Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
23
Mar 17

O Presidente da Câmara Municipal de Ourique, Marcelo Guerreiro, realizou hoje uma exaustiva reunião de trabalho com o Secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme d’Oliveira Martins, no Ministério do Planeamento e das Infraestruturas, em Lisboa, sobre o estado de conservação das infraestruturas rodoviárias e ferroviárias da responsabilidade da Administração Central.

Para além da discussão da situação da manutenção das Estradas 123 e 389, o Presidente da Câmara Municipal abordou o tema da Estação de Caminhos de Ferro da Funcheira e da Estrada Nacional 264, em Santana da Serra, tendo havido o compromisso do governo de concretizar as soluções acordadas, em benefício dos cidadãos, dos territórios e das dinâmicas da economia local.

No caso da Estação da Funcheira, depois do Município já ter celebrado um protocolo com as Infraestruturas de Portugal para assegurar o funcionamento e manutenção das casas de banho, a ideia é poder utilizar o edifício para promover Ourique Capital do Porco Alentejano e o nosso Mundo Rural.

Em relação à Estrada Nacional 264, em Santana da Serra, a ideia é criar melhor condições de circulação e de manutenção numa infraestrutura importante para os habitantes da Freguesia e para a economia associada à serra.

Em função dos compromissos assumidos para o presente e para o médio prazo, através da reorganização das fontes de financiamento comunitário, espera-se que sejam realizadas intervenções de emergência que acautelem a segurança rodoviária e as condições básicas de mobilidade.

Recebido por e-mail.

publicado por Zé LG às 21:51
22
Mar 17

DFD4C3114BED41E1B362F4D6AE0B9F0D.png

publicado por Zé LG às 21:00
15
Mar 17

140320171545-663-CapoulasEDIAgua.jpg

O ministro da Agricultura anunciou, em Beja, na reunião da CAR Alqueva - Conselho para o Acompanhamento do Regadio de Alqueva, o abaixamento do preço da água, com variação de -20 e -33%, para os beneficiários diretos e para os perímetros confinantes.

No que diz respeito à capacidade de armazenamento das albufeiras, o governante adiantou que existem condições para Alqueva fornecer água à barragem do Roxo, sublinhando que “o fornecimento de água para outros destinos que não a agricultura” está “clarificado no despacho que será publicado nos próximos dias”.

Capoulas Santos espera dentro de 3 a 4 semanas obter uma resposta positiva do Banco Europeu de Investimento sobre o alargamento do perímetro de rega de Alqueva,.

O Ministro da Agricultura revelou aos agricultores que 91% dos projectos apresentados ao PDR 2020 já foram analisados.

publicado por Zé LG às 08:55
14
Mar 17

130320171029-890-antniocosta.jpg

O 1º Ministro, António Costa, marca presença na sessão de Lançamento do Investimento nas Economias Locais para a Coesão Territorial e o Emprego.

A sessão, onde vai ser apresentado o Sistema de Incentivos ao Emprego e Empreendedorismo, gerido pelos Grupos de Acção Local, Comunidades Intermunicipais e Áreas Metropolitanas, vai decorrer, a partir das 10.00 horas, nas instalações da CCDRA-Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, em Évora.
Para além do 1º Ministro, marca presença nesta sessão, o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques.

publicado por Zé LG às 08:31
10
Mar 17

O presidente da Câmara Municipal de Beja reuniu-se, na passada quarta-feira, com o ministro Adjunto Eduardo Cabrita. Esta reunião foi solicitada pelo autarca de Beja e teve como objetivos abordar, e procurar, soluções para diferentes questões relacionadas com o desenvolvimento da região. João Rocha identificou os constrangimentos existentes e pediu “rapidez nas decisões”.

Leia e oiça AQUI.

publicado por Zé LG às 12:44
10
Mar 17

220120142005-998-guaimagem.jpg

A Associação de Municípios para a Gestão da Água Pública aprovou a reorganização dos corpos sociais.

A alteração implica a criação de um novo lugar de administrador executivo remunerado. A proposta foi apresentada e aprovada pelos municípios da CDU.

Os socialistas votaram contra pois consideram que “os Baixo Alentejanos não têm de pagar um novo administrador por motivações político-partidárias”. Em nota enviada às redacções, a Federação do PS diz que a alteração nos corpos sociais representa um encargo anual superior a 200 mil euros.

Para os socialistas, está implícito um aumento da tarifa com custos para os consumidores. O PS considera ainda que devem ser evitadas medidas que condicionem gestões futuras a sete meses das eleições autárquicas e diz que “a pressa com que pretende a CDU fazer esta colocação sugere-nos um lugar partidário, e uma opção puramente por favor partidário”.

Leia e oiça mais AQUI.

publicado por Zé LG às 08:48
08
Mar 17

220720140010-383-PCPAlentejo-01.png

O PCP defende que a transferência de competências deve ser acompanhada dos meios humanos, recursos financeiros e do património adequado ao desempenho das funções transferidas, visando uma melhor e mais eficaz resposta aos direitos, aspirações e necessidades das populações. As declarações são de José Maria Pós-de-Mina, da DORBE do PCP, que explicou que uma descentralização feita de forma séria e à seria implica que sejam repostas freguesias e que sejam criadas as regiões administrativas.

A DORBE DO PCP recorda, igualmente, que o Governo anunciou um denominado plano de descentralização para as autarquias, que o vai levar à Assembleia da República, no dia 16 deste mês e que o mesmo visa “transferir um conjunto de competências, com destaque para as áreas da educação e saúde, ao mesmo tempo que continua a não cumprir a lei de finanças locais para as atuais competências”. 

publicado por Zé LG às 08:46
06
Mar 17

"Ontem, na FCG, protegido pelo omnipresente e inefável anjo da guarda, MRS, a tutela da Saúde deu conta dos sucessos da sua governação. A saber. O primeiro sucesso foi a defesa da "continuidade das políticas", significando que o que vinha de trás, do governo de Passos Coelho era bom, e que o melhor era ir pelo mesmo caminho. O segundo sucesso foi o grande investimento em hospitais e centros de saúde. O terceiro sucesso foi a contratação de 4 000 profissionais para os serviços de saúde. O quarto sucesso foram os 14 milhões de visitas ao portal da saúde, durante 2016. O quinto sucesso foi o elevado volume de transplantações e doações de órgãos. O sexto sucesso foi o facto de este ter sido "o inverno que melhor correu nos últimos anos", cujo volume de excesso de óbitos em Dezembro e Janeiro, e ainda sem se conhecer a mortalidade de Fevereiro, foi o maior da década 2007-2016. Faltou referir-se ao grande sucesso que constiuiu a inusitada procura das urgências hospitalares, e de no ano de 2016 se ter verificado a maior mortalidade geral desde os anos 50 do século passado. Começam a faltar as palavras para descrever o sonambulismo de um sector que tinha todas as condições políticas para mostrar trabalho inovador mas que está reduzido à apagada e vil tristeza de continuar na continuidade, com um reboco na parede aqui, uma pintura ali, e mais um sofá acolá."
Cipriano Justo

Deixado AQUI, por Anónimo a 5 de Março de 2017 às 15:25

publicado por Zé LG às 17:48
04
Mar 17

IMG_1541.JPG

A prospecção de petróleo na costa alentejana e vicentina volta a ser debatida em Odemira.

Desta vez, a discussão é promovida pelo Bloco de Esquerda.

“O litoral está abrangido em grande parte por um Parque Natural e Reservas Ambientais e apesar de tudo sofre várias ameaças, nomeadamente a prospecção de petróleo”, lamenta Alberto Matos, coordenador do Bloco de Esquerda em Beja.

O mesmo responsável teme pela “instabilidade do ponto de vista geológico” causada pelos rebentamentos ao largo da costa.

Alberto Matos refere que os vários problemas ambientais vão fazer parte do programa eleitoral autárquico do Bloco de Esquerda.

publicado por Zé LG às 00:47
28
Fev 17

jose_socrates_e_cavaco_silva_foto_lusa1680a9bc_bas

Ouvimos e lemos e não podemos ignorar o nível a que chegaram, com o que têm dito e escito, estes dois importantes protagonistas da nossa política e da governação do nosso país. Um foi indiciado como tendo cometido crimes graves e até esteve preso mas apesar de terem decorrido três anos e meio ainda não foi a julgamento. O outro, numa postura que o carateriza, resolveu publicar as suas memórias fazendo um ajuste de contas com o outro, que se encontra na "mó de baixo". Qual deles é mais sério? Ou, qual deles é mais aldrabão? É caso para dizermos: Tem Portugal andado bem entregue...

publicado por Zé LG às 00:09
26
Fev 17

Convite_CastroVerde-1mar2017.jpg

Programa-CastroVerde-1mar2017.jpg

NOTA: Foi adiada para data a anunciar, segundo comentário aqui deixado.

 

publicado por Zé LG às 17:00
22
Fev 17

Foi publicada a regulamentação da nova medida de apoio à contratação, Contrato-Emprego, que, depois de uns meses de interrupção, sucede ao Estímulo Emprego. 

Ao contrário do que se espera - mais facilidade e agilidade e apoios -, o que (quase) sempre acontece é exactamente o contrário e este caso veio confirmar a regra: Mais burocracia (mais uma fase de candidatura); Três períodos de candidatura, em vez da possibilidade de candidatura em qualquer altura; Maior aperto na acessibilidade dos desempregados à Medida; Redução da diversidade de prazos de contratação; Menos apoios para as entidades empregadoras. 

Ou seja, esta nova medida de apoio à contratação de desempregados vai apoiar menos o combate ao desemprego. Cumpriu-se a regra... E tudo isto porque o dinheiro não chega para mais... Ora, se é assim, não havia necessidade de mexer no que existia e as entidades empregadoras já conheciam. Bastava dizer que não há dinheiro para mais.

Este é um dos aspectos mais negativos da política - quem entra mexe no que foi feito por quem saiu, para que tudo continui na mesma ou um pouco pior, para dar a ideia de que estão a fazer algo de novo.

publicado por Zé LG às 17:51
06
Fev 17

Todos sabemos a importância que a Escola term na educação, formação e desenvolvimento do ser humano. Por isso desejamos - e para isso pagamos também os nossos impostos -, uma escola inclusiva, com boas condições de funcionamento.

Ora, o que muitas vezes acontece em muitas das escolas não é isso. Neste momento, em escolas de Beja, faltam profissionais, nomeadamente docentes para substituições e auxiliares de educação, o que gera um ambiente de insegurança, não permite que os alunos com necessidades educativas especiais estejam nos intervalos com os outros colegas, por falta do necessário acompanhamento, tendo de ficar na unidade de apoio à multideficiência. Existem também dificuldades em refeitórios escolares, relativamente à organização do seu funcionamento e à quantidade e qualidade de comida. E ainda há outros problemas como a a avaria prolongada na climatização dos edifícios.

Confrontado com estas situações pelas associações de pais e encarregados de educação, o Ministério da Educação, através da DGESTE não se comprometeu com qualquer solução para os problemas apontados. 

Não basta afirmar, como fez o governo, que o ano lectivo começou bem, o que nem sequer se verificou nalgumas escolas, com aqui denunciamos oportunamente. O Ministério da Educação tem a obrigação de resolver os problemas que surgem nas escolas, no início e durante o ano lectivo. Não o fazendo, não pode esperar que os afectados se acomodem, aceitando todas as insuficiências e falta de respostas, como se nada se passasse.

publicado por Zé LG às 00:17
02
Fev 17

010220172337-61-PCPBANNER.jpg

A DRA-Direcção Regional do Alentejo do PCP vai promover, durante este mês, uma campanha em defesa do SNS-Serviço Nacional de Saúde.

Considera o PCP que esta grande conquista do 25 de Abril, encontra-se em processo de desmantelamento, asfixiado entre os interesses privados da saúde e as políticas de PS, PSD e CDS/PP de desinvestimento e sucessivos cortes resultante uma ideologia neoliberal interessada em fazer desaparecer qualquer resquício de conquistas sociais.
Segundo o PCP, a diminuição dos transportes de doentes e do preço a pagar por esse transporte aos bombeiros, a desvalorização dos profissionais da saúde, o encerramento de extensões e diminuição do horário de centros de saúde e a centralização de urgências hospitalares, são problemas, acumulados e aprovados ao longo dos anos, que diariamente degradam o acesso das populações aos cuidados de saúde.

publicado por Zé LG às 17:43
02
Fev 17

PAULO-ARSÉNIO_800x800.jpg

Na reunião realizada na noite desta quarta-feira, estiveram presente 24 militantes socialistas, tendo o nome de Paulo Arsénio recebido 21 votos a favor. Foram ainda escrutinados 2 votos brancos e um nulo. A escolha dos militantes socialistas da Concelhia de Beja vai ser comunicada à Federação do Baixio Alentejo e à Comissão Política Nacional.

Paulo Arsénio, 45 anos, é presidente da Concelhia de Beja do PS, lidera a bancada do PS na Assembleia Municipal de Beja e foi deputado na Assembleia da República entre 1995 e 1999. O futuro candidato socialista, é licenciado em História e trabalha nos serviços de Finanças de Beja.

publicado por Zé LG às 08:49
01
Fev 17

cartaz-encontro-dist-beja.jpg

publicado por Zé LG às 14:00
18
Jan 17

170120171514-669-IMG_2563.JPG

Vidigueira realizou uma reunião, com diversas entidades com responsabilidades/competências nas áreas da segurança, saúde e condições de trabalho, sobre a situação dos trabalhadores imigrantes no concelho, com o objetivo de discutir a criação de mecanismos que defendam as condições de vida e de trabalho destes imigrantes.

São muitas as pessoas, de diferentes nacionalidades que chegam ao país e aos concelhos onde a mão-de-obra é mais precisa, em determinadas alturas do ano e que são sujeitas a exploração e situações de tráfico humano, assegurou Carlos Graça, responsável pela Unidade Local do Litoral e Baixo Alentejo da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), durante a sua participação na conferência realizada em Vidigueira. Carlos Graça frisou mesmo, que a parte negra dos fluxos migratórios é a exploração e o tráfico humano.

publicado por Zé LG às 12:45
12
Jan 17

ng1555770.jpg

Conheço Paulo Macedo desde outubro de 1976. Somos amigos desde então. Já sobre ele escrevi um artigo no jornal "A Planície" (v. aqui).

Foi meu assistente de realização numa curta-metragem da qual não rezará a História. Um trabalho feito com amor e entusiasmo. Ao longo de décadas fomo-nos encontrando de forma irregular. Como acontece nas amizades antigas, a conversa recomeça sempre no ponto em que ficáramos.

Discordamos seriamente em muitas coisas, a começar pelos temas políticos. Como é óbvio. Pois, mas a Amizade vale mais. Continuo a achar que fez um trabalho sério à frente da Saúde, a despeito de todas as decisões que mereceram a minha oposição. Curiosamente, do combate às farmacêuticas pouco se falou...

Li com tristeza as infames notícias de hoje, que procuram atingi-lo. De uma coisa tenho a certeza: é alguém que não pressiona, não faz fretes, não admite cunhas, nem favorece amigos. Constato, há mais de 40 anos, que é de uma ética inabalável. Tentativas de tosca vingança, como a que hoje se esboçou, irão parar ao local que merecem: o caixote do lixo. 

Santiago Macias, AQUI.

 

Este é o Santiago Macias que conheço e admiro há um par de anos. Amigo do seu amigo e capaz de dizer / escrever o que pensa sem calculismos.

Um grande abraço.

publicado por Zé LG às 22:08
04
Jan 17

SESSO%20DE%20ESCLARECIMENTO%20SOCIAL.jpg

publicado por Zé LG às 13:44
03
Jan 17

header2.jpg

Depois de em 10 de maio de 2016, ter escrito ao governo a manifestar preocupação pelo estado de conservação das infraestruturas rodoviárias que atravessam o Município de Ourique e de ter sido realizadas algumas manutenções, o Presidente da Câmara Municipal de Ourique, Marcelo Guerreiro, escreveu de novo ao Ministro do Planeamento e das Infraestruturas a defender uma intervenção urgente nas estradas Nacionais 123 e 389.

Na extensa carta de quatro páginas assinada pelo Presidente da Câmara Municipal, Marcelo Guerreiro apela à intervenção urgente na manutenção das infraestruturas rodoviárias da Administração Central no concelho de Ourique, em especial nas Estradas Nacionais 123 e 389, por estarem em causa as condições básica de segurança na circulação de pessoas e bens, com inegáveis impactos na economia e no desenvolvimento local.

publicado por Zé LG às 12:49
Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
27
28
29
30
31
Passaram por cá
"Contador de visitas">Contador de visitas
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Ora, que enjoadinha!
Que falta de pachorra para este tipo de conversa, ...
O 18/17 ainda é revogado pelo Tribunal Constitucio...
Novo CA, ainda não há.
Agora já não é preciso falar mais do conde ou até ...
Tá mal.Então e para o IPB não vai nenhuma responsa...
Deixe-me informá-lo(a) que há novidades sobre este...
Que curioso ninguém falar aqui do Conde come tudo ...
Adora esta Grande Senhora!!!!!!Não estou presente ...
Sem duvida alguma! Um exemplo é o tom, a falta de ...
É uma capacidade inata que a malta xuxa tem, que é...
A Sra. Dra. Isabel Sevinate não faz parte da turma...
A Dra. Isabel Sevinate não faz parte da turma de l...
Então o senhor/ senhora diz que sou mal criado por...
Isto dos falsos PS so se resolve com polícia, não ...
blogs SAPO