Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
06
Fev 17

007.JPG

010.JPG

A Escola de Santiago Maior, de Beja, hoje só abriu às 10 horas, porque os portões foram fechados com cadeados como protesto contra a falta de condições existentes - 8 auxiliares para 400 alunos, alunos com NEE fechados na UAM nos intervalos por falta de acompanhamento, falta de professores de substitução, mau fincionamento do refeitório, climatização avariada há muito tempo, ...

publicado por Zé LG às 13:11
06
Fev 17

Todos sabemos a importância que a Escola term na educação, formação e desenvolvimento do ser humano. Por isso desejamos - e para isso pagamos também os nossos impostos -, uma escola inclusiva, com boas condições de funcionamento.

Ora, o que muitas vezes acontece em muitas das escolas não é isso. Neste momento, em escolas de Beja, faltam profissionais, nomeadamente docentes para substituições e auxiliares de educação, o que gera um ambiente de insegurança, não permite que os alunos com necessidades educativas especiais estejam nos intervalos com os outros colegas, por falta do necessário acompanhamento, tendo de ficar na unidade de apoio à multideficiência. Existem também dificuldades em refeitórios escolares, relativamente à organização do seu funcionamento e à quantidade e qualidade de comida. E ainda há outros problemas como a a avaria prolongada na climatização dos edifícios.

Confrontado com estas situações pelas associações de pais e encarregados de educação, o Ministério da Educação, através da DGESTE não se comprometeu com qualquer solução para os problemas apontados. 

Não basta afirmar, como fez o governo, que o ano lectivo começou bem, o que nem sequer se verificou nalgumas escolas, com aqui denunciamos oportunamente. O Ministério da Educação tem a obrigação de resolver os problemas que surgem nas escolas, no início e durante o ano lectivo. Não o fazendo, não pode esperar que os afectados se acomodem, aceitando todas as insuficiências e falta de respostas, como se nada se passasse.

publicado por Zé LG às 00:17
24
Jan 17

Manuel_Maria_Barroso-1813.jpg

O delegado regional de Educação do Alentejo considera que “mais do que se procurar hierarquizar escolas pelos resultados objetivos de algumas das provas escolares, importa pensar na qualidade e sentido de responsabilidade com que cada uma delas funciona”. Em entrevista ao “Diário do Alentejo”, Manuel Maria Barroso afirma, no entanto, que “alegra-nos que duas escolas da nossa região alentejana figurem” nos primeiros lugares dos rankings elaborados em dezembro último pela comunicação social. O responsável diz ainda que, “de uma forma geral, as escolas da região Alentejo estão a funcionar regularmente”, frisando, contudo, que, “como se sabe, há situações pontuais onde são necessárias intervenções, umas com maior relevância que outras”.

 

O Alentejo é uma região que vem registando uma significativa mudança nos fatores de desenvolvimento, razões suficientes para que o futuro seja tomado com otimismo. Serão esses fatores que influenciarão a nossa demografia escolar, as nossas escolas, os nossos equipamentos e as ofertas educativas e formadoras. Os resultados do ranking atrás referido são mais um sinal desta mudança que se vem notando.

Leia a

entrevista com texto Nélia Pedrosa e fotos José Ferrolho, no Diário do Alentejo.

publicado por Zé LG às 21:39
14
Nov 16

15925648_w2l9F.jpeg

Dois meses depois de iniciado o ano lectivo e eis que só agora chegam os terapeutas à escola, que vão trabalhar com as crianças com necessidades especiais de educação. Ou seja, estas crianças que necessitam desses apoios especiais para conseguirem algum desenvolvimento psicomotricional estiveram cinco (!!!) meses - três de férias e dois de aulas -, sem contar com eles. 

Este parece ser o novo normal da educação especial. Neste tempo todo, não houve tempo para uma palavra aos pais destas crianças sobre as razões do atraso na colocação dos terapeutas. Nem da parte do governo, nem do Ministério da Educação, nem da DREA, nem da direcção do agrupamernto escolar, nem da direcção da escola, nem da instituição que contratualizada para assegurar esses apoios. Nem sequer também da Autarquia, que, depois de ter informado que tinha feito tudo o que lhe competia para que o ano lectivo começasse bem e que esse e outros problemas eram da responsabilidade do governo, passou ao lado do problema. 

Será esta a política e a prática de inclusão de que, tanto se fala, principalmente nas campanhas eleitorais?!... 

(Ilustração de Susa Monteiro no Diário do Alentejo)

publicado por Zé LG às 08:40
18
Out 16

Mais de um mês depois da abertura do novo ano lectivo, podíamos escrever de novo o que escrevemos aqui há um ano. Ainda não foram colocados os professores de ensino especial nem os terapeutas de apoio ao alunos que deles necessitam. Continua a saga da dificuldade de substituição dos professores que faltam, o que obriga à distribuição dos alunos dessas turmas por outras, com a perturbação que isso gera. Ainda há falta de pessoal auxiliar em muitas escolas, o que levou a que os trabalhadores ao serviço fizessem greve hoje numa escola, devido à sobrecarga de trabalho.

E perante esta “nova normalidade” o governo e os responsáveis do Ministério da Educação, que afirmaram que o novo ano lectivo tinha começado com normalidade, não aparecem a pedir desculpa por estas faltas, nem a informarem quando elas vão ser ultrapassadas.

E nós, os pais e encarregados de educação, que em anos anteriores nos mobilizámos para reivindicar a resolução rápida destes problemas, parece que nos habituámos a esta “nova normalidade”, talvez anestesiados pela “geringonça”… Mas isso não pode acontecer! Não podemos aceitar o que sempre contestámos. Não podemos calar a nossa indignação perante o mau funcionamento dos serviços públicos, designadamente os de Educação, que ano após ano, repetem as mesmas falhas, que mais penalizam os alunos que mais necessidades têm. Não nos podemos acomodar quando estão a lixar o futuro dos nossos filhos!

publicado por Zé LG às 09:57
29
Set 16

O governo anunciou, com o show off de membros do governo a visitarem escolas, que o novo ano lectivo abriu com NORMALIDADE, como há muito não acontecia.

Ora as coisas parece que não se passaram exactamente assim, tendo em conta o exemplo do que conheço directamente. A Escola onde anda o meu filho, recebeu os alunos no último dia previsto para a abertura do ano lectivo e, passadas duas semanas, os alunos com necessidades educativas especiais continuam sem terapeutas, com falta de professores de ensino especial e de auxiliares de educação e, de vez em quando, há turmas a serem distribuídas por outras, por falta de professores.

Tendo em conta que este não terá sido o único caso – "toda a gente" conhece outros -, o governo deve ter-se referido ao “novo normal”… que é o novo ano lectivo abrir com, mais ou menos, as insuficiências dos velhos. 

Esta manhã, perante a manutenção desta situação e a manifestação de descontentamento dos pais dos alunos de uma turma sem professor que andam a ser distribuídos por outras, alguém dizia que "isto só se resolve com uma revolução"... 

publicado por Zé LG às 13:49
28
Set 16

imgLoader.ashx.jpg

 

Hoje, pelas 16.30h, a Câmara Municipal de Alvito recebe a Comunidade Educativa, uma cerimónia que decorre no Castelo de Alvito e que tem como propósito acolher os novos professores e alunos e assinalar o início de um novo ano escolar.

 

Com o objetivo de reconhecer e de valorizar o mérito, a dedicação e o esforço no trabalho e desempenho escolares, o Município de Alvito, em conjunto com as Juntas de Freguesia, atribui, anualmente, um prémio de mérito aos melhores alunos do Concelho.

publicado por Zé LG às 08:45
27
Set 16

070320161149-198-deputadoJooRamos.jpg

O deputado do PCP, eleito por Beja, João Ramos, questionou o Ministério da Educação sobre os vários problemas que se colocam no início deste ano letivo, em estabelecimentos de ensino da região.

Foram quatro as questões colocadas à tutela: duas sobre a falta de segurança verificada na Escola Mário Beirão de Beja e a necessidade de requalificação da Escola de Santiago Maior e outras duas sobre a falta de assistentes operacionais e de professores de ensino especial e técnicos em escolas do distrito de Beja.

publicado por Zé LG às 08:52
16
Set 16

150920161650-741-Anoletivo.jpg

Nas escolas do concelho já começou o novo ano letivo e no arranque das atividades de 2016/17, a Câmara de Beja revela que tudo o que é da sua responsabilidade está assegurado, mas que há dificuldades de substituição de professores com baixa, falta de pessoal auxiliar e de técnicos de educação especial, denunciando o facto, de estarem 60 alunos com necessidades educativas especiais sem resposta e destas situações serem da responsabilidade do Ministério da Educação. Falhas que se repetem e que são da responsabilidade do Ministério, recorda a autarquia.

 

Manuel Nobre, presidente do Sindicato de Professores da Zona Sul, afirma que persistem problemas como: a falta de assistentes operacionais, turmas com elevado número de alunos, turmas do 1.º Ciclo com vários anos de escolaridade, actividades extra curriculares a interromperem a actividade lectiva e desrespeito pelas normas de organização do trabalho dos docentes.

publicado por Zé LG às 08:54
09
Mai 16

060520161559-186-palestraescola.jpg

... é o mote para uma palestra que vai decorrer, no próximo dia 25, no Anfiteatro da Escola Secundária Diogo de Gouveia.

Esta iniciativa que, na organização, conta com a assinatura do Departamento de Educação Especial do Agrupamento de Escolas nº1 de Beja, tem como principal orador Vítor Cruz. As inscrições têm que ser efectuadas ate ao próximo dia 18.

Teresa Baião, coordenadora do Departamento de Educação Especial do Agrupamento de Escolas nº1 de Beja, afirma que a questão das dificuldades de aprendizagem está muito presente nas “nossas” escolas, por isso, a necessidade de discutir o tema.

publicado por Zé LG às 13:53
21
Fev 16

O Pavilhão Multiusos do Parque de Feiras e Exposições de Beja vai receber, no dia 4 de Março, a final da 12º edição do Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos.

090220162229-289-JogosMatemticos.jpgUma iniciativa dinamizada anualmente pela Associação Ludus, a Associação de Professores de Matemática e a Sociedade Portuguesa de Matemática.

Esta edição é organizada localmente por docentes do Departamento de Matemática do Instituto Politécnico de Beja e dos Agrupamentos de Escolas n.º 1 e n.º 2 de Beja. Trata-se de um evento que permite fomentar e estimular o gosto pela matemática e conta com a participação de 300 escolas do continente e ilhas, envolvendo já cerca de 1600 alunos inscritos. As declarações são do professor Luís Carvoeiras, da organização.

Estão integrados deficientes auditivos e portadores de baixa visão e cegueira que participam em todos os jogos do campeonato promovendo a igualdade de oportunidades.

publicado por Zé LG às 09:27
15
Fev 16

120220161532-994-sessoeducao.jpgA deputada do Bloco de Esquerda, Joana Mortágua, por Mariana Aiveca, vai estar hoje, no distrito de Beja, com atenções centradas na educação.
De manhã, está prevista uma visita à Escola Secundária de Serpa e da parte tarde, na EB 2,3 Abade Correia da Serra, ainda em Serpa, realiza-se uma reunião com a directora e um encontro com pais e encarregados de educação que contestam o encerramento de uma das quatro salas do pré-escolar pela DGESTE.

Ao fim da tarde, a partir das 18.00 horas, Joana Mortágua e Mariana Aiveca participam numa sessão pública, no auditório da Escola Superior de Educação em Beja, que tem como tema “Desafios da Educação”.

publicado por Zé LG às 08:43
19
Nov 15

12111990_756919984412820_748113313697716867_n.jpg

publicado por Zé LG às 08:48
10
Nov 15

É um lugar comum dizer-se que as crianças são o futuro. É uma verdade à la Palisse.

Porque são o futuro, as crianças devem ser o melhor tratadas que for possível. Devemos investir nelas tudo o que pudermos.

Parece tratar-se de uma questão consensual e arrumada mas não é. Em resultado de políticas erradas, designadamente dos governos da direita, acontecem situações, que parecem surrealistas mas que infernizam as vidas das crianças e das suas famílias.

Um professor entrou de baixa por um período previsível de duas semanas. Esperava-se que, como era pratica corrente, fosse substituído por outro colega, os chamados professores de substituição. Mas não! Porque a lógica da gestão pública que impera é a da redução de custos e quanto mais cortarem mais as gestões são apreciadas pelas tutelas, não existem mais, pelo menos em número suficiente, professores de substituição e os alunos do professor que entrou de baixa são distribuídos por outras turmas, incluindo de anos diferentes. E os alunos com necessidades educativas especiais (nee) são "depositados" na sala de multideficiência. E a complicar ainda um pouco mais a situação, nalguns casos, os professores de ensino especial, em número insuficiente (4 em 11 necessários) são convocados para as referidas substituições, deixando os alunos com nee totalmente entregues a auxiliares de educação, que, por mais profissionais que sejam, não têm a obrigação que aqueles têm. 

Não é desta forma que se cuida do futuro!

publicado por Zé LG às 14:00
09
Mai 15

080520151552-395-ProfessorAiveca.jpgA Delegação de Beja da Associação de Solidariedade Social dos Professores, com o apoio da Câmara Municipal de Beja e da União das Freguesias de Santiago Maior e S. João Batista, homenageia o Professor Aiveca, hoje, às 15.30 horas, com o descerramento de uma placa toponímica na praceta que passará oficialmente a ter o seu nome e que se situa em frente ao hotel Melius.

 

publicado por Zé LG às 09:40
26
Mar 15

l_encontro-rede-museus_cartaz.jpgDecorre esta quinta-feira, em Mértola, o II Encontro da Rede de Museus do Distrito de Beja sob o tema “Actividades educativas nos museus locais: experiências e dinâmicas”. O Encontro assenta na premissa de que os “museus são espaços de sociabilidade que potenciam a troca de ideias e promovem a aprendizagem social e cultural”. A autarquia de Mértola considera que “a educação e a formação são áreas que representam algumas das principais funções de qualquer unidade museológica”. Durante o Encontro vão ser apresentadas experiências e dinâmicas exteriores à Rede e acções e projectos dos museus que integram a Rede de Museus do Distrito de Beja.

publicado por Zé LG às 00:56
16
Mar 15

O Município de Odemira foi eleito para a Comissão Coordenadora da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadores, no Encontro Nacional que decorreu em Miranda do Corvo.
Para além de Odemira integram a comissão as Câmaras de Almada, Braga, Évora, Lisboa, Paredes e Torres Vedras.
A Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadores é constituída por 53 municípios aderentes à Associação Internacional das Cidades Educadoras e que assinaram e subscreveram a Carta das Cidades Educadoras.
A Rede pretende “promover a reflexão e debate dos Princípios da Carta das Cidades Educadoras, fomentar actividades promotoras destes princípios, procurar que os municípios portugueses incorporem a filosofia de intervenção nas suas políticas (…), revela a autarquia de Odemira.
In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=6572

publicado por Zé LG às 00:37
23
Fev 15

220220151605-979-FranciscoMarques(1).JPGFrancisco Marques, antigo director do Pax Julia e Chefe da Divisão de Gestão Cultural e Juventude da Câmara de Beja, é o novo Delegado Regional de Educação do Algarve.
Francisco Marques afirma que pretende continuar o trabalho feito pela Delegação Regional com as escolas, as autarquias e a comunidade educativa do Algarve, prometendo “dar o melhor” em defesa da Educação.
In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=6403

publicado por Zé LG às 23:58
17
Fev 15

080820131531-328-manuel-maria-barroso-.jpgManuel Maria Barroso foi designado, na passada sexta-feira, Delegado Regional de Educação do Alentejo, substituindo no cargo Maria Reina Martin.
Aquela designação ocorreu depois de concluídos os procedimentos concursais para os cargos de delegados regionais de educação, publicados no Diário da República, n.º 5, 2.ª série, de 8 de Janeiro.
Recorde-se que Manuel Maria Barroso foi o candidato da coligação do PSD/CDS, em Alvito, nas autárquicas 2013, com o lema “Construir o Futuro”.
In: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=5120

publicado por Zé LG às 00:06
13
Fev 15

110220152347-438-IPBeja(3).JPGO Presidente do IPBeja - Instituto Politécnico de Beja, homologou o Estatuto do Estudante com Necessidades Educativas Especiais.
Segundo o Instituto a decisão, decorrente da lei, teve também em consideração “o aumento significativo dos Estudantes com Necessidades Educativas Especiais assim como o reconhecimento de todos os estudantes, sem excepção, à igualdade de direitos na participação no meio académico (...)”.
O Estatuto do Estudante com Necessidades Educativas Especiais contempla um conjunto de medidas de apoio que vão desde a frequência e acompanhamento das aulas, ao regime de avaliação, passando pela prioridade na atribuição dos locais de estágio.
Para usufruir do Estatuto de Estudante com Necessidades Educativas Especiais “os estudantes devem apresentar declaração/relatório médico que explicite o tipo da deficiência e a sua gravidade, e sempre que possível as ajudas para a sua funcionalidade, em função das exigências do ensino superior”, revela o IPBeja.
In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=6310

publicado por Zé LG às 13:11
Fevereiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
25
26
27
28
Passaram por cá
"Contador de visitas">Contador de visitas
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
E ninguém põe mão nestes verdadeiros crimes urbaní...
Não tenho certezas nenhumas.A única que tenho é qu...
Como é que Vocês têm acesso a informação confidenc...
Se ele fizer na ULSBA o mesmo que tem feito na CIM...
Dinheiro bem gasto? Tem a certeza disso? Não havia...
Há sempre quem rapidamente se disponha a ir ao bei...
São estreantes que passam na cresap pelo reconheci...
Tanto dinheiro bem gasto e gerador de valor para a...
Não,não vai arder pode crer.Estao todos sem forças...
O Rocha vai preparar o comando da saúde.Viva a des...
Não se percebe a confusão do seu ponto de vista!.....
Não acredito!...Ou as ideias dentro do PCP estarão...
Neste dia é que o PCP vai anunciar Pos de mina com...
Parece que o circo vai continuar a arder e o Alvit...
"DOIS REGRESSOS E DUAS ESTRELAS".Os regressos sao...
blogs SAPO