Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
07
Nov 16

161.JPG

publicado por Zé LG às 00:02
de Luz


libertaste a tua angústia
deixaste que saisse a expressão
da eterna pergunta, do medo:

a vida o que é,
o que somos,
o que vai do que fica?

meu amor feliz me fazes
indagando-me de surpresa,
deixando-me ver teus recônditos.

digo-te querida
somos de luz feitos,
consciência

ao nascer para a vida
se nos encobre a luminosa
essência da alma

o corpo que habitamos
nos tapa os olhos
e cegos tropeçamos
pela vida nossa fora

só pela morte se destapa
a luz de que nos fazemos.
José Frade a 7 de Novembro de 2016 às 08:18
A Morte, ainda que se vislumbre ao fundo, está presente!
Afinal, como dizia Montaigne: "Todos os dias conduzem à morte." Por isso, todos os dias está entre nós.
FGL a 7 de Novembro de 2016 às 14:43
Novembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Todo o pretexto é bom para uma roda de amigos, com...
A caça à raposa serve para convívio de caçadores?!...
Bom trabalho.
Tanta hipocrisia!
Exatamente! O Alvitrando teve um post com 83 comen...
Os comunistazoides garantem a geringonçaOs Xuxas e...
Na semana anterior ocuparia o lugar cimeiro do ran...
A pontaria anda fraca...
Fogo à peça!
Fogo aos abéculas!
Caça às abetardas ?!.....vê-se o quão conhecedor o...
Caça às abetardas ?!!.....vê-se realmente o quão c...
Os comunistazóides que defendem a anterior gestão,...
Deslocada da função ,assim como as enfermeiras que...
blogs SAPO