Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
23
Mar 17

por: Joana Marques

Amigo de longa data.
Conheço-o há mais de 20 anos.
Trabalhava numa empresa há 17 anos. Uma média empresa.
Era diretor de um departamento.
Trabalhava de dia e de noite. Não tinha férias como deve ser. Feriados só às vezes. Fins de semana só quando calhava
Tinha um horário de trabalho. 8 horas por dia. Nunca era cumprido. Dava todos os dias mais horas à empresa.
Dedicado. Muito dedicado.

Este meu amigo é casado e tem dois filhos.
O Afonso tem 13 anos e o António tem 5.
Os fins de semana, feriados e férias que dedicou à empresa tirou-os à família. Aos filhos.

Um dos poucos fins de semana que não trabalhou foi passá-lo com a família.
Escolheu a casa que herdou dos pais.
Perto da barragem de Montargil.

Não tinha rede de telemóvel.
Na empresa houve um stress qualquer.
Ligaram-lhe. Não atendeu. Porque não tinha rede.

Quando se apresentou na segunda-feira para trabalhar foi despedido.


Deixado por Anónimo a 22 de Março de 2017 às 13:40, AQUI.
publicado por Zé LG às 08:50
19
Mar 17

160320171730-390-GUIA.jpg

 DAQUI.

publicado por Zé LG às 16:25
10
Mar 17

220120142005-998-guaimagem.jpg

A Associação de Municípios para a Gestão da Água Pública aprovou a reorganização dos corpos sociais.

A alteração implica a criação de um novo lugar de administrador executivo remunerado. A proposta foi apresentada e aprovada pelos municípios da CDU.

Os socialistas votaram contra pois consideram que “os Baixo Alentejanos não têm de pagar um novo administrador por motivações político-partidárias”. Em nota enviada às redacções, a Federação do PS diz que a alteração nos corpos sociais representa um encargo anual superior a 200 mil euros.

Para os socialistas, está implícito um aumento da tarifa com custos para os consumidores. O PS considera ainda que devem ser evitadas medidas que condicionem gestões futuras a sete meses das eleições autárquicas e diz que “a pressa com que pretende a CDU fazer esta colocação sugere-nos um lugar partidário, e uma opção puramente por favor partidário”.

Leia e oiça mais AQUI.

publicado por Zé LG às 08:48
07
Mar 17

O investimento a realizar nesta nova ETAR de Beja é da responsabilidade da AgdA - Águas Públicas do Alentejo e ronda os 5 milhões de euros.

Esta nova infraestrutura foi dimensionada para servir toda a cidade de Beja, com uma capacidade para tratar diariamente 5 000 m3 de águas residuais urbanas e vai permitir desativar duas ETAR que, pela sua tecnologia e dimensionamento, são incapazes de tratar adequadamente esses efluentes.

A nova ETAR de Beja vai, igualmente, permitir o cumprimento da Diretiva de Águas Residuais Urbanas no que aos esgotos da cidade de Beja diz respeito, contribuir para a resolução do contencioso comunitário existente e para a melhoria da qualidade do ecossistema fluvial da bacia hidrográfica da Albufeira do Roxo, de acordo com as Águas Públicas do Alentejo.

publicado por Zé LG às 23:05
23
Fev 17

220220172214-928-ParqueIndustrialBeja.jpg

A Câmara Municipal de Beja vai lançar um concurso para expandir os acessos na zona de atividades económicas da cidade, no valor de 1 milhão e 800 mil euros. Criar condições de atratividade para novas empresas e novos investimentos, na área das agroindústrias, e outras são os objetivos do Município.

Trata-se de um investimento na ordem de 1,8 milhões de euros. Para além da requalificação dos arruamentos e das infra-estruturas existentes na Zona Industrial do Bairro de São Miguel, a intervenção vai possibilitar a expansão da nova área empresarial para Norte, criando novos arruamentos.

O prazo de execução desta obra é de 180 dias e a autarquia salienta que, “esta empreitada é apenas mais uma, de entre tantas outras no âmbito da requalificação urbanística e dos arruamentos, que neste momento estão em curso e que são fundamentais para melhorar a qualidade de vida das populações e para incrementar o desenvolvimento económico do concelho Beja”.

Ler e ouvir AQUI e AQUI.

publicado por Zé LG às 08:50
12
Fev 17

008.JPG

Este é o estado actual (fotografia) da casa onde, durante muitos anos, funcionou a FOTOPAX, a principal empresa de fotografias de Beja, do Senhor Fonseca.

publicado por Zé LG às 17:34
27
Jan 17

O presente diploma, além de introduzir alterações orgânicas relevantes, tem como efeito significativo a cessação, por força da lei, dos mandatos dos membros dos Conselhos de Administração das ULS, E.P.E.. Esperando que a correspondente substituição obedeça a critérios de competência e isenção, o Presidente da República promulgou o Decreto-lei que regula o Regime Jurídico e os Estatutos aplicáveis às unidades de saúde do Serviço Nacional de Saúde com a natureza de Entidades Públicas Empresariais.

publicado por Zé LG às 00:10
11
Jan 17

100120171044-70-minas.domingos.JPG

A EDM-Empresa de Desenvolvimento Mineiro, adjudicou, por 2,3 milhões de euros, à Conduril Engenharia a primeira fase do projecto da recuperação ambiental da antiga mina de São Domingos, no concelho de Mértola. 

As obras consistem na execução de uma bacia de retenção e de um sistema de canais na margem direita, para desvio de águas da contaminação lixiviante, proporcionando assim uma decisiva diminuição do volume de águas ácidas. Ainda segundo, o documento, a intervenção vai permitir também uma redução de descargas poluentes, nomeadamente para a barragem do Chança.
As obras deverão começar na Primavera e a sua conclusão está apontada para meados de 2018, o projecto envolve um investimento global de cerca de 20 milhões de euros. Desactivadas em 1996, as Minas de São Domingos, foram objecto de exploração de cobre e enxofre para produção de ácido sulfúrico, bem como de produtos secundários como o chumbo, níquel, cobalto, prata, cádmio, arsénio antimónio e estanho.

publicado por Zé LG às 08:53
28
Dez 16

O Chefe de Gabinete do Presidente da Câmara Municipal de Beja visitou os municípios chineses de Tianjin e Taizhou, ... a convite do Conselho Consultivo para os Assuntos de Imigração e Liga dos Chineses em Portugal e consistiu em estabelecer contactos institucionais com autoridades chinesas, que mostraram interesse em desenvolver uma geminação entre Beja e Tianjin, cidade que também tem um aeroporto civil, e de trazer para Beja empresas que procuram a internacionalização tendo em conta as oportunidades de negócios que o futuro aeroporto oferece.

Esta é uma parte dum alvitre que publiquei aqui, há precisamente 10 anos. Uma década depois, era bom termos informação do ponto em que se encontra a geminação e de quantas empresas vieram para Beja na sequência dos contactos institucionais com autoridades chinesas.

publicado por Zé LG às 12:40
27
Dez 16

017.JPG

publicado por Zé LG às 23:15
15
Dez 16

141220161643-189-camaradeserpa.jpg

A Zona Industrial de Serpa foi alvo de obras de beneficiação e de requalificação dos espaços comuns.

A intervenção, da responsabilidade da Câmara, proporciona melhores acessos e embelezamento em torno dos lotes.

O investimento de 223 mil euros contemplou trabalhos na rede de iluminação pública e telecomunicações, infraestruturas de águas e saneamento, arranjo de espaços verdes, execução de passeios e asfaltamento.

A Zona Industrial de Serpa está actualmente perto da sua capacidade máxima de ocupação, pelo que está projectada uma terceira fase, sublinha Tomé Pires, presidente da Câmara de Serpa.

publicado por Zé LG às 19:39
02
Dez 16

15056479_10154094826855840_3940682629665582769_n.p

 Ver INFORMAÇÃO.

publicado por Zé LG às 12:40
01
Dez 16

cartaz_encontro_empresarios_2016.jpg

publicado por Zé LG às 14:30
01
Dez 16

2013-04-24 038.jpg

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, atribui, a título póstumo, a insígnia de Grande Oficial da Ordem de Mérito a Manuel de Castro e Brito, hoje, às 14h30, no Palácio de Belém, tal como anunciou na edição da OVIBEJA deste ano. 

Castro e Brito foi presidente da FAABA, da ACOS e da OVIBEJA e integrou os corpos sociais da CAP e da AIP, para além de ter desempenhado outras funções a nível regional, nacional e internacional. Faleceu repentinamente a 29 de Março do corrente ano.
publicado por Zé LG às 09:38
26
Nov 16

A Ecoslops, que  implementou em Sines, em junho de 2015, um  modelo de produção único no mundo, que aproveita os resíduos petrolíferos dos navios para produzir combustível e betume quer  exportar esta tecnologia para qualquer porto marítimo especialmente os que têm «grande movimento». A garantia foi dada ao SOL pelo  diretor executivo da empresa de Sines, Pedro Simões.

553354.png

Para já, foi assinado um memorando de entendimento com a Total para o porto de Marselha. «A Ecoslops estabeleceu uma parceria com a francesa Total para replicar em Marselha a tecnologia que, até agora, fazia de Sines um caso único no mundo. Foi assinado um memorando de entendimento que visa uma parceria para a instalação de uma micro refinaria na zona de La Mède, perto de Marselha. A decisão final será tomada em 2017», revela. 

publicado por Zé LG às 10:16
21
Nov 16

1088556.jpg

A maior parte dos criadores de borrego no Alentejo vende os seus animais para serem engordados em Espanha, e é o país vizinho que ganha com o abate e comercialização da pele.

publicado por Zé LG às 18:08
17
Nov 16

161120161614-52-MauTempoapoios.JPG

O Ministério da Agricultura abriu novas candidaturas a apoios para “restabelecimento do potencial produtivo” nas localidades afectadas pelos tornados.

Em causa estão territórios integrados em 5 municípios do Alentejo que, no passado mês de Outubro foram varridos por ventos de intensidade extrema.

Os apoios, a fundo perdido, atingem os 80% da despesa elegível, no caso dos produtores detentores de seguro, e os 50% da despesa elegível no caso das restantes explorações agrícolas.

São abrangidas as Freguesias de Salvada e Quintos (Beja); Faro do Alentejo (Cuba); Alcaria Ruiva (Mértola); Brinches, Pias, Salvador, Santa Maria, Vila Nova de São Bento, Vale de Vargo, Vila Verde de Ficalho (Serpa) e Pedrogão (Vidigueira).

publicado por Zé LG às 08:45
16
Nov 16

151120161115-514-parqueindustrialbeja.jpgO Município de Beja deu início a trabalhos de valorização do Parque Industrial.

A Câmara está a investir na pavimentação de zonas pedonais, arranjos exteriores em logradouros e junto a linhas de água.

Estas obras, segundo a Câmara, “decorrem de uma necessidade premente de valorização daquele local e também da preocupação, que o Município tem, com o tecido empresarial instalado no Parque Industrial”.

Manuel Oliveira, vereador da Câmara de Beja, sublinha que é necessário criar condições para que as empresas “possam usufruir de um espaço com qualidade e com dignidade”.

publicado por Zé LG às 00:30
10
Nov 16

091120161801-874-310820151739-845-Minas.jpg

O presidente da Câmara de Aljustrel reuniu esta semana com a Somincor e a EDM – Empresa de Desenvolvimento Mineiro.

Do encontro com a Somincor, Nelson Brito realça a possibilidade de colaborações no âmbito da responsabilidade social da empresa em áreas como a educação, cultura, intervenção social, empreendedorismo e desporto. Esteve também em cima da mesa o estabelecimento de parcerias no projecto do Parque Mineiro de Aljustrel.

As antigas áreas mineiras recuperadas onde se vai instalar o Parque Mineiro devem ser cedidas pela EDM à autarquia. Um compromisso que, segundo Nelson Brito, saiu da reunião desta semana.

publicado por Zé LG às 12:53
09
Nov 16

O Alentejo tem sido tradicionalmente maltratado pelo poder central, mas talvez nunca tenha sido tão desprezado como agora.

Repare-se nesta situação, que, não se percebe muito bem porquê, não tem sido denunciada nem reclamada a sua rápida resolução.

ccdra_new.jpg

Pouco tempo antes das últimas eleições legislativas, a CCDRA ficou sem presidente, porque António Dieb foi presidir à ADC - Agência para o Desenvolvimento e a Coesão. A seguir, com a eleição de Costa da Silva para deputado à AR, ficou sem gestor do PORA. Julgo que também o Secretário Técnico desta estrutura saiu para a ADC. 

alentejo2020.jpg

Há portanto mais de um ano que a CCDRA e a Gestão regional dos fundos comunitários se encontram sem os respectivos líderes, o que revela bem a importância que o governo atribui ao Alentejo…

E nós – os alentejanos e, principalmente os nossos representantes -, o que fazemos? - Amochamos. Aceitamos que esta anómala e prejudicial situação para a região se perpetue como se nada de grave se passasse.

Onde andam e o que andam a fazer os autarcas e os representantes das organizações empresariais e sociais do Alentejo? Costuma-se dizer que “temos o que merecemos” mas neste caso acho que devíamos ter um pouco mais...

publicado por Zé LG às 13:55
Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
27
28
29
30
31
Passaram por cá
"Contador de visitas">Contador de visitas
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Ora, que enjoadinha!
Que falta de pachorra para este tipo de conversa, ...
O 18/17 ainda é revogado pelo Tribunal Constitucio...
Novo CA, ainda não há.
Agora já não é preciso falar mais do conde ou até ...
Tá mal.Então e para o IPB não vai nenhuma responsa...
Deixe-me informá-lo(a) que há novidades sobre este...
Que curioso ninguém falar aqui do Conde come tudo ...
Adora esta Grande Senhora!!!!!!Não estou presente ...
Sem duvida alguma! Um exemplo é o tom, a falta de ...
É uma capacidade inata que a malta xuxa tem, que é...
A Sra. Dra. Isabel Sevinate não faz parte da turma...
A Dra. Isabel Sevinate não faz parte da turma de l...
Então o senhor/ senhora diz que sou mal criado por...
Isto dos falsos PS so se resolve com polícia, não ...
blogs SAPO