Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
12
Fev 18

Raúl Hestnes Ferreira morreu este domingo em Lisboa, aos 86 anos, confirmou o atelier do arquitecto.

Nascido em 1931, foi autor dos projectos para o complexo do ISCTE, em Lisboa, ou da Casa da Cultura e da Juventude de Beja, onde, entre outros, tem também projectos de habitação social. Em Évora projectou a remodelação e valorização do Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo.

Foi distinguido com o Prémio Nacional de Arquitectura e Urbanismo em 1982, com o Prémio Eugénio dos Santos e o Prémio Nacional de Arquitectura em 1993 e com o Prémio Valmor em 2002. 

 

Conheci e convivi com Raul Hestnes Ferreira, quando exerci as funções de vereador da CMB. Era um Homem extraordinário, pela formação e cultura, pelo comprometimento com causas sociais e muito humano. 

Beja ficou indelevelmente marcada pelas suas obras. A Câmara Municipal de Beja bem podia perpectuar a sua memória atribuindo a uma artéria da Cidade o seu nome.

publicado por Zé LG às 18:30
Não é muito consciente a influência que as obras dos arquitetos geram na mentalidade. Seria importante tomar consciência disso, pois a forma gera conteúdo, de fora para dentro. Do material para o espiritual.
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2018 às 11:16
Nem mais. Para o espiritual, para o funcional e, enfim, para o bem estar físico, psíquico e social - para a Saúde, portanto, tal como a OMS a define.

Uma área a explorar muito em breve por estas terras, fica a garantia ;-)

Sim, para a Saúde Mental. Para a estruturação da personalidade harmoniosa faz falta fruir o Belo.
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2018 às 12:07
Para a Saúde toda, não só para a saúde mental. Fruir o belo e não só, fruir a estética, a funcionalidade, a qualidade e tudo o resto que uma vivência do espaço fornece através da arquitetura.
Arquitetura como recriação da Natureza?
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2018 às 14:16
Quer explicitar a que se refere exatamente?
A segunda natureza do homem, criada pelos seus arquétipos: a casa.
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2018 às 15:45
Isso. Não só a nossa casa como "as casas" que partilhamos com os outros porque são estruturas da pólis (aqui em sentido urbano e rural).
Sim. Os portais telúricos, através dos quais nos transportamos para a dimensão cósmica.
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2018 às 17:37
Creeeeeeedo.
Ana Matos Pires a 13 de Fevereiro de 2018 às 17:41
Kkkkkkk
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2018 às 18:14
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
22
23
24
25
26
27
28
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
A demagogia é tanta que até altos responsáveis do ...
Quanta pressa!
Não podia estar mais de acordo, 4 meses é muito po...
Sinceramente julgo que 4 meses não será ainda temp...
Por opções pessoais, claro.
Os melhores internos formados no Hospital de Beja ...
É de reler.
Que lhe assenta bem, na figura esquálida.
Nope, Área Metropolitana do Porto.
ena, ena, mudei de petit nom
Ah ah ah! Associação dos Municípios Portugueses.
"A AMP ficou encarregada de estudar dossiês como a...
ao menos isso, você poe uma foto da barragem e dep...
Requalificacao? Mas que requalificacao? A verdadei...
Por quem sois, mande sempre.
blogs SAPO