/luis.amado.92?fref=ts

publicado por Zé LG às 17:35
03
Mai 17

18278895_1358295480916393_1713444700414524805_o.jp

Aceitei o convite para participar nesta primeira Conversa de Maio, promovida pelo PS, porque acho que é importante Ouvir Beja. Embora não sendo especialista, espero contribuir para animar um debate sobre temas fundamentais para a qualidade de vida das populações.

Faço-o a nível pessoal e sem qualquer comprometimento com o PS ou a sua candidatura autárquica.

publicado por Zé LG às 21:04
29
Abr 17

035.JPG

Passos Coelho, presidente do PSD

042.JPG

António Costa, primeiro-ministro

046.JPG

Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP

publicado por Zé LG às 00:09
21
Abr 17

IMG_4337.JPG

A Ovibeja tornou-se, ao longo das suas várias edições, ponto de passagem obrigatório da políticos e, este ano, essa tradição volta a cumprir-se. O certame é inaugurado por Capoulas Santos, mas recebe também, as visitas de António Costa, Marcelo Rebelo de Sousa e de Carlos Moedas, entre outras.

O ministro da Agricultura Capoulas Santos inaugura a 34ª edição da Ovibeja, no dia 27, às 15.00 horas.

No dia seguinte, sexta-feira, 28 de abril, o primeiro ministro, António Costa visita a grande feira do Sul.

O PR, Marcelo Rebelo de Sousa, marca presença no certame deste ano, no sábado, dia 29.

O Comissário Europeu Carlos Moedas também marca presença na Ovibeja 2017, em dia a confirmar.

À semelhança do que tem acontecido em anos anteriores são esperadas, igualmente, na edição deste ano, visitas dos dirigentes políticos nacionais.

Recorde-se que a 34ª Ovibeja começa na próxima quinta-feira, dia 27, no Parque de Feiras e Exposições da capital de distrito, para se prolongar até ao dia 1 de maio e que a organização do certame é da responsabilidade da ACOS – Associação de Agricultores do Sul.

publicado por Zé LG às 15:00
20
Abr 17

A Direcção Regional do Alentejo (DRA) do PCP acusa o Governo de usar as verbas comunitárias para “impor” a agregação dos sistemas no abastecimento de água e saneamento.

Em causa está um Aviso publicado pelo POSEUR- Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos que não permite aos municípios usarem verbas para beneficiarem sistemas de abastecimento de água em baixa e saneamento.
A DRA do PCP, depois de analisar o conteúdo do referido “Aviso”, considera que o mesmo, pretende dar cobertura financeira aos objectivos políticos do Governo PS, que na linha do anterior governo do PSD/CDS visa impor a agregação dos sistemas em “Baixa”, no abastecimento de água e no saneamento de águas residuais, sob a responsabilidade dos municípios.

Considera a DRA do PCP, que esta é uma medida discriminatória dos Municípios e das Associações de Municípios, na medida em que são afastados e impedidos de candidatarem os seus projectos, pois não surgem como Beneficiários dos 75 milhões de euros que são disponíveis para apoiar projectos nas áreas das Águas e do Saneamento.

210520131951-361-JosMariaPsdeMina.jpg

José Maria Pós-de-Mina, da DRA do PCP, afirma que aquilo que se exige é que o governo altere esta situação e que sejam disponibilizados fundos comunitários para dar resposta às necessidades de financiamento dos municípios da região, respeitando a sua autonomia e valorizando a gestão pública.

publicado por Zé LG às 08:58
16
Abr 17

080420151121-854-ecopontoscastroverde.jpg

Segundo os dados divulgados recentemente, pela empresa intermunicipal, a autarquia castrense aparece em primeiro lugar na “Liga Intermunicipal da Reciclagem”. Castro Verde recolheu 47,8 kg de resíduos por habitante, entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro de 2016.
O município de Castro Verde continua a pedir a colaboração da população porque para além de ajudar a reduzir a factura do valor de depósito de resíduos em aterro, está a contribuir para um concelho ambientalmente mais equilibrado, para a diminuição dos impactos ao nível do território e a preservação da biodiversidade.

António João Colaço, vereador da Câmara Municipal de Castro Verde, atribui os resultados à política de sensibilização ambiental seguida no concelho e ao empenho dos munícipes.

No ranking apresentado pela empresa de tratamento e valorização de resíduos seguem-se Ourique (37,7 quilogramas por habitante) Beja (35,2), Mértola (31,6), Serpa (31,4), Almodôvar (27,9), Moura (22,7) e Barrancos (20,5).

publicado por Zé LG às 10:34
15
Abr 17

075.JPG

Os regantes da ABORO - Associação de Beneficiários da Obra de Rega de Odivelas vão ratear a água disponível.

Desta forma, a Associação quer dar a possibilidade de não recorrer à água de Alqueva aos regantes que assim o entenderem.

Segundo a ABORO, a situação “decorre da aplicação do novo tarifário da água de Alqueva às Associações de Regantes confinantes, que implica um aumento muito significativo do preço da água nestes perímetros de rega”.

A Associação considera que é “imprescindível que o valor da água seja compatível com a rentabilidade das culturas e seja equilibrado entre os vários utilizadores” o que, no seu entender, “não se verifica”.

publicado por Zé LG às 10:39
13
Abr 17

Muitos foram os comentários à prestação dos participantes no debate, na RTP, sobre o Aeroporto de Beja. Muitos criticaram a prestação do presidente da Câmara de Beja pela falta de eloquência. Embora isso, como tudo, possa ser objecto de crítica, não me parece ser o essencial. O que me parece que devia ter ficado demonstrado era que, para além das principais responsabilidades pela falta de actividade do Aeroporto de Beja poderem ser assacadas ao(s) governo(s), a Câmara de Beja está a fazer tudo para o Aeroporto de Beja desempenhe as funções para que foi construído. E, que por isso mesmo, já contactou com a companhia de aviação que ameaça deixar de operar no aeroporto. Tal como devia ter ficado mais claro que os "elefantes brancos" foram "criados" noutras regiões e não aqui, onde tudo o que puder deve ser feito para estancar o despovoamento e a desertificação. Dizer e insistir em que a responsabilidade é apenas do governo, é redutor e pouco mobilizador da opinião pública... 

publicado por Zé LG às 08:48
13
Abr 17

A Câmara de Almodôvar tem em fase de consulta pública um projecto de regulamento para a ocupação municipal temporária de desempregados de longa duração.

Trata-se de um projecto que, segundo o município almodovarense, pretende ocupar os desempregados ao longo de seis meses em actividades de interesse municipal, potenciando as capacidades cívicas e de participação social dos participantes e contribuindo para a sua reinserção no mundo laboral.
Esta iniciativa dirige-se a residentes na área do concelho de Almodôvar há mais de dois anos, com idades entre os 50 anos e a idade legal de reforma, e que se encontrem em situação de desemprego há mais de 12 meses.

publicado por Zé LG às 00:32
12
Abr 17

Este é um modelo que representa o “modus faciendi” das sociedades de advogados. Usam a sua posição de comentadores nas televisões a seu bel-prazer para defender os interesses dos seus clientes e camuflar a informação negativa.
 

IRMANDADES. SECRETAS E PERVERSAS.

image.png

Uma das mais poderosas sociedades de advogados nacional, a PLMJ, foi recentemente investigada no caso da “Máfia do Sangue”. Um dos seus sócios foi mesmo constituído arguido. Dois dos seus mais proeminentes representantes são José Miguel Júdice e Nuno Morais Sarmento, ambos advogados, políticos e comentadores televisivos, na RTP e na TVI. Nos seus programas semanais, ambos fugiram ao tema escaldante da corrupção nos negócios do sangue, com a cumplicidade dos jornalistas que, embevecidos, os entrevistavam.

Este é um modelo que representa o “modus faciendi” das sociedades de advogados. Usam a sua posição de comentadores nas televisões a seu bel-prazer para defender os interesses dos seus clientes e camuflar a informação negativa.

 

publicado por Zé LG às 18:14
10
Abr 17

Não me parece útil a personalização da crítica mas, na verdade, as capacidades de comunicação de João Rocha foram uma menos valia na discussão.

De qualquer modo, mais importante que isso, para mim, foi a conclusão da diminuta força de lobbying político da região em grande parte devida à desunião das diferentes forças políticas e dos seus agentes locais.

Estou em Beja parcialmente e há muito pouco tempo mas essa constatação tem sido das piores coisas que por aqui encontrei. Uma região extensa, com baixa densidade populacional e de acessos muito difíceis tem sempre muito mais dificuldade em se fazer ouvir, se a isso juntarmos a presença de um caciquismo local poderoso e um precário exercício de cidadania a tendência é piorar. Iniciar e manter querelas de pequena política não é um meio razoável e eficaz para melhorar o estado das coisas. E ó se Beja - cidade e distrito - merece e precisa.

PS: Gosto desta terra, gosto das gentes desta terra que tão bem me têm tratado.

Ana Matos Pires a 9 de Abril de 2017 às 13:11, AQUI.

publicado por Zé LG às 12:41
30
Mar 17

O ministro da Agricultura, Capoulas Santos, já apresentou as linhas gerais da Estratégia Nacional para a Agricultura Biológica (ENAB), um documento que estabelece 5 objetivos estratégicos e 10 metas para atingir no espaço de uma década.

Foi igualmente apresentado o Plano de Ação, ficando ambos os documentos disponíveis para consulta no site da DGADR – Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural, até ao próximo dia 12 de abril.

O Ministro sublinhou que “é necessário valorizar e apoiar a produção em modo biológico por forma a satisfazer uma procura crescente deste tipo de produtos no mercado” e que “o interesse nestes produtos por parte dos consumidores tem vindo a transformar a produção biológica numa área de negócio cada vez mais relevante do ponto de vista económico”.

publicado por Zé LG às 00:38
Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
24
25
26
27
28
29
30
31
Passaram por cá
"Contador de visitas">Contador de visitas
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Pois com certeza que sim!...Nem é preciso fazer ca...
A "esquerda festiva" e a "ortodoxa" continuam a ac...
Não me parecem mal de todos estes considerandos.At...
Quando alguém se refere à imagem, apenas exemplifi...
Os comentários anteriores são de facto pertinentes...
Meu caro anónimo, pois e disso que se trata, enten...
Tudo ao contrário do deputado João Ramos o deputad...
Imagem de marca: camisa à pescador, barba de radic...
Mas fama onde?
A de Beja e a de Cuba estão no papo.
O Paulo Arsénio ainda vai dar que falar com a vota...
Bom bom era o Paulo Arsenio retirar a candidatura ...
Há pessoas que só para terem 2 minutos de fama dão...
Como se pode dizer tantos disparates? Há quem trab...
Está tudo bem quer lá agora saber de conversas!O ...
blogs SAPO