Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
30
Jan 17

QUE PASSA COM O EXECUTIVO CAMARÁRIO DE BEJA?

16299503_1362769543798511_151803665722334098_n.jpg

O Instituto de História Contemporânea ((IHC) da Universidade Nova de Lisboa, no âmbito do centenário da revolução russa de Outubro de 1917, em parceria com diversas entidades, entre as quais, a Fundação para a Ciência e Tecnologia e a Direcção Geral do Livro, dos Arquivos e Bibliotecas, lançou um programa de análise e discussão sobre o tema citado às Bibliotecas Públicas. A Biblioteca Municipal de Beja, á semelhança de muitas outras bibliotecas públicas do país, respondeu afirmativamente à proposta, agendando com o IHC as duas actividades constantes do programa, sendo a primeira já no próximo dia 3 de Fevereiro. No entanto, na passada sexta-feira, dia 27 de Janeiro, a Biblioteca comunica ao IHC que o agendado ficava sem efeito porque o executivo camarário não autorizava a iniciativa. Perante o estranho e o caricato da situação, na qualidade de utilizador da Biblioteca Municipal de Beja, pergunto: PORQUÊ? Entendo que a Câmara de Beja tem toda a legitimidade em não querer que a sua Biblioteca se associe a qualquer evento destinado a debater um dos acontecimentos centrais do século XX - a revolução de Outubro de 1917. Só gostava, no entanto de saber, o porquê.

Constantino Piçarra, AQUI.
publicado por Zé LG às 08:50
Isto deve gerar algum desconforto na Rua da Ancha...
Anónimo a 30 de Janeiro de 2017 às 15:37
Também gostaria de saber o(s) motivo(s). Poderá a Câmara fazer o favor de nos esclarecer?
martinhopm a 30 de Janeiro de 2017 às 18:17
Talvez venham coisas a lume que não interessa saber e que se passaram nesse tempo e a seguir, com o dedo dos novos revolucionários que foram tão déspotas como os Czares.
Anónima a 30 de Janeiro de 2017 às 20:06
A Biblioteca Municipal é um equipamento da câmara Municipal de Beja, como pode o próprio organismo desautorizar-se a ele mesmo? A Biblioteca não tem personalidade jurídica, nem funciona autonomamente, é gerida por uma chefe de divisão nomeada para o efeito pelo executivo municipal, neste quadro orgânico quem é que desautorizou quem?
A questão aqui colocada ao executivo da CMB? Apenas eles poderão dar essa resposta, e não será nas redes socias que a mesma deverá ser dada, concordamos?
O percurso normal de quem age de boa fé seria este e não a denuncia em redes sociais de factos não esclarecidos com quem de direito.
Anónimo a 31 de Janeiro de 2017 às 12:58
A informação e a opinião já não são espartilhadas eficazmente pelas estruturas. O mundo mudou...
Anónimo a 31 de Janeiro de 2017 às 13:39
Esta pergunta era desnecessária, então não sabem porquê? Porque a R Ancha deu ordens nesse sentido e, obviamente, que o JR não ia contrariar porque é uma questão política partidária estruturante. Asneiradas autárquicas ainda vá, agora por em causa a "verdade" da história do partido é que não é admissível.
A organização deveria fazer a mesma sessão noutro local que não fosse da CMB(que supostamente os espaços municipais são de todos nós, mas o PCP( e não o município) é que manda neles)
Beja a mercê a 31 de Janeiro de 2017 às 17:28
As redes sociais são, também, uma ferramenta de intervenção. Como as páginas dos jornais. Os microfones das rádios ou os estúdios das tv's. A intervenção política não tem que ficar confinada aos espaços "oficiais".
João Espinho a 31 de Janeiro de 2017 às 19:43
Anónimo das 12.58, vê-se que está bem informado. A Biblioteca Municipal não pode decidir as suas actividades sem a aprovação do vereador do pelouro. Se houve alguma desautorização foi a este e já não seria a primeira vez que o presidente faz isso com os vereadores. Já aconteceu isso quando foi a eleição do director do liceu e neste caso até o PCP foi desautorizado. Veremos qual é agora a desculpa para a anulação desta iniciativa.
Anónimo a 31 de Janeiro de 2017 às 17:28
:)
corocota a 31 de Janeiro de 2017 às 21:37
Essa foto é a original e ainda lá tem o incómodo Trotsky. Mais tarde levou com o "photoshop":
http://www.tc.umn.edu/~hick0088/classes/csci_2101/false.html

Grande Estaline, ainda ganha ao Hitler no campeonato dos psicopatas que mais gente mandaram matar.
Jones a 2 de Fevereiro de 2017 às 00:11
Será que isto foi mesmo assim?
ás vezes é melhor informar antes de postar
anonimo a 5 de Fevereiro de 2017 às 00:24
Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Isto é o lado perverso.
A tradição já não é o que foi...
Temos deputado.O PCP depois candidata-o à Câmara ...
E não será assim sempre? Os anteriores e anteriore...
“ISTO É O ALVITRANDO”
Pobreza e torpeza.
Aí que pobreza de comentarios!É o conhecimento bej...
O Coxo até vai começar a andar melhor quando se ap...
Esse velho agora comenta os post's dos outros no f...
A pouca vergonha que se passou na Cooperativa do P...
"Pode nascer um país do ventre de uma chaimite." (...
A chaimite era peça fundamental para o desenvolvim...
Sei o que se passa mas não digo.
Corrijam aí o "gato", senhores da RVP, não é "Inte...
Brindemos à saúde dos amigos!
blogs SAPO