Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
13
Nov 17

Nilza-de-Sena.jpg

No entender da deputada do PSD Nilza de Sena, “o esforço de coesão territorial como desígnio nacional não se compadece com regiões que ficam mais isoladas ou que têm difíceis acessos”.

A deputada do PSD referiu que “o Distrito de Beja não tem auto-estrada, tem uma estrada muito degradada entre Santa Margarida do Sado e Beja e não há notícias sobre a conclusão do IP8”.

Nilza de Sena afirma que há “acessos inaceitáveis” e lamenta que o governo não tenha verbas em Orçamento para avançar com a electrificação da linha ferroviária.

 

 

Migel-Madeira.jpg

O PCP realça, numa alusão a posições do PS, que “alguns aparentes sinais de regozijo e deslumbramento na Região, bem como afirmações de que os problemas se resolvem sem alaridos e em sigilo, pretenderá fazer esquecer que a situação existente deriva de décadas de política de direita da responsabilidade de governos do PS, PSD e CDS”.

Miguel Madeira, membro da DORBE do PCP, exige “medidas que passam pelo restabelecimento da ligação directa Beja/Lisboa, pela electrificação do troço Beja/Casa Branca e pela ligação Beja/Funcheira como importante ligação ao Algarve”.

publicado por Zé LG às 00:05
Não faço comentários às declarações de Nilza de Sena porque seriam bem desagradáveis. É preciso um topete do caraças.
Ana Matos Pires a 13 de Novembro de 2017 às 01:14
É por estas e por outras que alguns políticos perderam toda a sua credibilidade. Parece que só agora é que esta senhora descobriu que há acessos inaceitáveis, é preciso ter a memória curta.
Melhor ter falado tarde do que nunca ter falado. Não percebo essa tomada de posição. Todos os que podem ser um acréscimo à nossa causa devem ser bem-vindos.
Eu a 13 de Novembro de 2017 às 17:00
A questão não é ter falado, tarde ou não, é ter dito o que disse depois das posições e decisões que o anterior governo, que apoiou, ter feito o que fez. O decorro nunca é demasiado, caramba.
Creeeedo tanto erro no comentário que aqui deixei ontem. Rescrevendo:

A questão não é ter falado, tarde ou não, é ter dito o que disse depois das posições e decisões tomadas sobre o assunto pelo anterior governo, que apoiou. O decoro nunca é demasiado, caramba.
Ana Matos Pires a 14 de Novembro de 2017 às 09:11
Que vergonha...
Queres é aparecer o nilza...
Quem é...de onde vêm..pra onde vai...a senhora qd cá vinha era directo pra pedreira de s.brissos...encontros clandestinos com o Simões do aeroporto...sabia lá a senhora que a estrada não era boa...depois viu o tal programa da tv e foi ao Google maps....realmente mais vale nunca...nunca mais cá por essa carinha laroca que o Sol do Alentejo não é pra todos...
Anónimo a 13 de Novembro de 2017 às 23:11
A referência à "carinha laroca" era desnecessária, se fosse um Nilzo seguramente não o teria feito. O diabo está nos detalhes, de facto.
Tal e qual!
João Espinho a 14 de Novembro de 2017 às 19:48
Você tb leva tudo a peito...e outros vão atrás...
Anónimo a 14 de Novembro de 2017 às 22:25
Não se chama "levar tudo a peito" mas reagir a questões em relação às quais ainda há tanto, tanto por fazer. Não são assuntos menores, antes pelo contrário.
Ana Matos Pires a 14 de Novembro de 2017 às 23:47
E a ser apenas irónico não serve...
De tudo fazem uma batalha..
Anónimo a 15 de Novembro de 2017 às 07:32
Peço desculpa pelo meu francês... ironia de merda.
Ana Matos Pires a 15 de Novembro de 2017 às 08:41
Carinha laroca
Adjetivo de 2 géneros: Que tem beleza,graciosidade
No caso de ser Nilzo continuaria a ser ...Nilzo carinha laroca...
Anónimo a 16 de Novembro de 2017 às 05:45
(não se enterre ihihih)
Ana Matos Pires a 16 de Novembro de 2017 às 06:49
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
25
26
27
28
29
30
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Mandou fazer o tubinho e comprou caixas de Rennie!...
A morte de uma cidade! Só não vê quem não quer!
Já tem um tubo e uma máquina de alcatrão não chega...
os tubinhos foi onde os outros gastaram o dinheiro...
Que boa noticia para os colaboradores da EMAS. Já ...
Já se começa a notar a mão do Eng.º Rui Marreiros....
Em Beja já aconteceu e ê só descer degraus.Nao vee...
Sempre tem a asfaltadeira do Rocha para ir tapando...
Meninos mimados e guerrilhas há em todo o lado, se...
O que se passa aqui e um reflexo de tudo o resto, ...
Tudo bem, mas por favor não misture com o que se p...
Parvoíce é o silêncio de que devia de andar indign...
Querer comparar o que se passa a nível autárquico,...
Pelo menos,já devia ter organizado uma festinha te...
... E assim é esta a forma cordial entre eles que ...
blogs SAPO