Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
05
Mar 16

1. As conhecidas limitações orçamentais resultantes, entre outras causas, de passivos de elevada grandeza (o défice das contas do Ministério da Saúde no ano transacto é de 259 milhões de euros) impõem uma gestão rigorosa das unidades do Serviço Nacional de Saúde.
2. Nesse contexto nacional, a principal responsabilidade das equipas dirigentes de Hospitais e Centros de Saúde será a de manter as garantias de acessibilidade e qualidade na prestação de cuidados de saúde, a partir de recursos financeiros “apertados”.
3. Cumulativamente, a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, sendo uma importante empresa do setor dos serviços (a entidade que mais pessoas emprega no nosso distrito), vê-se confrontada com o questionamento dos contornos do seu futuro a curto/médio prazo. Na presente conjuntura, pode colocar-se a questão de saber como manter esta empresa pública numa região em regressão económica, social e demográfica.
4. Superar esta dupla conjugação de difíceis contextos, impõe claramente às forças políticas comprometidas na presente solução governativa um irrecusável sentido de Estado. A defesa do interesse das populações do Baixo Alentejo, a nosso ver implica uma atitude verdadeiramente patriótica e responsável.
5. Neste âmbito da actividade do Estado Social, não basta assumir o dever de fiscalizar a gestão e os resultados. Os eleitores que apoiam essas forças políticas têm a legítima expectativa de ver defendidos os seus interesses não apenas com discursos e posições partidárias de recorte reivindicativo, mas também com a cooperação e participação, seja na definição de opções estratégicas e no acompanhamento como também na operacionalização das soluções.
Munhoz Frade a 2 de Março de 2016 às 16:59, AQUI.

publicado por Zé LG às 20:06
Atenção a este texto ! Quanto a mim mudos melhores"bocados" que melhor caracterizam o actual momento da saúde no Distrito.
Outrem a 5 de Março de 2016 às 20:28
Bem pode Munhoz Frade apelar ao sentido de responsabilidade social, no entanto alguns comentadores nunca acompanham a sua seriedade e puxam sempre o nível para baixo.
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 08:54
Se o PS o tivesse posto a deputado, nesta altura os boys e girls do Hospital estariam descansadinhos...
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 09:20
Enfermeiros do hospital de beja sofrem se bulling por parte dos chefes de serviço.
Anónimo a 7 de Março de 2016 às 19:45
Assédio moral é um ilícito punível, previsto na legislação laboral. Façam queixa!
Anónimo a 7 de Março de 2016 às 19:53
As chefias de enfermagem do hospital de Beja estao inaptas para a gestão de recursos de enfermagem que hoje se exige.Estao desajustadas no tempo e no lugar,desactualizadas quanto ao "estado da arte" que se exige para imprimir novas dinâmicas de gestão no terreno funcional da classe.
Um novo paradigma na gestão da casa exigirá também intervenção a este nível.
JM a 7 de Março de 2016 às 20:35
Acrescente-se que as Direções dos Serviços Clínicos também tem de modificar o seu paradigma. A inoperância da maioria dos Diretores é um dos resultados da negligência das últimas Direções Clínicas que essa casa teve. Foi tolerado como normal que os médicos que chefiam os serviços cuidassem mais de controlar a sua quinta do que cooperar com uma dinamica de integração funcional entre as especialidades.
Anónimo a 7 de Março de 2016 às 21:50
Ena! É a primeira vez que leio aqui uma contundente crítica aos dirigentes médicos!
Anónimo a 7 de Março de 2016 às 22:43
ora vejam lá, agora apontaram as pistolas de agua para os enfermeiros, assim se vê com a gentinha com que lidamos!
ora vejam lá que os chefes agora não prestam, malvados, a fazer bulling (ainda bem que não é bowlling)!
Mas será que fazem mesmo essa coisa? Os cronistas tem, fazem, a mais pequena ideia do que é a vida de um enfermeiro chefe no contexto actual da ulsba? Garantidamente que não, mas que o povo fique sabendo que são eles, que, juntamente com os que sofrem bulling, que garantem que os vossos familiares e os familiares dos vossos amigos, e dos vossos conhecidos, são tratados com um minimo de dignidade!
A que chamam os cronistas bulling? Ao facto de os enfermeiros chefes tentarem fazer omeletes sem galinhas? ok, pode ser, mas lembrem-se se tentam fazer omeletes é para que os vossos familiares sejam tratados, ou cuidados, como eles dizem, em tempo util..., sim porque depois do funeral há sempre tempo para tudo!
Paspalho a 7 de Março de 2016 às 22:55
Bem, há quem se melindre, e se calhar com alguma razão. Mas não são apenas os gestores de topo que tem de ser mudados. Muita coisa tem de mudar, para que a ULSBA valha a pena.
Anónimo a 7 de Março de 2016 às 23:00
Ponham lá mais do mesmo,que ficam todos bem ,os chefes os patrões,o bulling...os directores médicos,os que trabalham para aguentar a coisa e os que querem é descanso e pouco se incomodam com a coisa.
Anónimo a 7 de Março de 2016 às 23:29
Há quem possa dar-se ao luxo de deitar tudo fora?
Anónimo a 7 de Março de 2016 às 23:31
Mas qual tudo?a desgraca que aqui temos.Um Conde que anda a estudar em Lisboa com motorista.Uma PCA que chega ao almoço.Uma Directora Clinica prepotente e um Director Clínico que ainda não percebeu para o que foi nomeado .Um enfermeiro director para por cunhas de Moura,bajular o Conde e fazer estudos em Lisboa.
Todos juntos são um exemplo,mas não se sabe do quê.
Anónimo a 8 de Março de 2016 às 08:27
Esses tem de levar uma limpeza. Os muitos profissionais dedicados e competentes que a ULSBA felizmente tem não merecem ser comandados por uma trupe tão pífia. Os utentes também tem a consciência de que o seu direito à qualidade na saúde precisa que a ULSBA seja gerida por quem sabe.
Anónimo a 8 de Março de 2016 às 08:42
Essas pessoas sabedoras estão há muito na ULSBA e tem um projeto de futuro para a empresa. Falta serem nomeadas, para começarem a trabalhar. Já muito tempo se perdeu.
Anónimo a 8 de Março de 2016 às 09:20
Essas são de confiança, pois nada tem a ver com práticas espúrias de outros tempos.
Anónimo a 8 de Março de 2016 às 09:34
Esses profissionais competentes não interessam aos medíocres.E por essas e por outras que a ULSBA não passará da cepa torta e não tarda afunda - se de vez.
Anónimo a 8 de Março de 2016 às 21:32
Esses profissionais não interessam sobretudo aos gananciosos.
Anónimo a 8 de Março de 2016 às 21:57
Oh Primo mas quem serão esses iluminados que estão à espera do tacho ?
Paspalho a 8 de Março de 2016 às 23:10
e se se soubesse o resto..., aí sim até os ausentes se reviravam na cova!
Primo do Paspalho a 8 de Março de 2016 às 23:09
Pina Manique
Anónimo a 8 de Março de 2016 às 23:33
O termo é mobbing.
Anónimo a 8 de Março de 2016 às 10:50
Queixam se que os gajos são umas bestas... depois as pessoas vao estudar à pala do estado e acusam nos de delapidar o erário publico! E coitados agora parece que ja não conseguem comer na assembleia da república...Em que ficamos?
foriu a 9 de Março de 2016 às 21:47
E quem são essas pessoas?
Não vale a parelha M&M!
formi a 9 de Março de 2016 às 21:52
Manique & Monteverde?
Anónimo a 9 de Março de 2016 às 22:36
Margalha & Milho?
Anónimo a 9 de Março de 2016 às 22:38
Munhoz & Mariana
Anónimo a 9 de Março de 2016 às 23:02
porra !
Anónimo a 9 de Março de 2016 às 23:04
Duplo M
Anónimo a 9 de Março de 2016 às 23:10
Mestre & Margarida
Anónimo a 9 de Março de 2016 às 23:10
Manuel & Maria.
Anónimo a 9 de Março de 2016 às 23:11
Mestre e Margarida seria cereje no topo do bolo para a actual PCA, contanto que se tem de debatido por essa qualidade de gestão e Corr...
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 08:22
Maria e Manuel
Anónimo a 9 de Março de 2016 às 23:14
Qual quê! Só daqui a dois meses.Mas mais provável ê Miguel , Maria,Monteverde e Margalha.
Anónimo a 9 de Março de 2016 às 23:46
pfff
Anónimo a 9 de Março de 2016 às 23:49
Miguel o supra sumo do PS.
Maria a vanguarda da gestão.
Monteverde a excelência na gestão de conflitos médicos.
Margalha a excelência na ausência de conflitos.
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 08:27
Pelos vistos há muitas hipóteses. Aceito apostas.
forâs a 9 de Março de 2016 às 23:15
papam estes até ao fim do mandato e caladinhos! Trouxas
Anónimo a 9 de Março de 2016 às 23:18
Se o PSD tivesse ganhos as eleições já estavam com o rabinho ao sol há muito.
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 08:29
Aposto que se houver algum bom senso politico, depressa se chega à conclusão que o PS embora tenha um ou outro elemento a nivel individual com qualidade, não tem pessoas no Hospital a nivel suficiente com capacidades para constituir uma equipa que substitua o atual CA. E não pode ou não deve ir buscá-los todos a outro lado.
Isto por mais criticas e defeitos que se possa atribuir a este último.
De modo que se houver a sua substituição, será só para safisfazer o clientismo dos seus boys.
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 09:24
Ora aqui está uma objeção séria, feita por este anónimo das 9 e 24. No entanto, estou convicto de que existem condições para que o que refere não seja um problema.
Munhoz Frade a 10 de Março de 2016 às 09:39
O Dr. Frade está a ser muito elegante com este anónimo pois o que ele explicitamente diz é que a equipa em funções tem nível! Disparate!
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 09:54
Mais irónico do que elegante.
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 09:58
A ansia de tachos é tanta, que até não se consegue ler bem o que aqui se escreve.

"Isto por mais criticas e defeitos que se possa atribuir a este último."

Leia bem, seu brutinho.
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 15:17
Se o problema é constituir uma equipe baseada nas capacidades dos seus elementos, então os critérios de escolha terão de ser de ordem técnico-científica, e não de filiação partidária. Se alguns não aceitam a razão desta lógica, é porque sabem que não tem qualificação suficiente.
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 11:22
Por isso é que um ministro sério tem de contrariar o apetite pelos cargos de nomeação.
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 12:19
Quer este anónimo dizer que o PSD arranjou aqui um CA com elelmentos de qualidade, não boys do PSD, que o PS não tem condições para substituir , mesmo que tenha um ou dois elementos com qualidade? É tão ridicula esta afirmação que até dá vontade de rir,para não chorar... então a qualidade destes elementos é insubstituível ? querem ver que o Conde , não tem gestor na ULSBA que o substitua? A PCA, a Emilia Duro e o Enfermeiro não têm outros de tão elevada qualidade?
Olhem que este nível é facilmente substituível por idêntico...
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 16:31
A ideia seria não trocar boys por boys, ou não é essa a ideia?
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 19:19
Exatamente! Mudar de paradigma. Acabar com caciquismos partidários e optarmos pela hierarquia da competência.
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 19:28
AH, para isso só o boy Manuel Soares que tem que ir buscar o loby da Directora Clínica.
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 21:46
Isso seria uma tracção às 4 M
Troglodita a 10 de Março de 2016 às 06:56
Essa é mesmo para rir, miguel a excelencia do markting das wine nights, tem pratica em criar dividas, Maria, a ex matrona dos AOs, não se sabe muito bem o que saberá fazer , o monteverde, o perito em aldrabar o sistema, espetar facas nas costas, e em trabalhar na hemodialise no tempo de trabalho do hospital...
formi a 10 de Março de 2016 às 20:36
Esta é uma coisa boa do anonimato: as pessoas são mais sinceras.
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 22:24
Acabemos com os comissários políticos incompetentes na matéria do tacho,oportunistas das quintinhas do hospital e dos centros de saúde.A ULSBA precisa de sobreviver no contexto difícil que enfrenta.
JC a 13 de Março de 2016 às 11:30
Este anonimo tem razão
Outro anonimo a 13 de Março de 2016 às 10:04
Comissários políticos de um lado e de outro ao longo de décadas levaram-no à situação de 27º em 29, no ranking dos hospitais.
Ou seja, tirando pequenos hospitais como é o caso de Santiago do Cacém e de Elvas, depressa se conclui que Beja está em último ao nível dos das capitais de distrito.
Será que se quer manter a mesma estratégia que conduziu ao estado em que se encontra?
O Baixo-Alentejo Existe.
Anónimo a 13 de Março de 2016 às 13:05
De facto, uma nova estratégia é necessária. Por isso defendo um projecto de futuro, visando sustentabilidade económica e qualidade de prestação de cuidados. Mas isto não é uma campanha eleitoral, em que se fazem promessas. A análise das propostas e decisão dos compromissos cabe ao Ministro.
Munhoz Frade a 13 de Março de 2016 às 13:52
Nós queremos que ele exista e com a marca forte na saúde/SNS, mas não basta querer.É preciso que o querer seja saber e poder. Saber fazer, saber partilhar,poder influenciar,poder mudar e inverter a tal situação há muito estabelecida.
Rita a 13 de Março de 2016 às 14:50
A tristeza do que por aqui se escreve é reveladora de algo muito claro e muito preocupante também. A forma como se ofendem pessoas, de uma ponta à outra, sem olhar à ausência total de respeito é assustadora. Fico desiludida e triste. O nosso maior passatempo nestes sítios é dizer mal. Não interessa como nem de quem, desde que se diga mal. Desde que se invente. Desde que se calunie. Talvez percebam um dia as pessoas que praticam esta arte que esse não é um bom caminho e está longe de ser o indicado.
Ana Maria a 10 de Março de 2016 às 22:16
Ana Maria: quando a conversa não é conveniente para alguém ou para alguns, logo há quem se preste a estragá-la.
Virgulino a 10 de Março de 2016 às 23:08
Gestao rigorosa onde? Na ulsba? Ainda nao me apercebi....
Fecham camas que depois ocupam com amigos do partido.,,faltam enfermeiros, faltam assistentes operacionais....os urologistas trabalham das 9 as 17 h...os cardiologistas idem idem aspas aspas..
Os cargos sao atribuidos pelas amizades e nao pelas competencias...
E ainda me falam de gestao rigorosa no sns..
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 23:10
Deve ser a gestão rigorosa da Milinha e seus adjuntos.apadrinhada pela PCA Guiduxa que nem sabe fazer bem contas de somar.
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 23:52
Mas é fotobgenica ,sabe fazer programas na Radio Voz da Planicie e liderar o Conde.
Fotolinda a 12 de Março de 2016 às 08:05
É uma gestão que vai deixar o hospital num brilho.Quando a competência não abunda, recorrem de meios salazarentos, para adesivar os colaboradores.
Anónimo a 16 de Março de 2016 às 20:56
SÃO UNS FASCISTÓIDES!
Anónimo a 17 de Março de 2016 às 08:40
Presidente de Câmara é VIP...
Anónimo a 11 de Março de 2016 às 00:33
Para quê tanta discussão?
Beja e Évora bateram no fundo!
São centros de referência em ... NADA!!!https://dre.pt/application/file/73847777
Anónimo a 11 de Março de 2016 às 10:40
Temos de saber trabalhar para vir a ter pelo menos um centro de referência nacional no Alentejo. É uma utopia? Se desistirmos sem sequer tentar, nunca conseguiremos tê-lo. Seria um fator importante para fixação de recursos qualificados no interior sul. Os alentejanos (naturais e residentes…) merecem, mas têm de lutar contra a corrente…
MF a 11 de Março de 2016 às 10:45
então e não temos já um centro de excelência no Alentejo meu caro/a?
Mas você quer melhor que a ULSBA?
Ursolindo a 11 de Março de 2016 às 20:15
Não confundamos. Do que se fala são referências nacionais para especialidades médicas.
MF a 11 de Março de 2016 às 20:38
Daaaa!
Anónimo a 11 de Março de 2016 às 22:32
O Hospital de Beja vai ser reduzido a Hospital Ortopédico do Baixo Alentejo.
Anónimo a 11 de Março de 2016 às 23:24
E o de Serpa vai ser Instituto Oftalmológico.
Anónimo a 11 de Março de 2016 às 23:29
Instituto Oftalmológico Privado do Dr. Paulo -Cataratas e outros a Caminho da Clínica.
O que fazem os oftalmologistas de Beja? Acabaram se os SIGIC e a privada nos consultórios de Beja e arredores? Os velhotes estão todos cegos, os activos já não querem ver e os jovens também precisam de óculos.Em Beja só há dinheiro para os olhos!
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 08:13
Não é esse o projeto que eu defendo.
Munhoz Frade a 11 de Março de 2016 às 23:37
Já agora porque não conhecer os projectos dos potenciais candidatos a PCA, já que ainda não conhecemos o projecto da actual. Vá lá o primeiro que se manifeste! Dr. Miguel Góis...Dr. Monteverde... Dr. Manuel Soares... E sua adjunta...Dra. Margalha...Dr. Luís Palma...Dra. Emília Duro e adjuntos...o que defendem para continuarmos a existir?
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 15:21
Sim, já agora também gostaria de conhecer as linhas programáticas a que eventualmente se propõem. As minhas tenho-as exposto, aqui e noutros locais, há muito tempo.
Munhoz Frade a 12 de Março de 2016 às 18:25
Vai ter um importante papel de.apoio ao Algarve.
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 08:31
O Ministro foi ao Algarve e disse que vai levar para lá ortopedistas do Alentejo! E os nossos deputados não dizem nada?
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 13:56
Ainda disse mais
Que levava a fina flor dos cirurgiões para formarem a nata jovem algarvia.
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 15:02
Então e o Munhoz Frade nada diz a isso?
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 15:04
Sendo certo que o Algarve tem aumentos sazonais de procura, certo também é que as nossas carências duram todo o ano.
Munhoz Frade a 12 de Março de 2016 às 15:14
Oh, Dr, Frade, mas quais carências? Só de dinheiro,mas isso é um mal generalizado .
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 15:55
Referia-me a carência de especialistas, claro.
Munhoz Frade a 12 de Março de 2016 às 18:14
Mas esses deputados existem! É que ainda não se sentiu nada, a não ser umas festas da agricultura e derivados lá para Ourique.
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 15:52
Lá no CA é que está tudo Daaa para o que estão nomeados e Xicos-espertos para o estudo especializado em gestão de saúde.
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 08:32
Já se conhecem as actas do Conselho de Administração? Já são públicas ou só fazem extratos à medida das necessidades e a pedido?
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 08:35
Isto de exercer a cidadania tem os seus riscos. Expressar a opinião por vezes tem consequências negativas para quem o faz. Já alguém disse que para arranjar inimigos basta dizer o que se pensa. E se esses estão em situação de poder fazer mossa sobre um opinante, fazem-no à vontade quando não vêem que tem apoio.
MF a 11 de Março de 2016 às 17:05
Pois é . Parece que essa mossa já está a acontecer na ULSBA, não é preciso lembrar do tempo do MM.
JM a 11 de Março de 2016 às 17:29
Graças a alguns desertores?
Anónimo a 11 de Março de 2016 às 17:44
Mas quem são os desertores? Foram também para o Algarve?
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 15:07
Se calhar deixaram-se convencer por alguma promessa.
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 15:11
Quantos mais desertarem melhor ficamos . Certo seja que este CA deserte , lá para Abril foi o que ouvi dizer. Que venham outros que façam um pouquinho melhor , já é razoável esperar.








Troglodita a 12 de Março de 2016 às 16:07
Não me sejas tão modesto.
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 18:29
O CA da ULSBA começa a cair já não sabem para onde se voltar!
Haja paciência...
olhovivo444 a 16 de Março de 2016 às 21:27
Não me digam que a Dra. Do Berloque também há desertou ou perdeu o piu.Ja deve ter recebido a carripana das que andam por aí a distribuir.
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 17:44
Mas afinal deram ou não derem uma carroça nova à Dra. AMP para as andanças da Psiquiatria?
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 19:03
Ora já cá faltava a sabotagem do debate com parvoíces!
MF a 12 de Março de 2016 às 19:23
Frade, não te aborreças com a sabotagem porque é próprio do debate dos fracos. Va lá o que prevês para as carências senão abalamos todos para o Algarve.
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 20:34
Agora mais a sério , sabem o que aconteceu à Dra. do Berloque que ficou muda? Não me digam que ja se sente também amordaçada, parece que já há para aí alguns que sentem no pelo essa táctica.
Anónimo a 12 de Março de 2016 às 20:42
Ninguém me "amordaça" nem ninguém me obriga a falar, discuto os assuntos que me interessam quando entendo e me apetece, com quem entendo e me apetece.
A Psiquiatria não tem "andanças", tenta fazer o que pode para melhorar a prestação de serviço a quem dele precisa, e a mim ninguém deu, nem dará, nenhuma "carroça". Para que fique esclarecido(a), não, a psiquiatria não tem nenhum carro próprio.
E pronto, converseta da treta.
Guerra psicológica...
Anónimo a 11 de Março de 2016 às 18:45
Março 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
"Contador de visitas">Contador de visitas
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Não tenho certezas nenhumas.A única que tenho é qu...
Como é que Vocês têm acesso a informação confidenc...
Se ele fizer na ULSBA o mesmo que tem feito na CIM...
Dinheiro bem gasto? Tem a certeza disso? Não havia...
Há sempre quem rapidamente se disponha a ir ao bei...
São estreantes que passam na cresap pelo reconheci...
Tanto dinheiro bem gasto e gerador de valor para a...
Não,não vai arder pode crer.Estao todos sem forças...
O Rocha vai preparar o comando da saúde.Viva a des...
Não se percebe a confusão do seu ponto de vista!.....
Não acredito!...Ou as ideias dentro do PCP estarão...
Neste dia é que o PCP vai anunciar Pos de mina com...
Parece que o circo vai continuar a arder e o Alvit...
"DOIS REGRESSOS E DUAS ESTRELAS".Os regressos sao...
Mas isso é normal na ULSBA.Desde há muito que os P...
blogs SAPO