Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
12
Ago 17

A propósito das Festas em Honra de Santa Maria, retomo uma proposta apresentada em de 13 de Agosto de 2013, “POR BEJA COM TODOS” :

"Este evento poder-se-á chamar (NOVA) FEIRA DE AGOSTO, realizar por altura de 15 de Agosto, no Parque de Feiras e Exposições de Beja e assumir o formato de Feira/Exposição, Festa/Festival, Encontro/Convívio, Informação/Formação e integrar Exposição de Projectos, Produtos e Serviços; Encontros de Emigrantes/Ausentes de Beja e de Imigrantes; Gala/Prémio para os mais destacados; Tasquinhas; Espectáculos; Divertimentos, Colóquios, Seminários e outras reuniões de informação." Ler AQUI todo o texto da proposta.

1959 Feira anual Beja_2blog.jpg

 

publicado por Zé LG às 14:46
É a oposição pura e dura. Tal como assim deve ser no período que vivemos pré-eleitoral.
Muito bem.

Podia era ao mesmo tempo e além das criticas, haver também algumas ideias que marcassem a diferença.
Mas não.
É apenas a oposição pura e dura.
Anónimo a 13 de Agosto de 2017 às 08:12
Parece que não leu o que está no post principal...mal por mal a proposta do "Por Beja com Todos" era integradora e não um somatório esfarrapado de eventos desgarrados de um conteúdo concreto como está a ser ....
corocota a 13 de Agosto de 2017 às 10:42
Uma ideia digna desse nome, com substrato e consistência, da oposição ou de quem a apoia para Beja.
Uma só.
Diga agora aqui já, e eu de certeza que mudo de opinião em relação à dita cuja e a alguns comparsas aqui do blog.
Anónimo a 13 de Agosto de 2017 às 17:05
Esta é uma delas...se vive em Beja está a pagar mais 30 ou 40 Euros por ano á CMB para os festivais...agora se tem palavra mude a sua atitude...

Impostos Municipais de Beja 2017 – Sentido de Voto do PS

Na sequência da votação anterior dos vereadores do PS em reunião de Câmara, o Grupo do PS na Assembleia Municipal de Beja também se absteve na Votação da proposta de taxa de IMI submetida à reunião de dia 21 de novembro e que fixa, sob proposta da Câmara Municipal, uma Taxa de 0,36% para os imóveis urbanos da área do Concelho de Beja.

O PS entende que a Taxa estabelecida é ainda demasiado elevada e que tal facto deriva do facto de nunca a CDU ter reduzido a mesma ao longo deste mandato autárquico. O PS relembra que a receita de IMI na área do Concelho era de cerca de € 2.300.000,00 em 2012 e que foi superior a € 3.500.000,00 em 2015.

O PS entende por isso que a redução de IMI iniciada no mandato anterior deveria ter tido continuidade de forma progressiva, aliviando a taxa deste imposto municipal sobre os proprietários de imóveis em Beja, algo que não aconteceu.

A nossa proposta fixava a Taxa de IMI para 2017 em 0,34% acrescentando ainda uma majoração de redução à Taxa-Base em função dos agregados familiares terem 1, 2 ou 3 e mais filhos.

Beja deverá ter este ano a maior receita de sempre de impostos municipais e que rondará, ou poderá mesmo superar, os € 7.000.000,00, ultrapassando largamente o anterior valor máximo de receitas de impostos municipais que era do ano de2014 com cerca de € 6.200.000,00 de receita liquida. O PS lamenta que neste quadro se desagrave tão pouco o IMI.
O PS recorda ainda que por erro exclusivo da Câmara de Beja os coeficientes de localização de imóveis em várias zonas da cidade de Beja estão errados desde o início de 2016, penalizando bastante quem tenha inscrito ou reavaliado imóveis durante o corrente ano e que a Taxa média deste imposto a pagamento em 2016, referente a imposto de 2015, no distrito de Beja é de 0,335%, excluindo o fator da dimensão familiar aplicado por alguns municípios. Beja tem globalmente os
imóveis mais caros do distrito e simultaneamente uma das Taxas de imposto igualmente mais elevadas.

O Grupo do PS na Assembleia Municipal absteve-se unicamente porque, e como provámos, ainda que sendo manifestamente insuficiente, se trata de uma redução de Taxa face à atualmente vigente e nesse sentido o voto.
O PS votou favoravelmente a Taxa de participação no IRS e as taxas de Derrama fixadas para Beja porque nos parecem as
mais adequadas.

corocota a 13 de Agosto de 2017 às 19:42
como tenho dito noutros blogs agora vou de férias...sei que muitos não sentirão a minha falta...também não sei se regresso porque tenho uma oferta de trabalho noutra zona do País...mas aguardemos...
corocota a 13 de Agosto de 2017 às 19:45
Eu tenho oferta de trabalho do outro lado do Atlântico...
Anónimo a 13 de Agosto de 2017 às 22:45
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Temos grandes expectativas.
Será que os socialistas em Beja sabem o que fazer ...
Não embirrem com o Bispo. Não estamos na Primeira ...
A figura do Bispo não está prevista na Lei das Pre...
Qual protocolo?
Assim manda o protocolo. Quem pode explicar isso b...
Boa Dra.AMP!Entao não é que o diabo está mesmo nos...
Para falar verdade não só não acho como acho lamen...
Fica bem,não acha?A foto fica abençoada e a tomada...
Uma pergunta que não posso deixar de fazer, porque...
Começam-se a arrumar nos lugares e começam a cair ...
E há que ter cuidado com os credores!
Cuidem-se, que ele ainda está credor.
Não sejam más-línguas! Qualquer dia a ULSBA ultrap...
Ia-se lamentando um velhote que passando o dia e n...
blogs SAPO