Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
31
Out 17

logo.png

A empresa Águas Públicas do Alentejo (APdA) adjudicou uma empreitada no valor de 2,6 milhões de euros com o objectivo de reforçar o abastecimento de água aos concelhos de Barrancos, Mértola, Moura e Serpa.

Esta empreitada, com um prazo de execução de 450 dias, é financiada a 85% pelo POSEUR-Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos e vai reforçar a continuidade do serviço de abastecimento de água ao concelho de Serpa, estender o abastecimento a partir da ETA do Enxoé aos concelhos de Moura e de Barrancos e ainda reforçar a adução de água a Mértola.
A ligação à ETA do Enxoé, para além de assegurar o abastecimento de água em quantidade aos quatro municípios alentejanos, vai também permitir melhorar a qualidade da água distribuída às populações que são actualmente servidas por captações subterrâneas, pouco produtivas e com problemas de qualidade.

publicado por Zé LG às 12:48
24
Out 17

20170911_162642 B.jpg

A ACOS reativou a campanha solidária de entrega de bens alimentares para o gado destinados principalmente a ovinicultores afetados pelos incêndios.

A Raça Ovina da Serra da Estrela, é um dos patrimónios com perdas inestimáveis, das quais se contabilizam 3000 ovelhas mortas pelos incêndios. Além dos animais, também ficaram destruídas infraestruturas agrícolas, ovis, cercas, pastagens, palha, e outras reservas de alimentação. Este importante património que foi seriamente afetado, põe ainda em causa a produção do Queijo Serra da Estrela, cujo leite, proveniente desta raça autóctone, determina a pureza do queijo regional com a Denominação de Origem Protegida (DOP).

A ACOS, particularmente consternada com a situação que agora enfrenta a sua associação congénere, está a conjugar a entrega de palha, cereais e rações aos seus parceiros de Oliveira do Hospital, com a ANCOSE. Estas duas associações partilham desde a sua génese a defesa das raças autóctones, a Campaniça no Alentejo e a Serra da Estrela na região centro, bem como de todo o património que delas advém, genético, cultural e da produção.

publicado por Zé LG às 13:55
22
Out 17

191020171546-731-SOMINCOR.jpg

Ler AQUI.

publicado por Zé LG às 00:07
15
Out 17

vinhas.jpg

A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito, anuncia a produção de um vinho de talha exclusivamente a partir de uvas de vinhas centenárias.

As uvas recolhidas para a produção deste vinho são provenientes de 6 hectares de vinhas localizadas na freguesia de Vila Alva, no Concelho de Cuba, propriedade de cinco associados da Adega.

A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito pretende “preservar o riquíssimo património vitícola da região”.

publicado por Zé LG às 00:17
03
Out 17

Minas.jpg

Os trabalhadores exigem o fim do regime de laboração contínua no fundo da mina, a humanização dos horários de trabalho, a antecipação da idade de reforma dos trabalhadores adstritos às lavarias, a progressão nas carreiras e a revogação das alterações na política de prémios.

Luís Cavaco, coordenador da Direcção do Sindicato dos Trabalhadores da Industria Mineira (STIM), afirma que os mineiros não aceitam os horários da laboração continua que prevêem 3 dias de descanso a cada 17 dias de trabalho.

De acordo com o Sindicato, os mineiros das lavarias trabalham em regime de laboração continua, estão sujeitos a uma actividade de elevada penosidade, mas têm direitos inferiores aos trabalhadores do fundo da mina.

Os trabalhadores decidiram ainda que, caso as respostas da administração continuem a não ser favoráveis, realizarão mais cinco dias de greve no mês de Novembro e outros cinco dias de greve no mês de Dezembro, em datas a definir.

publicado por Zé LG às 12:41
29
Set 17

Carlos Figueiredo, candidato do PS à Câmara de Beja anunciou, nas vésperas das eleições de 2005, que existem contactos adiantados entre "importantes indústrias aeronáuticas europeias e entidades oficiais portuguesas" que deverão resultar na criação de uma empresa aeronáutica na cidade de Beja, que deverá designar-se Beja Aero Industries (Bejai), "será integralmente portuguesa e de capitais mistos, no regime de uma parceria público-privada", devendo ser criada ainda em 2005. 

DA.jpg

Desde então, sempre que se realizam eleições lá aparece uma notícia a anunciar uma boa nova para o Aeroporto de Beja... Este ano também não foi excepção e, desta vez "A Câmara Municipal de Beja congratula-se, em nota de imprensa, com a publicação, em Diário da República, do despacho que desbloqueia o processo de instalação das infraestruturas aeronáuticas da empresa Aeroneo, no Aeroporto de Beja." Esperemos que desta vez seja de vez e que finalmente uma empresa do ramo aeronáutico se instale ali. (foto DA)

publicado por Zé LG às 19:22
25
Set 17

151020131317-398-NevesCorvo.jpg

Os trabalhadores das minas de Neves-Corvo vão estar em greve entre 3 e 7 de Outubro.

A realização deste protesto, para reivindicar o fim do regime de laboração contínua no fundo da mina e pela humanização dos horários de trabalho, foi decidido pelos trabalhadores que reuniram em plenário.
A greve surge depois de analisadas as respostas que a administração da Somincor apresentou ao Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira, em meados deste mês, sobre os horários de trabalho no fundo mina, a antecipação da idade da reforma dos trabalhadores das lavarias, a progressão nas carreiras, a política de prémios e ainda a “pressão e repressão” sobre os trabalhadores.

publicado por Zé LG às 08:48
09
Set 17

Labcoco-Vendas-Novas-360x287.jpg

Uma fábrica de transformação de coco vai ser instalada em Vendas Novas. O investimento de 7 milhões de euros deverá criar diretamente 80 postos de trabalho. Vinda do Brasil, a Labcoco, vai utilizar matéria prima produzida no seu país de origem, para desenvolver e criar diversos derivados alimentares deste fruto. A empresa brasileira passa a estar dentro do Mercado Único Europeu, espaço destinatária da produção.

publicado por Zé LG às 11:23
02
Set 17

Jose-Carlos-Massucato-Compendionauta-360x300.jpg

A empresa brasileira Compendionaut assinou, com a Câmara de Évora o contrato de compra e venda de um lote de terreno no Parque de Indústria Aeronáutica. A empresa de capitais brasileiros vai investir 10 milhões de euros e criar 50 postos de trabalho, até 2020.
A Compendionauta, através de empresas associadas no Brasil, detém já experiência no relacionamento com a Embraer, mas a instalação em Évora visa também trabalhar com outras empresas construtoras de aviões, nomeadamente em Espanha, França, Alemanha, Reino Unido e Estados Unidos.
Com sede em Évora, a Compendionauta vai construir uma uma unidade para maquinação de componentes para a indústria aeronáutica, pretendendo desenvolver nesta unidade industrial uma nova componente relacionada com a maquinação de componentes em titânio.

publicado por Zé LG às 14:12
30
Ago 17

280820171837-351-Min.jpg

Foram assinados os autos de consignação do novo subsistema, que inclui o recurso à água da Albufeira da Magra (que integra a rede de Alqueva) e a construção de uma ETA, junto ao Reservatório do Estácio que contém uma reserva estratégica capaz de abastecer a cidade durante 15 dias.

João Rocha, presidente da Câmara Municipal de Beja, mostra-se feliz com um investimento que vai melhorar a qualidade da água no concelho.

O presidente da Águas de Portugal, João Nuno Mendes, referiu as vantagens de ligar pequenos sistemas a Alqueva. O mesmo responsável sublinha ainda a importância do cumprimento dos prazos destas obras de “larga escala”.

Joaquim Marques Ferreira, presidente da Águas Públicas do Alentejo, enumerou alguns dos investimentos já realizados e avançou que o Sistema Guadiana Sul vai avançar “a muito breve prazo”, abrangendo os concelhos de Serpa, Moura, Mértola e Barrancos.

O Secretário de Estado do Ambiente referiu que as intervenções vão atrair investimentos e “gente qualificada” para a região.

No total, os investimentos no concelho são de 11 milhões de euros. Na região, a Águas Públicas do Alentejo vai investir até 2020 180 milhões de euros.

Ler e ouvir também AQUI.

publicado por Zé LG às 09:19
27
Ago 17

gttt.jpg

Por iniciativa de uma associação cívica alentejana, a Alentejo de Excelência, a cidade de Évora vai passar a integrar um movimento mundial de empreendedores e de organizações cívicas empenhadas em divulgar "soluções de negócios verdes que combatam as alterações climáticas" e capacitar os "eco-empreendedores".

Estamos a falar da Global Week of Green Business and the Climate Movement, que existe desde 2015 e que integra agora Évora, a par de Paris, Berlim, Tóquio, Cidade do Cabo, Lisboa, Barcelona, Sevilha, Santiago do Chile, Oviedo, Rabat, Panamá, Medellin ou Atenas, entre outras.

Este movimento, através das suas iniciativas procuram criar uma rede de empreendedores ecologicamente responsáveis e empenhados em implementar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e do Acordo de Paris.

A Alentejo de Excelência está a preparar um encontro sobre o tema e que decorrerá entre 16 a 22 de Outubro.

publicado por Zé LG às 15:21
27
Ago 17

unnamed_52.jpg

Produzir produtos agrícolas alimentícios e medicinais na Medicina Tradicional Chinesa; preservar patrimónios não-materais reconhecidos pelo Unesco, criar uma base logística tendo como centro Portugal e com ramificações que abranjam a União Europeia, América do Sul e África; proporcionar a formação a investidores chineses.

Eis alguns dos objectivos do futuro “European Global Commodity Services Centre” a instalar-se em Elvas, resultado de investimento chinês da "Prospect Time International Investiment" e cujo memorando de entendimento foi ontem assinado entre Nuno Mocinha, presidente do município de Elvas e Chen Chunsheng, representante da empresa de investimentos.

O projeto vai ser implementado em Vila Fernando, nas instalações do antigo Centro Educativo, numa área de 100 hectares”, afirmou Nuno Mocinha, acrescentando que “hoje se deu corpo ao trabalho que tem vindo a ser desenvolvido para readaptar o espaço que se encontra abandonado há anos, com o objetivo de dar-lhe vida”.

A primeira fase da implementação do projeto passa pela delineação do Plano de Pormenor, em conformidade com o Plano Diretor Municipal de Elvas, para a construção, em conjunto, do European Global Commodity Service Centre e do Parque Natural de Zonas Húmidas.

publicado por Zé LG às 10:13
23
Ago 17

"LEMOS E NÃO PODEMOS IGNORAR!

CMBeja-assinatura-2.png

A edição do passado dia 19 de agosto do Diário de Notícias, dava conta de mais um atraso no processo de instalação da unidade industrial da AeroNeo no Aeroporto de Beja. Desta vez, a falta de uma assinatura necessária, por parte da Força Aérea.
Assim sendo, depois de vários meses de espera para obtenção da autorização do Governo, continua a espera por mais esta assinatura.
Ao longo deste processo, o Município de Beja, por considerar este tipo de investimento essencial para alavancar outros para o desenvolvimento e criação de emprego no concelho e na região, manifestou desde a primeira hora ao promotor do mesmo, total disponibilidade e apoio com vista à sua implementação.
A Câmara Municipal de Beja, sem abdicar do direito à denúncia pública sobre a falta de resolução por parte do Governo e de estruturas dele dependentes, reafirma a sua disponibilidade, que sempre manteve, para colaborar com o Governo e com as entidades que possam contribuir para o desenvolvimento da região e, pela sua parte, tudo fará esperando que esta situação possa rapidamente ser ultrapassada."

Recebido por email de: Câmara Municipal de Beja | Gabinete de Comunicação Integrada

publicado por Zé LG às 08:51
19
Ago 17

publicado por Zé LG às 15:13
03
Ago 17

579px_e597b12927db844801146.JPG

 

Foram na semana passada assinados memorandos de entendimento para receber na Nova Zona de Acolhimento Empresarial duas empresas de armazenamento e comercialização de produtos alimentares e uma na área da apicultura

In: B NEWSLETTER | 28 de julho de 2017 | Câmara Municipal de Beja

publicado por Zé LG às 08:44
02
Ago 17

tapada_chaves1-360x300.jpeg

A Fundação Eugénio de Almeida (FEA), de Évora, anunciou a aquisição da propriedade e da marca de vinhos Tapada do Chaves, que mantém a mesma designação.

A Tapada do Chaves, localizada em Frangoneiro, nos arredores de Portalegre, dá origem a vinhos há quase 100 anos e possui duas das mais velhas parcelas de vinha do Alentejo.

Com 60 hectares de terra e 32 de património vitícola, 23 dos quais de castas de uva tinta e nove hectares de castas de uva branca, a Tapada do Chaves localiza-se numa zona fortemente influenciada pela orografia (Serra de São Mamede) e pela cobertura agro-florestal que lhe confere um microclima específico e decisivo para a qualidade e tipicidade dos vinhos aí produzidos.

 

publicado por Zé LG às 12:45
22
Jul 17

040420171852-262-EMPRESASCUBA.jpg

A Queijaria Vasco & Pacheco, que atua no mercado há mais de 80 anos, inaugura a sua nova unidade fabril no parque empresarial de Cuba. 

A queijaria que conta, atualmente, com nove trabalhadores, transfere a sua unidade fabril de Beja para o Parque Empresarial de Cuba, num investimento de dois milhões de euros. 

A cerimónia de inauguração conta com a presença do Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira.

publicado por Zé LG às 13:07
12
Jul 17

110720171659-418-ParqueFerreira_.jpg

A Câmara de Ferreira do Alentejo vai ampliar o Parque de Empresas, devido à “forte procura” de terrenos pelos empresários.

Para o efeito, a Câmara viu aprovada, pela Assembleia Municipal, a contratação de um empréstimo de longo prazo na ordem dos 1,8 milhões de euros.

O município encara este investimento “como incontornável para o futuro acolhimento de empresas e consequente promoção do Desenvolvimento Económico”.

Aníbal Costa, presidente da Câmara de Ferreira, sublinha que sem recurso ao crédito o Município não tinha condições para avançar com a obra.

publicado por Zé LG às 12:40
05
Jul 17

3f5444_4ec9c08d73b845a4bcdb0170709ff0a3~mv2.png

Ver em: https://www.mundopatrimonio.com/ferias-no-patrimonio

 

publicado por Zé LG às 13:44
01
Jul 17

A Lundin Mining, dona da Somincor, Sociedade Mineira Neves-Corvo, de Castro Verde, Beja, através do seu CEO Paul Conibear, apresentou ontem no Ministério da Economia os planos de investimento de cerca de 250 milhões de euros para duplicar a produção de zinco naquela região.

Num debate que contou com a moderação do jornalista Ricardo Costa e com a participação do secretário de estado do Ambiente foi apresentado o projecto de alargamento da exploração deste mineral, que deverá estar pronto em dois anos - em meados de 2019 - para duplicar a produção de concentrado de zinco. A expansão empregará 300 a 350 pessoas na construção e mais de 200 postos de trabalho em laboração, numa mina que concentra já cerca de 2 mil postos de trabalho.

A Lundin Mining prevê passar dos actuais 1,1 milhões de toneladas de zinco extraídas por ano para 2,5 milhões de toneladas, permitindo à mina operar pelo menos por mais 10 anos e compensando a redução de recursos de cobre na mina ao longo dos últimos anos.

publicado por Zé LG às 09:52
Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Todo o pretexto é bom para uma roda de amigos, com...
A caça à raposa serve para convívio de caçadores?!...
Bom trabalho.
Tanta hipocrisia!
Exatamente! O Alvitrando teve um post com 83 comen...
Os comunistazoides garantem a geringonçaOs Xuxas e...
Na semana anterior ocuparia o lugar cimeiro do ran...
A pontaria anda fraca...
Fogo à peça!
Fogo aos abéculas!
Caça às abetardas ?!.....vê-se o quão conhecedor o...
Caça às abetardas ?!!.....vê-se realmente o quão c...
Os comunistazóides que defendem a anterior gestão,...
Deslocada da função ,assim como as enfermeiras que...
blogs SAPO