Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
20
Mai 17

190520171044-352-CamaraMunicipalAlmodovar.jpg

O presidente da Câmara de Almodôvar exonerou o vereador Ricardo Colaço.

A decisão foi tomada depois do vereador do PSD com quem o PS tinha um acordo ter aceite integrar a lista do Partido Social Democrata à Câmara nas eleições de Outubro.

António Bota, presidente da Câmara de Almodôvar, justifica a decisão com a “quebra de confiança política” em Ricardo Colaço e que não poderia ter no seu gabinete alguém contra as suas ideologias.

O presidente do município de Almodôvar acrescenta que Ricardo Colaço, ao aceitar integrar a lista do PSD à Câmara, aliou-se a um grupo de pessoas que politicamente criticava.

 

Almodôvar é tradicionalmente palco de acesos confrontos políticos entre grupos, mesmo dentro dos partidos. Mas esta é difícil de entender. O presidente da Câmara "exonerou" um vereador por ser candidato do seu partido? O que sigifica "exonerar"? É retirar-lhe pelouros e deixar de exercer funções a tempo inteiro? Interessa esclarecer esta notícia, porque confunde, porque um vereador não pode ser exonerado pelo presidente, porque não é um funcionário da Câmara, mas sim um eleito com tanta legimidade democrática quanto o presidente.

 

publicado por Zé LG às 00:48
17
Mai 17

18519763_1933781586855392_3504932262394645048_n.jp

Helena Aguilar vai ser candidata à Câmara Municipal de Vidigueira, nas próximas eleições autárquicas de 1 de Outubro.
Rádio Vidigueira sabe que a atual vice-presidente da Câmara Municipal de Vidigueira vai avançar com uma candidatura independente nas próximas autárquicas.

 

publicado por Zé LG às 01:05
27
Abr 17

O presidente da concelhia de Almodôvar do PSD não poupa críticas à distrital de Beja do partido e aos Independentes por Almodôvar.

O compromisso entre a concelhia do PSD de Almodôvar e o movimento Independentes por Almodôvar (IPA) previa como cabeça de lista à Câmara António Sebastião (IPA), seguido de Fernando Palma (PSD) e Sílvia Batista (IPA).

Por decisão da distrital “laranja”, Fernando Palma, número dois da lista aprovada pela concelhia e pelo IPA, foi substituído por Ricardo Colaço, vereador do PSD, que estabeleceu um acordo com o PS no actual mandato.

O PSD de Almodôvar acusa os Independentes de aceitarem a proposta da distrital “traindo assim a confiança cimentada com a concelhia ao longo de mais de dois anos de diálogos e negociação”.

O presidente da concelhia de Almodôvar do PSD assegura que o caso foi denunciado aos órgãos nacionais do partido onde “impera o silêncio, a indiferença e a falta de consideração pelas estruturas de secção” e acusa a distrital de “violar grosseiramente os estatutos do PSD”.

A concelhia de Almodôvar do PSD diz-se “ferida na sua dignidade, ultrapassada e esvaziada de competências”. Nesse sentido, anuncia a “denúncia unilateral do referido acordo entre o PSD de Almodôvar e o IPA por violação do mesmo por parte dos Independentes”.

Ler AQUI e AQUI.

publicado por Zé LG às 12:45
28
Mar 17

gaspar-ameaça.jpgos serviços têm levantado sucessivas dúvidas quer em relação ao montante dos dias em causa, quer ao método de tributação e quer, essencialmente, à licitude do ato.

Texto Paulo Barriga 

 

 

publicado por Zé LG às 00:05
23
Mar 17

por: Joana Marques

Amigo de longa data.
Conheço-o há mais de 20 anos.
Trabalhava numa empresa há 17 anos. Uma média empresa.
Era diretor de um departamento.
Trabalhava de dia e de noite. Não tinha férias como deve ser. Feriados só às vezes. Fins de semana só quando calhava
Tinha um horário de trabalho. 8 horas por dia. Nunca era cumprido. Dava todos os dias mais horas à empresa.
Dedicado. Muito dedicado.

Este meu amigo é casado e tem dois filhos.
O Afonso tem 13 anos e o António tem 5.
Os fins de semana, feriados e férias que dedicou à empresa tirou-os à família. Aos filhos.

Um dos poucos fins de semana que não trabalhou foi passá-lo com a família.
Escolheu a casa que herdou dos pais.
Perto da barragem de Montargil.

Não tinha rede de telemóvel.
Na empresa houve um stress qualquer.
Ligaram-lhe. Não atendeu. Porque não tinha rede.

Quando se apresentou na segunda-feira para trabalhar foi despedido.


Deixado por Anónimo a 22 de Março de 2017 às 13:40, AQUI.
publicado por Zé LG às 08:50
19
Mar 17

20170314_121904_campanha_sensibilizacao_afogamento

Aproxima-se a época balnear e o período de calor, desta forma, lançamos uma campanha de sensibilização principalmente para os Pais e também para a população em geral para os cuidados a ter em situações de afogamento em piscinas privadas ou públicas ou praias.

Infelizmente cada vez surgem mais relatos de situações em que por descuido ou acaso, as crianças acabaram por cair nas piscinas e dai resultar uma situação de afogamento.

Em situações destas é importante saber reagir e assim evitar uma possível tragédia ou danos graves na criança, muitas vezes nestas situações a criança acaba por se restabelecer após sofrer uma imersão, o que pode acontecer depois e que muitos pais não sabem é que algumas horas ou mesmo dias após esse restabelecimento da criança e aparentemente parecer estar tudo normal, a criança tenha um colapso em que surgem sintomas tais como sonolência, e dormência ou perda de força (membros moles), sendo que a criança pode adormecer e não voltar a acordar, a este fenómeno dá-se o nome de afogamento secundário.

Leia AQUI todo o artigo.

publicado por Zé LG às 10:01
18
Mar 17

17190579_1496802530371052_3675014827609439440_n.jp

Um momento para encontro e lazer, partilha de informação, formação e reflexão entre familias de pessoas com Síndrome de Dravet.

publicado por Zé LG às 14:30
06
Mar 17

Vila Nova da Baronia sem LUZ por período superior a 1 hora pela 2ª vez no espaço de 1 semana.
A EDP por não querer investir nas nossas linhas, deixa a população sem energia desde as 6:00horas da manhã até às 9:15horas. E isto é um facto, derivado à não reestruturação das linhas e constantes avarias.
Estes cortes frequentes privam assim a população de um serviço que é um direito pelo qual todos pagamos.
Ainda há portugueses de 1ª e de 2ª.

Comentário de João Carvalho a 5 de Março de 2017 às 09:44, AQUI.

publicado por Zé LG às 13:54
08
Fev 17

16388049_10210355225549586_4971601928450238883_n.j

Como diz o velho ditado, "o cabrão da casa é sempre o último a saber..."
Aqui não está em causa a candidatura, mas longe vão os tempos em que a instituição Junta de Freguesia de Vila de Frades era ouvida em matérias como esta, lamento a cada dia que passa a prepotência que é aplicada nestas decisões, as instituições ou as localidades não são propriedade de ninguém, são do povo, povo esse, que felizmente não dorme e está atento a decisões que só visam atingir o "estrelato" de alguns, Vila de Frades e os vilafradenses não merecem e não querem servir de almofada em joguinhos de bastidores, BASTA!

Luís Amado

MUNICÍPIO CANDIDATA VILA DE FRADES AO PRÉMIO 7 MARAVILHAS DAS ALDEIAS DE PORTUGAL

2017-SAO-CUCUFATE_484X383.JPG

publicado por Zé LG às 00:06
06
Fev 17

007.JPG

010.JPG

A Escola de Santiago Maior, de Beja, hoje só abriu às 10 horas, porque os portões foram fechados com cadeados como protesto contra a falta de condições existentes - 8 auxiliares para 400 alunos, alunos com NEE fechados na UAM nos intervalos por falta de acompanhamento, falta de professores de substitução, mau fincionamento do refeitório, climatização avariada há muito tempo, ...

publicado por Zé LG às 13:11
31
Jan 17

Capturar.PNG

In edição nº 1814, de 27-01-2017 do Diário do Alentejo.

publicado por Zé LG às 18:45
27
Jan 17

Cruz-1813.jpg

A Cruz Vermelha Portuguesa de Beja vai reduzir o subsídio de refeição a todos os trabalhadores. José Tadeu de Freitas, diretor do Centro Humanitário, justifica a medida com a não obrigatoriedade desta remuneração à luz do Código do Trabalho.

No final do mês de janeiro, quando receberem os ordenados, os trabalhadores do Centro Comunitário de Beja da Cruz Vermelha Portuguesa levarão para casa apenas 1,75 euros de subsídio de refeição, um valor menor do que auferiam em 2016.
José Tadeu Freitas, numa diretiva interna para “especificar a relação laboral” na instituição, refere, no ponto quatro do documento, que não sendo o subsídio de refeição “referido no Código do Trabalho não é uma remuneração obrigatória”, não obstante o Centro Humanitário ter garantido até ao fim do ano “a alimentação dos seus colaboradores e complementar com o subsídio de alimentação”.
Determina, pois, que “para o ano de 2017” seja pago a todos os trabalhadores, e por cada dia de trabalho, o valor de 1,75 euros.
Numa carta recebida na redação do “Diário do Alentejo” um trabalhador do centro afirma haver “medo e um descontentamento generalizado”, pondo em causa o caráter “humanitário” da instituição onde trabalha.
O mesmo trabalhador acusa ainda a Cruz Vermelha de Beja de impor “um regime de voluntariado à força” e mostra-se apreensivo com a “ameaça de fecho dos dois lares”.
O “DA” tentou, por várias vezes, contactar José Tadeu de Freitas, mas foi impossível chegar à fala com o responsável da instituição.AF

publicado por Zé LG às 08:53
29
Nov 16

15193546_375304012805903_7747355350198273250_n.jpg

(como intervir em caso de ataque epiléptico - convulsão)

publicado por Zé LG às 21:50
27
Nov 16

transferir (1).jpg

António Domingues apresentou a sua demissão da função de presidente do conselho de administração da Caixa Geral de Depósitos, confirmou esta noite o Ministério das Finanças. Esta demissão surge na sequência do polémico caso da apresentação das declarações de rendimentos.

Nesta quarta-feira a Comissão Europeia confirmou ter-se reunido com o atual presidente da CGD para debater a recapitalização do banco público, quando este ainda não tinha sido nomeado para o cargo e pertencia aos quadros do BPI.A equipa de gestão da Caixa, liderada por António Domingues, entrou em funções em 31 de agosto.

publicado por Zé LG às 22:55
17
Nov 16

161120161614-52-MauTempoapoios.JPG

O Ministério da Agricultura abriu novas candidaturas a apoios para “restabelecimento do potencial produtivo” nas localidades afectadas pelos tornados.

Em causa estão territórios integrados em 5 municípios do Alentejo que, no passado mês de Outubro foram varridos por ventos de intensidade extrema.

Os apoios, a fundo perdido, atingem os 80% da despesa elegível, no caso dos produtores detentores de seguro, e os 50% da despesa elegível no caso das restantes explorações agrícolas.

São abrangidas as Freguesias de Salvada e Quintos (Beja); Faro do Alentejo (Cuba); Alcaria Ruiva (Mértola); Brinches, Pias, Salvador, Santa Maria, Vila Nova de São Bento, Vale de Vargo, Vila Verde de Ficalho (Serpa) e Pedrogão (Vidigueira).

publicado por Zé LG às 08:45
29
Out 16

271020161634-603-MauTempo.JPG

A Câmara Municipal de Serpa solicitou ao Ministro da Agricultura uma reunião, com “carácter de urgência”, devido à intempérie que se abateu sobre o concelho de Serpa.

A autarquia já pediu a todos os empresários agrícolas o valor dos prejuízos causados pela passagem de um mini-tornado pelo concelho, no início desta semana.

Quais as verbas a que as explorações agrícolas afectadas se podem candidatar e que apoios podem ser dados para a replantação e reconstrução de propriedades são alguns dos temas que o autarca pretende levar à reunião com Capoulas Santos.

Tomé Pires frisa que o mau tempo provocou estragos em armazéns, arrancou árvores em olivais novos e destruiu alguns pivôts de rega.

publicado por Zé LG às 16:08
28
Out 16

O Presidente da Câmara Municipal de Alvito, António João Valério, enviou um ofício ao Senhor Ministro da Agricultura, Floresta e Desenvolvimento Rural, Capoulas Santos, a quem apela para que o concelho de Alvito seja incluído no despacho que estabelece os apoios às explorações pecuárias em territórios afetados pelo fenómeno de seca.

O despacho 12618-B/2016, de 19 de outubro, cria uma linha de apoio às explorações pecuárias em territórios especialmente afetados pela seca registado no decurso do ano. Esta linha, que totaliza 3 milhões de euros, destina-se a conceder apoios entre os mil e os 10 mil euros para realização de furos para captação de água subterrânea, aquisição de equipamentos de bombagem e de equipamentos de transporte de água, tratando-se de uma subvenção não reembolsável, até ao limite de 80 % ou 50 % da despesa elegível, consoante o beneficiário seja ou não detentor de coberturas de risco seguráveis pelos sistemas de gestão de risco em vigor no âmbito da atividade agrícola.

António João Valério recorda ao ministro Capoulas Santos que o concelho de Alvito ficou de fora dos territórios contemplados pela iniciativa, apelando para a revisão da listagem de concelhos elegíveis e sublinhando que o concelho de Alvito cumpre os critérios adotados para a definição dos territórios especialmente afetados pelo fenómeno da seca.

«Assim, invocando o princípio de equidade, tomo a liberdade de solicitar a V. Ex.ª a reconsideração desta listagem com a integração do concelho de Alvito», pode ler-se no ofício enviado ao governante, no qual o Presidente da Câmara Municipal felicita, igualmente, Capoulas Santos pela iniciativa tomada e que visa contribuir para a sustentabilidade económica das explorações pecuárias.

Recebido por e-mail. 

image004.jpg

 

publicado por Zé LG às 09:51
21
Out 16

O Governo já anunciou que vai apoiar os produtores pecuários afetados pela seca no Baixo Alentejo. São três milhões de euros destinados ao financiamento de novos furos para a captação de água, equipamentos de bombagem e de transporte de água.

Esta foi uma das reivindicações que a Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (FAABA) levou em setembro a Capoulas Santos e que o Governo cumpre agora, indo ao encontro do proposto pelos agricultores. As declarações são do presidente da FAABA, Rui Garrido, que deixou ainda, a indicação de que se está a aguardar, igualmente, a resolução do PDR 2020.

O Ministério da Agricultura decidiu assim adotar, com caráter de urgência, um conjunto de medidas para apoiar os produtores pecuários das zonas mais afetadas, nomeadamente nos concelhos de Aljustrel, Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura e Serpa.

Até ao dia 10 de novembro, os produtores pecuários devem apresentar as declarações de prejuízo e submeter os pedidos de apoio, através de formulário, até ao dia 21. Cada beneficiário pode receber até ao montante máximo de 10 mil euros e o apoio é concedido sob a forma de subvenção não reembolsável, até ao limite de 80% .

A Direção Regional de Agricultura e Pescas do Alentejo tem um prazo, até 15 de dezembro, para fazer a verificação dos prejuízos declarados e o investimento terá de ser concretizado até 31 de dezembro de 2016.

publicado por Zé LG às 14:21
11
Set 16

Apesar de terem passado 15 anos sobre os ataques terroristas aos EUA ocorridos a 11 de setembro de 2001, pelas características únicas com que se desenrolaram - com múltiplas frentes de ataque, em diferentes zonas no país, com desfechos também eles distintos -, continuam a ser deesenvolvidas várias teorias da conspiraçãoexplicar o sucedido. 

WorldTrade1.jpg

 Foto copiada DAQUI.

publicado por Zé LG às 22:57
31
Ago 16

transferir.jpg

… da Destituição, de Dilma e (esperemos que não) da Destruição da Democracia.

Pelo menos, numa coisa Dilma Rousseff tem razão: Foi o culminar de um golpe de estado palaciano (parlamentar) o que hoje teve lugar no Brasil. Por mais democrático que tenha sido o desenrolar do processo, não há dúvidas que o novo governo representa os que foram por ela derrotados em eleições e os que a traíram.

publicado por Zé LG às 22:45
Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
29
30
31
Passaram por cá
"Contador de visitas">Contador de visitas
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
A misoginia assinalada num site atento e destinado...
Yeeeeees, boa notícia. O Paulo Barbosa, médico Int...
E a dondoca da associação dos empresários onde and...
Nota: Estes considerandos finais não visam ninguém...
Moura está no papo do PS.
Subida ou descida, tanto faz. Embora no caso, seja...
Não me digas que são "algumas mulheres" que influe...
Agora é altura de se falar tudo e é natural que as...
Até o Capoulas disse em público que o Pedro do Car...
As consequências estão à vista todos os dias e em ...
O mesmo acontece com a subida .Cada um sobe as esc...
A estratégia eleitoral definida em 2015 pela Feder...
Cada um (ou uma) desce as escadas como bem entende...
Não se percebe de forma alguma a sua atitude. Quem...
A questão não é se a população de Beja sabe o que ...
blogs SAPO