Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
12
Fev 16

alentejo2020.pngO Alentejo 2020 lançou dois concursos para implementação dos Pactos para o Desenvolvimento e Coesão Territorial contratados com as cinco Comunidades Intermunicipais da região.
O montante de 39,9 milhões de euros destina-se a Infraestruturas Educativas para o Ensino Escolar e à Conservação, Protecção, Promoção e Desenvolvimento do Património Natural e Cultural.
O concurso para as Infraestruturas Educativas para o Ensino Escolar tem por objectivo prosseguir a requalificação/modernização das instalações da educação pré‐escolar e dos ensinos básico e secundário.
O concurso para a Conservação, Protecção, Promoção e Desenvolvimento do Património Natural e Cultural visa promover a valorização dos activos naturais e histórico‐culturais para consolidar a região como destino turístico associado a uma oferta qualificada e ajustada às características ambientais, naturais e patrimoniais.

publicado por Zé LG às 08:54
Estamos em condições de apresentar uma alternativa consistente, e de futuro, para a ULSBA.
Munhoz Frade a 13 de Fevereiro de 2016 às 20:57
Bora lá, pá.
Não me parece contudo, é que seja aqui neste blog o melhor local para o efeito.
Mas, o que é um facto, é que toda a gente aguarda com curiosidade novos desenvolvimentos do folhetim do hospital e da luta pelo poder do mesmo.
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2016 às 22:05
Não se trata de luta pelo poder, mas antes uma muito séria luta pelo futuro.
Munhoz Frade a 13 de Fevereiro de 2016 às 22:19
Mas que luta pelo poder? A luta dos enfermeiros chefes e afins? Esses só querem um tacho para ganharem mais que o dobro E cada vez fazerem menos e nada mudarem até que a U idade local caia de podre porque já pouco falta.Sao estes os gestores que vão fazer a mudança necessária e gerir uma das piores dívidas do país, a quarta pior? as discussões são o enfermeiro Eduardo , o Enfermeiro Joao Alberto. A enfermeira familiar do deputado e por aí.
Ou a saúde do Distrito precisa de uma forte equipa bem liderada que faça a indispensável mudança ao nível da organização e da gestão , como o Ministro da Saúde bem defende no seu programa com marca ao nível da reforma hospitalar? E essa reforma não se faz com boys atrás de boys, menos ainda com disputas de tachos entre os enfermeiros que há mais de uma década neste CA o seu trabalho e mérito deixa muito a desejar, este último já há meses que nem sequer sai do gabinete para ir comer ao refeitório . Parece até que o restante elenco do CA manifesta o mesmo tique anti social além de outros comportamentos de fim de ciclo que já quase nem são vistos.


JM a 14 de Fevereiro de 2016 às 08:13
Concordo. O pior que o PS faria, seria substituir o atual CA por um grupo dos seus boys ligados à saúde.
Mas julgo que os responsáveis locais terão a inteligência suficiente para não ir por aí.
Assim e como atrás muito bem se disse, aguardam-se pelos novos capítulos do folhetim do hospital.
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2016 às 10:21
É tempo de os boys perceberem que o interesse público deve prevalecer. O ministro deve escolher dirigentes experientes e capazes, para gerir os grandes desafios que se colocam ao SNS.
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2016 às 11:02
Sim, nas empresas públicas não pode haver "lugares cativos" nem direito consuetudinário. Precisamos de gente sensata na gestão, com visão e conhecimento. Gente capaz de bater o pé a "ditames regionais". A quem interessa que a ULSBA continue a perder qualidade e valências?
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2016 às 12:00
Mas se os políticos do PS locais estão a pensar que o CA da ULSBA liderado por uma Administradora hospitalar, pode ser substituído , quase a meio de um segundo mandato, por um qualquer dios seus boys desconhecedor da matéria ou pelo menos igual ao que está, "tire os cavalinhos da chuva", porque isso não vai acontecer.



Anónimo a 14 de Fevereiro de 2016 às 14:15
Essa Administradora não tem capacidade nem conhecimentos para liderar a ULSBA. Isso é um facto demonstrado. A sua continuidade em PCA resultaria em mais prejuízo para essa Unidade, inoperância e degradação dos serviços.
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2016 às 14:31
Pois essa não tem, mas quem tem o PS para a substituir?
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2016 às 17:21
Não é preciso muito para substituir o Conde e a Princeza.
Mas parece que o hospital precisa de muito mais qualidade e empenho.
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2016 às 17:24
A pergunta está errada. Melhor: em quem o ministro deposita confiança para a substituir?
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2016 às 17:25
Será o ministro a determinar o tempo e o modo, aplicando os seus critérios independentemente do que a clientela local do PS deseje.
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2016 às 14:38
Ora bem, vamos dar uma achegazinha.
A ULSBA tem um problema de gestão grave que ultrapassa este CA.Vem já de longe.
CA's que mandato após mandato consideram que o importante é fazer obras de tijolo e martelo.Quando houve possibilidades disso , mesmo sem dinheiro, mas com possibilidades de fazerem dívidas e com capital para realizar, a "OBRA" final resumiu-se a um acumular e acréscimo de dívida e a alterações da estrutura física de um edifício.
Este CA reinante continuou a não querer ,e também porque não sabe , fazer alguma coisa de gestão que invertesse o ciclo anterior.Como não tem dinheiro, nem autorização superior para mais obras,fez obrinhas e obretas, como a do sexto piso , onde se instalou.O "freio" superior, em termos de legislação, e as "dívidas" mais controladas centralmente,não os deixaram fazer
pior.Se estivessem na situação dos anteriores ....iríamos ver!
A ULSBA é uma empresa que está num beco sem saída em termos financeiros,a não ser que lhe joguem muito mais dinheiro para cima dos problemas e lhe paguem as dívidas. Mas isso não irá acontecer e nem sequer dispõe de capital para realizar,já foi todo!
A ULSBA tem profissionais desmotivados, a grande escala, e conta com um clima organizacional pouco propício às mudanças de cariz organizacional, aquelas que precisa de serem feitas para garantir a sua sustentabilidade,num contexto nacional difícil e de gestão com contenção e saber.
A ULSBA tem sido gerida por CA's ,eminentemente políticos, representando o pior da "politiquice "local,cuja credibilidade técnica /gestão dos seus membros não tem merecido superiormente o necessário e indispensável reconhecimento de mérito que permita a discussão e o apoio para sair deste buraco onde cada vez mais se afunda.
Neste beco sem saída,sem dinheiro para o indispensável quanto mais para floreados,resta muito pouco.Vai caminhando do mesmo modo , com desperdícios e " obrinhas" geradores de prejuízos elevados na prestação de cuidados aos seus doentes, isto sem falar na qualidade,sem acompanhar a dinâmica nacional nem sequer a regional , cada vez mais isolada porque diminuída a todos os níveis.






JM a 14 de Fevereiro de 2016 às 15:59
Pois! Mudar a gestão é uma necessidade, para evitar o desastre.
A ULSBA, a empresa maior empregadora do distrito, na mão de incompetentes corre o risco de falência irreversível!
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2016 às 16:51
Sim, mas não basta só mudar para evitar "o desastre". É preciso saber para quem muda. Senão até o desastre pode ser bem maior.
E pelo que se conhece dos boys do PS, tudo leva a crer que sim.
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2016 às 20:10
Então a melhor solução deve ser encontrada fora desse círculo de boys...
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2016 às 20:16
Pelo andar da carruagem, parece que o Adalberto não liga muito a boys.
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2016 às 20:58
O que é que seria de esperar depois do ultimo CA do PS?
Pior, é mesmo impossivel.
Anónimo a 15 de Fevereiro de 2016 às 14:34
Os paradigmas - da política, da governação, da gestão pública - estão a mudar. Nada será como dantes...
MF a 16 de Fevereiro de 2016 às 09:13
Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Isto é o lado perverso.
A tradição já não é o que foi...
Temos deputado.O PCP depois candidata-o à Câmara ...
E não será assim sempre? Os anteriores e anteriore...
“ISTO É O ALVITRANDO”
Pobreza e torpeza.
Aí que pobreza de comentarios!É o conhecimento bej...
O Coxo até vai começar a andar melhor quando se ap...
Esse velho agora comenta os post's dos outros no f...
A pouca vergonha que se passou na Cooperativa do P...
"Pode nascer um país do ventre de uma chaimite." (...
A chaimite era peça fundamental para o desenvolvim...
Sei o que se passa mas não digo.
Corrijam aí o "gato", senhores da RVP, não é "Inte...
Brindemos à saúde dos amigos!
blogs SAPO