Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
08
Jul 17

Projeto de autonomia e flexibilidade curricular dos ensinos básico e secundário

Foi publicado o Despacho n.º 5908/2017, de 5 de julho, que autoriza, em regime de experiência pedagógica, a implementação do projeto de autonomia e flexibilidade curricular dos ensinos básico e secundário, no ano escolar de 2017-2018

Dos princípios orientadores, consta que a conceção, operacionalização e avaliação das aprendizagens do currículo dos ensinos básico e secundário, no âmbito do presente projeto, subordinam-se, entre outros, à garantia de uma escola inclusiva, cuja diversidade, flexibilidade, inovação e personalização respondem à heterogeneidade dos alunos, eliminando obstáculos de acesso ao currículo e às aprendizagens, adequando estas ao perfil dos alunos. 

 

publicado por Zé LG às 20:25
20
Mai 17

18485346_1889700574630268_5711276334658465132_n -

Foi iniciado um movimento cívico através de um conjunto de pais, mães, educadores, educadoras, professores e professoras, no sentido de trazer a debate público (BEJA) a forma como podemos inovar para uma escola de século XXI.
Este movimento tem ainda como objetivo co-criar um projeto público que dê resposta efetiva às nossas crianças e jovens tornando-as mais sábias e felizes inspirando-as um presente/futuro mais fraterno e solidário com o seu próximo.
Junta-te a nós e seremos muitos. Caminhamos Juntos?

https://youtu.be/J44cQ-nMJZo

publicado por Zé LG às 18:32
10
Mai 17

O Cineteatro Marques Duque, em Mértola, recebe um fórum que vai reflectir sobre a educação naquele concelho.

O fórum decorre entre hoje e amanhã e aborda várias questões numa perspectiva integrada com as instituições locais e convidados externos.

O programa do primeiro dia debate quatro temas principais: os serviços educativos municipais; opções e alternativas curriculares; descentralização de competências; sucesso e inovação educacional.

Amanhã, na escola EB 2,3 de Mértola realiza-se a conferência "Ensino por investigação na aprendizagem das ciências no século XXI".

publicado por Zé LG às 00:36
25
Mar 17

17359291_1370820642978889_7093017764766849502_o.jp

publicado por Zé LG às 10:00
10
Fev 17

060220170924-965-IMG_2578.JPG

Depois dos pais e encarregados de educação dos alunos da Escola de Santiago Maior terem fechado o estabelecimento de ensino na segunda-feira, hoje são os estudantes que querem impedir o acesso e fazer ouvir os seus protestos. Os estudantes da Santiago Maior querem melhores condições de ensino e prometem continuar a lutar até se fazerem ouvir.

Esta manifestação é para denunciar, uma vez mais, que é necessário investimento na escola, que os alunos estão solidários e recordam que contam com o apoio da Direção, da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal. Esta é uma manifestação para dizer ao Governo que os estudantes desta Escola exigem condições para estudar, o objetivo é não deixar ninguém entrar e continuar a lutar até os problemas estarem resolvidos. As declarações são da aluna Sofia Ramos, da Escola de Santiago Maior.

Os alunos também reivindicam mais pessoal auxiliar, mas existem muitas outras necessidades que urgem exigir e Sofia Ramos deixa claro quais são.

publicado por Zé LG às 08:31
06
Fev 17

007.JPG

010.JPG

A Escola de Santiago Maior, de Beja, hoje só abriu às 10 horas, porque os portões foram fechados com cadeados como protesto contra a falta de condições existentes - 8 auxiliares para 400 alunos, alunos com NEE fechados na UAM nos intervalos por falta de acompanhamento, falta de professores de substitução, mau fincionamento do refeitório, climatização avariada há muito tempo, ...

publicado por Zé LG às 13:11
16
Set 16

150920161650-741-Anoletivo.jpg

Nas escolas do concelho já começou o novo ano letivo e no arranque das atividades de 2016/17, a Câmara de Beja revela que tudo o que é da sua responsabilidade está assegurado, mas que há dificuldades de substituição de professores com baixa, falta de pessoal auxiliar e de técnicos de educação especial, denunciando o facto, de estarem 60 alunos com necessidades educativas especiais sem resposta e destas situações serem da responsabilidade do Ministério da Educação. Falhas que se repetem e que são da responsabilidade do Ministério, recorda a autarquia.

 

Manuel Nobre, presidente do Sindicato de Professores da Zona Sul, afirma que persistem problemas como: a falta de assistentes operacionais, turmas com elevado número de alunos, turmas do 1.º Ciclo com vários anos de escolaridade, actividades extra curriculares a interromperem a actividade lectiva e desrespeito pelas normas de organização do trabalho dos docentes.

publicado por Zé LG às 08:54
12
Fev 16

alentejo2020.pngO Alentejo 2020 lançou dois concursos para implementação dos Pactos para o Desenvolvimento e Coesão Territorial contratados com as cinco Comunidades Intermunicipais da região.
O montante de 39,9 milhões de euros destina-se a Infraestruturas Educativas para o Ensino Escolar e à Conservação, Protecção, Promoção e Desenvolvimento do Património Natural e Cultural.
O concurso para as Infraestruturas Educativas para o Ensino Escolar tem por objectivo prosseguir a requalificação/modernização das instalações da educação pré‐escolar e dos ensinos básico e secundário.
O concurso para a Conservação, Protecção, Promoção e Desenvolvimento do Património Natural e Cultural visa promover a valorização dos activos naturais e histórico‐culturais para consolidar a região como destino turístico associado a uma oferta qualificada e ajustada às características ambientais, naturais e patrimoniais.

publicado por Zé LG às 08:54
04
Nov 15

031120151805-705-IMG_4509.JPGNas comemorações do Dia do Instituto Politécnico de Beja, Vito Carioca falou dos desafios com os quais o Instituto se debate.
A manutenção dos alunos, a acção social e a internacionalização do Instituto foram alguns dos factores apontados como determinantes para o sucesso do Instituto. “Importa rever práticas e ir muito fundo nestas abordagens (…) e os desafios têm sido imensos” referiu o presidente.
A caminho do sétimo ano na frente do IPBeja, Vito Carioca assumiu um compromisso com os estudantes: “A vossa empregabilidade é a nossa maior preocupação”.
Para o futuro, o presidente do Instituto Politécnico de Beja ambiciona, entre outras matérias, mais professores, investigação de excelência e uma oferta formativa sempre adequada às flutuações do mercado.

publicado por Zé LG às 00:18
31
Jul 15

ESCOLA PROFISSIONAL DE AGRICULTURA PROMOVIDA PELA ACOS FOI FINALMENTE APROVADA

No Alentejo vai nascer uma nova escola profissional de agricultura. A informação foi prestada pelo deputado do PSD, Mário Simões que disse à Voz da Planície que a Escola Profissional Mariano Feio, promovida pela ACOS, mereceu despacho favorável quanto à sua formalização.
A ACOS – Agricultores do Sul há vários anos que apresentou, junto das instituições devidas, a candidatura para criação de uma escola profissional de agricultura. O processo teve em conta as necessidades formativas e educativas identificadas face às novas exigências resultantes dos novos modelos de desenvolvimento da região, designadamente por via de Alqueva, e levou ainda em linha de conta a longa experiência da ACOS na formação profissional. A candidatura já entregue ao anterior executivo governamental, foi reavaliada nesta legislatura pela Direcção Regional de Educação e pela Agência Nacional para a Qualificação para decisão final. Vê agora aprovados os despachos para se poder tornar uma realidade, conforme informação prestada por Mário Simões, deputado do PSD eleito por Beja.
publicado por Zé LG às 00:33, do dia 31.07.2013.

 

E agora o que diz Mário Simões?

publicado por Zé LG às 00:33
31
Mai 15

Municipalização da Educação.jpgA FENPROF e outras sete organizações sindicais de professores realizam nos próximos dia 2, 3 e 4 de Junho uma consulta aos professores e educadores sobre a problemática da municipalização da educação. Trata-se de um processo que implica a realização de uma votação em todos os agrupamentos de escolas e escolas não agrupadas de todos os concelhos do continente.
“Concorda com a municipalização da Educação (processo que o governo está a iniciar em alguns municípios)?” – Esta é a pergunta que constará do boletim de voto. Os professores e educadores em votação secreta serão chamados a responder sim ou não.
Com a municipalização da Educação o governo pretende passar para as autarquias um largo conjunto de competências, responsabilidades e encargos.
O contrato que o governo quer assinar com as câmaras municipais e a matriz de responsabilidades que integra esse contrato pretende nomeadamente:
- Colocar em causa a autonomia dos professores e dos órgãos das escolas na gestão curricular;
- Conferir às autarquias o poder de gerir a mobilidade dos docentes entre escolas e mesmo o recrutamento de professores para a componente local do currículo – 25 % do total;
- Retirar às escolas a autonomia na constituição e gestão de turmas;
- Premiar as câmaras que poupem com pessoal e recursos físicos e materiais.
Mas, os objetivos estratégicos deste processo são os que constam da chamada reforma do Estado aprovada em resolução do Conselho de Ministros, de 8 de Maio de 2014.
Ora, esse documento do governo, onde consta a municipalização da educação, é claro nos seus objetivos quando aponta para a redução do financiamento das funções sociais do estado, dispensa de trabalhadores nesses serviços e a entrega da sua gestão a empresas privadas.
Assim, se deve entender que a oposição da FENPROF ao processo de municipalização da educação não radica nesta ou naquela questão instrumental mas, isso sim, nos seus fundamentos e objetivos estratégicos.
São razões de sobra para aqui se apelar à participação dos professores e educadores na consulta que já foi anunciada.

publicado por Zé LG às 23:33
09
Mai 15

080520151552-395-ProfessorAiveca.jpgA Delegação de Beja da Associação de Solidariedade Social dos Professores, com o apoio da Câmara Municipal de Beja e da União das Freguesias de Santiago Maior e S. João Batista, homenageia o Professor Aiveca, hoje, às 15.30 horas, com o descerramento de uma placa toponímica na praceta que passará oficialmente a ter o seu nome e que se situa em frente ao hotel Melius.

 

publicado por Zé LG às 09:40
28
Fev 15

11004413_898614946856986_68506723_n.jpg

publicado por Zé LG às 10:00
10
Fev 15

080220150104-55-univsenior_.jpgUm projecto da autarquia em conjunto com o Agrupamento de Escolas e o apoio do Instituto Politécnico de Beja, com o objectivo de promover a melhoria da qualidade de vida dos mais velhos do concelho, realizar actividades sociais, culturais, de ensino e formação e ainda desenvolver a participação cívica e o voluntariado são os principais objectivos.
Estão inscritas 40 pessoas, nas áreas de artes decorativas, actividade física, artes de palco, saúde e bem-estar, informática, história de Portugal e inglês, cujos formadores são voluntários com experiência na área de formação a que estão adstritos.
“Despertar os seniores para uma mudança de atitudes e hábitos” é uma das metas do projecto.
António João Valério, presidente da Câmara de Alvito, realça que a Universidade tem uma grande importância para a população sénior do concelho.
In: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=5045
e http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=6276

publicado por Zé LG às 08:44
21
Jan 15

190120152236-821-UNIVSENIORBEJA.jpgA Câmara de Beja aprovou o protocolo de colaboração a celebrar entre a Universidade Sénior e o Instituto Politécnico de Beja (IPBeja).
O protocolo pretende, segundo o município, “estabelecer formas de cooperação entre as duas entidades, as quais visam a organização e implementação da formação em contexto de trabalho a desenvolver pelos alunos do curso técnico superior profissional em Psicogerontologia”.
In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=6107

publicado por Zé LG às 00:22
05
Jan 15

jose_sebastiao_e_silva.jpgJosé Sebastião e Silva, um dos maiores matemáticos portugueses do século XX, nasceu em Mértola a 12 de Dezembro de 1914.
Notável académico, matemático e pedagogo deixou uma obra importantíssima.
No âmbito das comemorações sobre o seu nascimento, estará patente ao público, entre os dias 5 e 9 de janeiro, na Galeria AoLado, do IPBeja uma exposição subordinada ao tema “José Sebastião e Silva: vida e obra” e no dia 8 de janeiro, pelas 11 horas, decorrerá no Auditório dos Serviços Comuns do Instituto Politécnico de Beja, uma Conferência sobre a vida e obra de José Sebastião e Silva
In: https://www.ipbeja.pt/Paginas/default.aspx

publicado por Zé LG às 08:52
04
Dez 14

031220142222-186-VitorPicado06.JPGO Conselho Municipal de Educação de Beja reuniu e analisou o arranque do ano lectivo, sublinhando que a Câmara Municipal de Beja “assegura que todas as suas responsabilidades foram garantidas conforme as suas competências”.
No que respeita à colocação de professores e técnicos, “existe carência de horas em Fisioterapia, Psicomotricidade, Terapeuta da fala, Psicólogo e docente de EE – Educação Especial”. O Conselho Municipal considera que esta é uma situação “problemática” e “recorrente” e exige aos organismos competentes a sua rápida resolução.
In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=5733

http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=4537

 

Este é o retrato deste Executivo Municipal - “assegura que todas as suas responsabilidades foram garantidas conforme as suas competências” e a mais não se sente obrigado. Fica-se pela função administrativa e não assume a responsabilidade política de representante da população para intervir (liderar), das mais diversas formas, na tentativa de resolução dos problemas do concelho.

publicado por Zé LG às 18:10
04
Nov 14

031120142258-413-IMG_0835n.jpgO Conservatório Regional do Baixo Alentejo (CRBA) já apresentou o seu novo Departamento de Música Popular (DMP), que integra as ofertas formativas da música tradicional portuguesa e da música popular do século XX. Abrir o CRBA à comunidade é o objetivo desta nova oferta formativa, para o público em geral.
Guitarra portuguesa, baixo acústico, acordeão, viola campaniça e cante alentejano são os cursos da vertente da música tradicional portuguesa. Voz, guitarra elétrica, baixo elétrico/contrabaixo, saxofone, trompete, piano/teclas e bateria/percussão são os da vertente de música popular do século XX.
Os novos cursos funcionam em regime livre e são ministrados em Beja e Castro Verde, que funcionam como centros agregadores das localidades em volta, as inscrições já estão abertas e devem ser feitas no CRBA.
In: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=4270
e http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=5447

publicado por Zé LG às 23:07
21
Out 14

"…
O professor desiludiu–me. A boa imagem que tinha de si desvaneceu-se completamente. Por isso, ficarei muito satisfeito quando deixar de ser ministro, mas manter-me-ei, ainda assim, muito preocupado por saber que continuará a ser professor. É que lhe falta visão. E não, não me refiro ao tipo de visão que limita o Diogo. Refiro-me a uma aptidão que todos os professores (que todo os Homens) deveriam ter - a capacidade de olhar para dentro de outro Ser Humano e ver.
O professor tinha a obrigação de perceber que (antes de todos os outros alunos) os “Diogos” têm direito a uma escola, a educação, a um país a sério, que os potencie enquanto cidadãos na sua plenitude. Envergonha-me viver num país que admite professores (quanto mais governantes) sem a capacidade de compreender que a deficiência é, sobretudo, uma construção social.
Sei agora que o professor não percebe do que falo. Sei que não consegue ver que o mérito académico não pode ser o único critério de progressão social, em prejuízo do valor dos atos, das ideias e dos sentimentos das pessoas.
Deixo-o, por isso, com a sua meritocracia cega..."
Leia oda a Crónica de Opinião de Marcos Aguiar em: 

http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=5338

publicado por Zé LG às 12:03
21
Out 14

“… como se não bastasse os imbróglios feitos pela tutela da Educação, também no terreno há quem goste também de imbrogliar. Vive-se um clima de desconfiança, de intolerância e insensatez, que leva a comportamentos extremosos. Quem fica a ganhar com a situação?
Convém perguntar porque é que se chegou a isto. Uma coisa é certa: o apoio a alunos com necessidades educativas especiais é insuficiente, tem vindo a diminuir e a agravar-se. Os pais estão preocupados e ansiosos, mas é claro que só podem estar. As direções das escolas tentam defender o indefensável, pois o receio da tutela é superior, têm que dar a cara pelas decisões dos gabinetes, mas a realidade está ali bem na frente e então quando não há como argumentar, chama-se a polícia para acalmar uma mãe preocupada.
A infração maior é feita quando se decide nos gabinetes o corte do apoio aos alunos que necessitam efetivamente de um apoio diferente.
Anónimo a 20 de Outubro de 2014 às 22:14, em: http://alvitrando.blogs.sapo.pt/nada-disto-aconteceu-2793869#comentarios

publicado por Zé LG às 00:15
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Tanto fel ou será ressabiamento de quem não deixou...
Ao triste anónimo das 13:49h. Ou nao me conhece ou...
Não é só a voz do Dr.Frade que se silencia.O silên...
Em Beja, só não fecham três tipos de empresas: caf...
Mal entendido essa Joia da coroa?Esse oportunista ...
É o que dá apostar no cavalo errado. lool
Não se faça de mal-entendido.
Mas qual vingança qual quê? Eu sou lá de vinganças...
O Dr. Frade retirou-se da arena política, será por...
É um nojo ver que os “novos” herdam as vinganças d...
Dá-lhe gozo colaborar com a vingança?
Eis o resultado das politicas de esquerda. Viva a ...
Faz de conta que adivinhi
A "ANINHAS" desconhece.Não "COMPLIKE" a inteligênc...
Que parvoice tão grande, deita-se a adivinhar e nã...
blogs SAPO