Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
20
Fev 17

Desde Janeiro de 2017 que os doutorados do CEBAL passaram a integrar a Unidade de Investigação do ICAAM – da Universidade de Évora http://www.icaam.uevora.pt/

16105882_701160860064681_2667404642906728659_n.jpg

Trata-se de uma associação que se esprera que traga vantagens para o CEBAL, na medida em que os seus investigadores passam a estar integrados numa unidade de investigação classificada pela FCT com BOM e que alberga 105 investigadores. Durante o ano, será preparado o novo ciclo de avaliação que decorrerá no final de 2017.

logotipo_site.jpg

 

Os doutorados do CEBAL deslocaram-se ao ICAAM no sentido de se apresentarem e apresentarem o Centro, onde ouviram que é notável o que o CEBAL conseguiu alcançar até ao presente.

É importante que a região tenha consciência que o rigor imprimido às atividades que o CEBAL desenvolve é altamente reconhecido como diferenciador entre os seus pares, para que saiba valorizar e apoiar, porque se trata de uma mais-valia importante para o desenvolvimento da região.

publicado por Zé LG às 08:56
28
Jan 17

261020151823-8-CENTRODEARQUEOLOGIA.jpg

Mas, para já, os arqueólogos estão intrigados com a recente descoberta de uma cisterna que veio à luz do dia após a polémica remoção do depósito da água. “Não deixa de ser curioso”, assinala Conceição Lopes, “que mais de dois mil anos antes da construção do equipamento que agora foi demolido já aqui estava um depósito para distribuir água pública à cidade”. Trata-se de “um tanque ao nível da rua” que terá sido construído entre os anos 70 e 30 a.C. e que culminava “com uma espécie de abóbadas que podiam rematar numa grande fonte monumental que dava para a atual rua dos Escudeiros”.

Para além da importância do edifício em si, principalmente ao nível da datação, esta descoberta vem igualmente colocar na ordem do dia da comunidade científica a questão do abastecimento de água à cidade. “Normalmente a água de abastecimento público chegava por intermédio de um aqueduto. Mas Beja não tem esse equipamento, o que nos faz supor que este depósito e outras mães-de-água que poderiam existir nesta zona eram abastecidos recorrendo a poços e à água da chuva”. PB, AQUI

Foto DAQUI.

publicado por Zé LG às 16:24
04
Jan 17

030120171714-693-CEBAL.jpg

O CEBAL – Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar está a desenvolver um projecto com a Comissão Vitivinícola Regional Alentejana.

“Tecnologia de Membranas em Movimento” é o tema da demonstração que terá lugar na próxima semana, dia 11, e que pretende dar a conhecer a aplicabilidade no sector do vinho do trabalho científico desenvolvido.

A demonstração tecnológica, que tem ligar nos laboratórios do CEBAL, em Beja, é complementada por um seminário no dia 18 de Janeiro, agendado para as instalações da CCDR Alentejo, em Évora.

As inscrições para os dois momentos são gratuitas, mas obrigatórias e decorrem até ao final desta semana.

publicado por Zé LG às 08:44
03
Jan 17

301220161617-259-TALHAS_.jpg

O projecto pretende, segundo a Câmara, “contribuir para a promoção do Vinho de Talha através da investigação e divulgação da sua base patrimonial”.

O investimento está associado à candidatura do Vinho de Talha a Património Imaterial da Humanidade.

O Centro está a dar os primeiros passos. A Câmara acaba de adquirir 12 talhas.

Helena D' Aguilar, vice-presidente da Câmara de Vidigueira, sublinha que se trata de um projecto “extremamente importante” para o concelho.

publicado por Zé LG às 08:50
26
Dez 16

201612231152591.jpg

A Câmara de Castro Verde vai construir o Centro de Interpretação da Mecanização da Agricultura e o Pavilhão de Reservas do Museu da Ruralidade, que fica na vila de Entradas.
A obra está avaliada em cerca de 150 mil euros e conta com comparticipação comunitária. O concurso público para a empreitada está a decorrer e a obra deverá estar concluída em Julho do próximo ano.
O novo espaço ficará na Zona de Actividades Económicas de Entradas e servirá para dar a conhecer o processo de mecanização da agricultura no Alentejo, que se deu ao longo do século XX, em particular nos anos 50 e 60, e que obrigou a uma alteração de processos de trabalho na agricultura.

publicado por Zé LG às 08:49
26
Nov 16

A Ecoslops, que  implementou em Sines, em junho de 2015, um  modelo de produção único no mundo, que aproveita os resíduos petrolíferos dos navios para produzir combustível e betume quer  exportar esta tecnologia para qualquer porto marítimo especialmente os que têm «grande movimento». A garantia foi dada ao SOL pelo  diretor executivo da empresa de Sines, Pedro Simões.

553354.png

Para já, foi assinado um memorando de entendimento com a Total para o porto de Marselha. «A Ecoslops estabeleceu uma parceria com a francesa Total para replicar em Marselha a tecnologia que, até agora, fazia de Sines um caso único no mundo. Foi assinado um memorando de entendimento que visa uma parceria para a instalação de uma micro refinaria na zona de La Mède, perto de Marselha. A decisão final será tomada em 2017», revela. 

publicado por Zé LG às 10:16
13
Out 16

121020161639-10-MINASALJUSTREL.jpg

 Ler e ouvir AQUI.

publicado por Zé LG às 19:41
04
Ago 16

030820160943-568-conferenciasOuteiro2016.jpg

As conferências marcadas para 4, 16, 18 e 25 de Agosto, decorrem sempre às 21:30 horas, no Núcleo Museológico da Rua do Sembrano e conta com quatro reconhecidos especialistas em Pré-história recente e Proto-História que vão falar sobre as principais novidades destes períodos surgidas na região de Beja e também noutros territórios vizinhos.

A organização da iniciativa resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Beja e a empresa de arqueologia Palimpsesto.

publicado por Zé LG às 13:51
05
Jul 16

707268.jpg

São de marfim, cabem na palma da mão e têm pormenores delicados, que surpreendem. António Valera, o arqueólogo que dirige as escavações na Herdade dos Perdigões, em Reguengos de Monsaraz, fala com entusiasmo das estatuetas de marfim que ontem apresentou aos jornalistas como "descoberta única" em Portugal.

Com 4500 anos, as 20 esculturas em miniatura (com tamanho entre os 12 e os 15 centímetros), "pelo menos nove das quais muito realistas", começaram a ser encontradas no ano passado, quando os arqueólogos escavavam um fosso onde, depois de cremados, foram depositados vários corpos. Para os investigadores da Era, a empresa que há 15 anos trabalha nos Perdigões, a herdade que a Finagra (actual Esporão S.A.) comprou para plantar vinha, mas que acabou por transformar num campo arqueológico com 16 hectares, encontrar representações humanas de marfim, "com grande qualidade estética e de execução", foi "emocionante", embora não tenha sido uma surpresa completa.

publicado por Zé LG às 13:48
05
Jul 16

DSC_0011.03.JPG

 

O professor Lopes Baptista foi agraciado com a Medalha de Mérito Científico do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior pelo trabalho desenvolvido na Universidade de Aveiro, na área da Ciência e Engenharia dos Materiais, assim como pelo contributo que tem dado, desde a sua formação, em conjunto com jovens investigadores, de outras regiões do país e do estrangeiro, ao CEBAL – Centro de Biotecnologia Agrícola e Agroalimentar do Alentejo, sedeado em Beja.

publicado por Zé LG às 08:45
30
Jun 16

290620161744-357-Montado.jpg

O Alentejo recebe novo projeto LIFE: Adaptação do Montado às Alterações Climáticas. A ADPM - Associação de Defesa do Património de Mértola assinou esta semana o contrato de execução do projeto LIFE-Montado-Adapt - MONTADO & CLIMATE, A NEED TO ADAPT.  

Esta iniciativa apoiada pela Comissão Europeia, reúne 17 parceiros de Portugal, Espanha e Holanda com o objetivo de implementar medidas de adaptação às alterações climáticas nas paisagens de Montado e Dehesa, em 11 propriedades piloto em Portugal e Espanha. 

Ler e ouvir AQUI e AQUI.

publicado por Zé LG às 08:51
27
Jun 16

140620151921-381-CEBAL.jpg

O Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo (CEBAL) tem em curso mais uma edição do projecto “Ciência à la Carte – a que sabem as tuas férias”.

A iniciativa quer “dar um sabor a ciência às férias dos mais novos”.

A programação prevê um conjunto de workshops científicos destinados a crianças dos 5 aos 13 anos.

O Centro revela que os workshops, realizados nas instalações do CEBAL e supervisionados pelos investigadores, geram um “interesse adicional, pois as crianças poderão começar a ver e explorar a ciência com quem faz dela a sua vida”.

A Química, Física, Biologia e Microbiologia, constam da “ementa” do “Ciência à la Carte” explica Paula Parreira, Investigadora do CEBAL.

publicado por Zé LG às 13:28
06
Jun 16

030620161714-688-Protocolo_.jpg

O Salão Nobre dos Paços do Concelho recebe, a partir das 10.30 horas, a cerimónia de assinatura do Protocolo de Cooperação para a criação do Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, em Beja. 

A cerimónia inclui a actuação do Grupo Coral Cantadores do Desassossego, assinatura do protocolo e, no final, uma palestra sobre património imaterial por Vitor Villafuerte Medina, director do Centro de categoria 2 da UNESCO para o Estudo e Salvaguarda do património Imaterial da América Latina.

Recorde-se que o Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial vai nascer nas antigas instalações do Clube Bejense, na Rua do Sembrano. O edifício que está a ser recuperado, as obras começaram recentemente e têm um prazo de execução de 10 meses

Ler AQUI e AQUI.

publicado por Zé LG às 08:45
24
Mai 16

2016-05-23 011.jpg

Vista de Nascente.

2016-05-23 009.jpg

Vista de Poente.

publicado por Zé LG às 08:54
07
Mai 16

12509188_1099870940045697_1740107393557157986_n.jp

Dos especialistas convidados a escrever sobre o tema há um, eu, que não concorda com a opção da demolição deste modo. A torre não afecta as escavações, e só poderia ser demolido com conhecimento do projecto museológico, da qualidade excepcional do projecto arquitectónico e, não menos importante, se haveria reconstituição parcial do templo romano. Só com o conhecimento dos projectos e uma discussão pública se poderá tomar uma decisão sobre a importância da memória de um povo. Demolir património é algo irreversível e irrecuperável.

publicado por Zé LG às 22:30
21
Abr 16

O Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos promove esta tarde, nas instalações da ACOS, na Ovibeja, o 1º Fórum Politécnico.

A iniciativa é desenvolvida em parceria com o Instituto Politécnico de Beja.

Esta primeira edição do Fórum, à qual se seguirão outras ainda durante este ano em vários Institutos Politécnicos do País tem como título “Bio-regiões, valorização agroindustrial e produção animal: das Escolas Superior Agrárias às Quintas de investigação e desenvolvimento experimental”.

De acordo com o Instituto Politécnico de Beja, esta 1ª edição pretende “discutir toda a cadeia de valor dos sectores agroalimentar, das florestas e da produção animal, incluindo serviços de apoio à atividade empresarial e ao desenvolvimento de políticas públicas de estímulo à atividade agrícola, florestal e animal”.

publicado por Zé LG às 12:44
08
Abr 16

eacm_c.jpgNo próximo sábado, dia 9 de abril (às 17 horas), é apresentado o livro Castelo de Moura - escavações arqueológicas (em 2 volumes), de Santiago Macias, em co-autoria com Vanessa Gaspar e com José Gonçalo Valente. A sessão terá lugar na Feira do Livro de Moura, que se realiza no Parque Municipal de Feiras e Exposições. Apresentarão a obra Isabel Cristina Ferreira Fernandes (Gabinete de Estudos da Ordem de Santiago/Câmara Municipal de Palmela) e Paula Amendoeira (Diretora Regional de Cultura do Alentejo).

publicado por Zé LG às 18:00
21
Mar 16

Distrito de BEJA é:

- o 5º com melhor situação das empresas;

- o 3º com maior dificuldade em lançar um negócio;

- o 1º com pior acompanhamento do governo local/regional a pequenas empresas;

- o 1º com maior dificuldade em recrutar.

É o que diz o 1º Estudo de Competitividade Regional para micro e pequenas empresas, da Zaask, que pode consultar Aqui

 

Com demasiada frequência, envolvemo-nos em discussões mais ou menos estéreis ou marginais. Aqui temos um tema que deve merecer a nossa maior atenção, pelo que desafio todos os interessados no futuro da nossa região para o debater, procurando apontar soluções para tornar o nosso distrito mais atractivo.

publicado por Zé LG às 17:52
10
Mar 16

170920152301-136-ParqueVistaAlegre.jpg

As obras que estão a decorrer no Parque Vista Alegre, em Beja, revelaram novos vestígios arqueológicos, nomeadamente um troço da muralha romana, assim como uma porta romana e um cemitério dos séculos XVI e XVII.
Recorde-se que as obras no Parque Vista Alegre, em Beja, foram adjudicadas à empresa Betonit – Engenharia e Construções pelo valor de cerca de 245 mil euros mais IVA, que começaram a 28 de outubro de 2015 e que deverão ficar concluídas num espaço de seis meses.

publicado por Zé LG às 20:49
03
Mar 16

O Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo (CEBAL) é uma unidade de investigação e desenvolvimento privada, sem fins lucrativos, sediada na cidade de Beja. Foi criada há quase uma dezena de anos por iniciativa do presidente da CMB de então, Francisco Santos e do Professor João Batista, com o apoio de diversas entidades e pessoas.

O CEBAL representa o melhor que alguma vez se fez na nossa região. Resultou de uma visão estratégica, que se mostra cada vez mais actual e da iniciativa e do envolvimento cooperativo de pessoas e entidades que souberam colocar os interesses da região acima dos interesses de capela.

Quando estavam a ser criadas condições para a sua consolidação e desenvolvimento, eis que as vistas curtas e os interesses de capela de alguns se estão a sobrepor aos interesses da região, que precisa de investigação e conhecimento nestas áreas, para poder dar um salto qualitativo na afirmação dos seus produtos .

Esta situação está a levar ao definhamento do CEBAL, que já viu partir alguns dos seus principais investigadores e corre o risco de ter de encerrar, uma vez que dispõe de recursos financeiros para poucos meses de actividade e não mostra capacidade de recorrer a fontes de financiamento, para o que necessita da cooperação de outros centros de investigação.

A Câmara Municipal de Beja, o NERBE, a ACOS e o IPBeja (entre outras entidades) têm de ser capazes de encontrar soluções capazes de inverter este caminho e assegurar a viabilidade de uma das mais importantes (até pelo simbolismo) instituições da região. Se não o fizerem – elas e os seus responsáveis -, não deixarão de ser julgados pela História se o não forem antes pela sociedade.

publicado por Zé LG às 13:50
Fevereiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
25
26
27
28
Passaram por cá
"Contador de visitas">Contador de visitas
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
E ninguém põe mão nestes verdadeiros crimes urbaní...
Não tenho certezas nenhumas.A única que tenho é qu...
Como é que Vocês têm acesso a informação confidenc...
Se ele fizer na ULSBA o mesmo que tem feito na CIM...
Dinheiro bem gasto? Tem a certeza disso? Não havia...
Há sempre quem rapidamente se disponha a ir ao bei...
São estreantes que passam na cresap pelo reconheci...
Tanto dinheiro bem gasto e gerador de valor para a...
Não,não vai arder pode crer.Estao todos sem forças...
O Rocha vai preparar o comando da saúde.Viva a des...
Não se percebe a confusão do seu ponto de vista!.....
Não acredito!...Ou as ideias dentro do PCP estarão...
Neste dia é que o PCP vai anunciar Pos de mina com...
Parece que o circo vai continuar a arder e o Alvit...
"DOIS REGRESSOS E DUAS ESTRELAS".Os regressos sao...
blogs SAPO