Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
03
Ago 16

582px_ebca1469092228347488f8.png

Tenho-me fartado de dar voltas à cabeça para ver que motivações podem ter levado a colocar a imagem do que poderá ter sido o Templo romano no cartaz do Cortejo Histórico das Festas de Santa Maria e não consigo alcançar. 

A única explicação que consigo vislumbrar é a tentativa de afirmar que o Templo era imponente, o que mostra a importância que Beja teve na época. Mas, se foi esta, parece-me que poderá ter alguns efeitos perversos. Desde logo porque a comparação entre a importância relativa da Pax Julia com a Beja actual não será a mais favorável. Depois, porque a comparação da projecção da imagem do que que o Templo terá sido com o que vai ser possível ver no sítio também não será a mais simpática... 

Mas certamente que quem mandou fazer o cartaz e quem o concebeu terá uma visão diferente da que aqui alvitrei, que gostaria de saber qual é. 

publicado por Zé LG às 08:46
O que tu vês no cartaz é a falta de proporção entre as figuras humanas, o templo e as letras, daí a coisa perspéctica não funcionar bem. Mesmo sem linhas de fuga que só o templo as tem e mal, seria possível fazer melhor. A vista "superior" valoriza demasiado as figuras e diminue a dimensão do templo com as legendas a desvalorizar o resto. Mas, é óbvio, que não percebo nada disto. Esperemos pela grandeza do desfile. - Abraço, LB
leonel borrela a 3 de Agosto de 2016 às 09:03
Beja transformada num circo permanente. Será que é isto que é a isto que vamos ficar reduzidos? Um esquema que mete dinheiro nuns bolsos para controlar outros, enquanto o povo é usado para esta troca de favores permitindo a continuidade do poderzinho instalado? O PS e o PSD tem a OBRIGAÇÃO de nos salvar disto. Espera-se bom senso e BONS candidatos para que isso aconteça.
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 15:14
Onde os vão buscar , esses candidatos? o PSD tem lá um Pinela , um Conde e seus ajudantes para todos os PSD irem votar no candidato CDU.
O PS irá procurar um candidato que dificilmente poderá fazer frente a um politico CDU do terreno e com as mãos na massa.
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 15:27
Vão ficar admirados. O único seguro é o João Rocha, do PS não tardará (foi difícil) mas a grande diferença para a mudança virá do PSD.
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 16:04
Virá do PSD? acha? com o que aí temos?
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 16:24
Estão admirados? O que é que se espera de um presidente pimba à moda do Minho? Festas pimba, cortejo pimba e cartaz pimba. Beja está entregue à pimbalhada.
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 15:25
E também em outras autarquias a pimbalhada é o reinante, então para que serve o poder autarquico senão para a sua pimbalhada.
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 15:28
O poder autárquico serve para servir as pessoas e defender os seus interesses. Deve proporcionar condições para o desenvolvimento económico e para o bem estar dos seus cidadãos. Nesse bem estar, que muitos chamam de qualidade de vida está a cultura, pilar central das sociedades modernas. Ter 2 ou 3 corsos carnavalesco por ano não é cultura. Até ma mealhada só a um por ano.
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 16:01
Pimbalhada é o que há mais nas autarquias do Baixo Alentejo, e só o João Rocha é que leva por tabela.
Facciosos estes xuxas cá do burgo.
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 16:38
Por isso queremos um Alentejano, pelo menos temos pomba da terra.
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 16:02
Deveríamos querer um alentejano e do Baixo alentejo a liderar todas as estruturas e organizações do Distrito. Não precisamos de "piolhos apegadiços". Os nossos também têm capacidade e temos gente competente em várias áreas do saber e do conhecimento.Demos valor ao que é nosso e sabe defender as nossas causas.
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 16:23
João Rocha é um mal grande para a cidade e para o concelho, mas não deverá ser facilmente substituído por falta de comparência da "oposição". O que me espanta é PS, PSD e o Beja por todos estarem calados caladinhos quanto às alegadas tropelias à transparência que são aparentemente cometidas com frequência de acordo com o que se lê por aqui vezes sem fim: adjudicações - como, por quanto e a quem; proejetos? orçamentos? prazos? custos totais (REAIS) das iniciativas... enfim que se perguntasse ao menos e se não tivessem resposta que a pedissem a quem manda nas Câmaras.
Não sei se o PSD apresenta candidato mas não terá no panorama bejense grande "provimento"... o Beja por todos... não me parece com pernas nem engrenagem suficiente para andar e o Florival Baiôa não tem coragem para avançar como candidato e não sei se conseguiam convencer alguém mais jovem como o Miguel Gois (ainda que este seja do PS acho que era quem melhor encaixava no perfil).
Quanto ao PS, o melhor que fazia era apresentar o Rui Marreiros como DIRETOR DA EMAS, mostrando à população que tem alguém com alguma visão política mas não suficiente e que é um bom técnico da área que pelos vistos fez bom trabalho quando lá esteve e entregava a candidatura à Câmara a alguém como o Hugo Lança que trouxesse de volta massa crítica mas não destrutiva como se assistiu no tempo do Pulido.
Armando a 3 de Agosto de 2016 às 19:40
Ora aqui está mais uma valiosa proposta, Hugo Lança. Temos é dúvidas que esteja disponível para isso. Para o que der e vier não subestimem o Rui Marreiros, já que por muito que alguns não queiram tem sido a pessoa mas falada para diversas áreas, a emas foi só um exemplo de uma capacidade que vai para além disso. Se o PS não tivesse perdido hoje seria a figura central da câmara. Mas se não quiser arriscar mais então que seja pelo menos para a emas que aquilo está tudo muito avermelhado.
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 22:21
Miguel Gois, what?
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 22:24
Mykael Goes...
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 22:41
Esse, acaba com o resto do PS local.
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 22:49
Esse era mas é a sorte do PS. com mais uns quantos capazes, mas na ta praí firado de certeza. Assim venham de la essas hipoteses.
Anónimo a 4 de Agosto de 2016 às 00:32
Estas festas que o Rocha trouxe de Serpa para Beja são uma anedota. Já viram os espectáculos? É só xungaria. As festas de Quintos ou das Neves conseguem ter melhores artistas. E se falarmos das de Ourique é outra conversa. Para não ser tão mau lá meteram a Cátia Guerreiro paga pela CGD, mas ainda
vão dizer que não. Mais um grupo que vem de Viana do castelo e as iluminações. E o Rocha até convenceu a Igreja a fazer missas e procissões, como na senhora de Guadalupe. Haja paciência para este bimbo.
Anónimo a 3 de Agosto de 2016 às 22:19
O Rocha sabe mais dormindo, que vocês todos acordados. São muitos anos de tarimba.
Ao pé dele Rui Marreiros e os restantes colunáveis do PS aqui referidos como putativos pré-candidatos não passam de autenticos meninos de coro.
Se o PS quiser ao menos dar luta, tem de mudar e vez. E não é com esta poluição da conversa das festas que todos os seus autarcas fazem também, assim como fizeram em Beja quando foram poder, que lá vão.
Não é disparando tiros de pólvora seca, que se matam coelhos; perdão, Rochas.
É sim com propostas e promessas bem fundamentadas, que façam a diferença.
Parece que não aprenderam nada com a derrota de VPV.
Anónimo a 4 de Agosto de 2016 às 09:21
Lança, Gois, Ana Paula Figueira, Paulo Arsénio, Marreiros, Romba, o PS se quiser tem em Beja gente relativamente jovem, uns militantes outros não mas todos com muita capacidade. O que duvido é que grande parte deles se queira incomodar e submeter à aprovação dos donos disto tudo! Mas há mais: uns mais jovens e uns mais velhos. Convençam o Baiôa ou o Zé Barriga e equilibrem-nos com alguns desses que disse. Se calhar tinham um resultado surpreendente.
JoãoF a 4 de Agosto de 2016 às 11:11
Se esses todos se juntassem é que era bom com o Dr. Barriga para a Assembleia Municipal.
Anónimo a 4 de Agosto de 2016 às 16:12
O Dr. Barriga está-se a borrifar para a Assembleia Municipal.
Faz os seus comentários políticos na ocasião, e nada mais.
Tem lá a sua vida.
Arranjem lá outro que queira.
Anónimo a 4 de Agosto de 2016 às 16:33
NÃO PODEM É FAZER MISTURAS DE M...
Anónimo a 4 de Agosto de 2016 às 16:47
Oh, Paulo Arsénio ponha juízo nas cabeças doentes dessa gente!
Anónimo a 4 de Agosto de 2016 às 16:50
O calor e a água salgada continuam a fazer estragos. Já não bastou o flop do Paulo Arsenio para a câmara e agora acabam com tudo com o Zandinga barriga para a assembleia. Por amor da santinha
Anónimo a 4 de Agosto de 2016 às 18:52
É o Góis que eu ajudou o PL na gestão das nights bejenses contribuindo para os resultados alcançados.
Anónimo a 4 de Agosto de 2016 às 19:32
Quem quer que vá à luta tem que estar consciente do facto que ao aparelho e à máquina que o PCP sempre teve montados em Beja e que foram decisivos na derrota do JPV, JR em 3 anos, acrescentou praticamente todas as colectividades culturais, desportivas e muitas sociais, dominando ainda, por via financeira e de amedrontamento, "tudo o que mexe" no concelho. Nisto o JR é de uma eficácia comprovada em Serpa e a comprovar brevemente em Beja.
Neste quadro e acrescentando a santa aliança com o PSD local, derrotar o PCP( mesmo com outro que não o JR) em Beja nas próximas autárquicas será muito difícil, mesmo que o PS escolha bem o seu candidato...
Se o candidato tiver o perfil adequado, capacidade de trabalho e de liderança, bem como a preserveranca e a resiliência necessárias para fazer um trabalho político partidário estruturante e prolongado, certamente que terá condições para afastar o PCP, sobretudo se o estilo JR se mantiver.
Alentejo dos pequenitos a 4 de Agosto de 2016 às 22:40
boa análise
Anónimo a 4 de Agosto de 2016 às 22:43
Boa análise. De onde se concluiu exatamente o contrário.
Essas características todas do putativo candidato do PS não chegam para ganhar a eleição.
É necessário portanto abrir vias de comunicação com o PSD.
E não é insultando-os no único reduto que têm ainda, que é o CA do hospital, que se conseguem.
Anónimo a 4 de Agosto de 2016 às 23:20
Comentário pouco inteligente!
Anónimo a 4 de Agosto de 2016 às 23:28
esta é A PIADA DO ANO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Anónimo a 5 de Agosto de 2016 às 11:20
Mas o último reduto do PSD de Beja é o CA do hospital? Só pode ser mesmo a piada do ano! Então O PSD de Beja resume-se ao Conde? estão piores do que se pensava! e querem o PS associado aquela malta que está nesse caso à espera disso? E que bem o Conde tem tratado o Ps e aqueles que o aguentaram e trabalharam para e com ele!
Querem o retorno do centrão agora e para quê? Alguma candidatura para a Camara conjunta? Devem viver fora do rectângulo!
!
Anónimo a 5 de Agosto de 2016 às 11:40
O problema do PS sobretudo em Beja, é a mania das grandezas e a sensação errada e aqui mais uma vez manifestada, de que sozinho irá chegar a tudo o que os seus boys anseiam.

De facto o PS é o partido que quase sempre ganha no concelho as sucessivas eleições.

Mas nunca... nunca até agora conseguiu uma única maioria absoluta. Ou seja, sozinho não consegue suplantar os votos juntos de todos os outros. Ou até o seus com os do B.E..

Daí que vale aqui a pena, e razão tem o anónimo de cima, ao referir que uma vez que não se pode juntar ao seu rival direto PCP e fazer uma coligação para governar a autarquia.
E não havendo mais nenhuma alternativa para o efeito a não ser o PSD, já que os votos do CDS/PP são manifestamente insuficientes. Com quem mais é que se poderá aliar para conseguir vencer as próximas eleições autárquicas?

Ou já não se lembra da seca de quase 40 anos sempre a perdê-las, e qual foi o único motivo porque as ganhou apenas uma única vez?
Anónimo a 5 de Agosto de 2016 às 12:46
Sem dúvida alguma. Por isso mesmo é que não faz sentido certas pseudo escolhas de candidatos do PS. Será de evitar escolhas fortemente polarizadas pelo velho aparelho do PS na cidade em detrimento de outros com maior largura de banda para chegar ao voto útil que existe no seio do PSD com visão de futuro. Deve somar a este perfil uma implantação no voto útil daqueles que não acreditando já na política estão dispostos a arriscar o seu benefício da dúvida. Será uma luta dura, pesada, que deixará e provocará feridas e também por isso não pode ser para todos. Façam o que for preciso mas façam, caso contrário a longa noite do comunismo pairará sobre todos nós.
Anónimo a 5 de Agosto de 2016 às 12:58
Não verá nenhuma coligação PS e o actual PSD, nos próximos horizontes, até com pena minha.
O PCP que merecerá votos soltos do PSD e outros não PCP e mesmo PS continuará a ter poder autarquico. Ainda nada ficou provado com outra alternativa autarquica.
Anónimo a 5 de Agosto de 2016 às 14:18
Mas que treta essa da longa noite! Dramatismo fantasioso.
Anónimo a 5 de Agosto de 2016 às 14:24
Oh , PS entregue o poder a quem tem maior largura de banda! Vão ver a queda da malta. É assim que se aprende!
Anónimo a 5 de Agosto de 2016 às 14:40
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
20
21
22
23
24
25
26
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
A demagogia é tanta que até altos responsáveis do ...
Quanta pressa!
Não podia estar mais de acordo, 4 meses é muito po...
Sinceramente julgo que 4 meses não será ainda temp...
Por opções pessoais, claro.
Os melhores internos formados no Hospital de Beja ...
É de reler.
Que lhe assenta bem, na figura esquálida.
Nope, Área Metropolitana do Porto.
ena, ena, mudei de petit nom
Ah ah ah! Associação dos Municípios Portugueses.
"A AMP ficou encarregada de estudar dossiês como a...
ao menos isso, você poe uma foto da barragem e dep...
Requalificacao? Mas que requalificacao? A verdadei...
Por quem sois, mande sempre.
blogs SAPO