Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
19
Fev 09

«Gastar 500.000€ naquela ”espécie de apresentação” que aconteceu em Beja, é um gozo para com os portugueses, sobretudo devido às dificuldades por que vão passando. É mais vergonhoso ainda quando um folheto de apresentação daquela via tem no seu centro a fotografia do Sr. Primeiro-Ministro.»

publicado por Zé LG às 00:46
Não é possivel considerar válida a informação de que uma cerimónia custe 500 mil euros. Isso não é assim. É uma falácia e tem de ser entendido como tal.

LG: Não sou dos que criticam a iniciativa do "Beja Orgulha-se". Considero-a válida e importante na acção política da CMBeja. Mas se esta é válida e aceitável para Beja, também as outras iniciativas do governo ou de outras camaras que não são do PCP o deverão ser! Ou então sejamos rigorosos e denunciemos tudo o que se faz do género em todas as áreas de poder.
Jorge Barnabé a 19 de Fevereiro de 2009 às 01:33
Aquilo que mais me escandaliza é o valor. è verdadeiro? Refere-se a quê em concreto?
Quanto às fotos também acho que não ficava mal a foto e uma declaração de um presidente de Câmara...
Zé LG a 19 de Fevereiro de 2009 às 11:10
LG. O valor não é verdadeiro. A cerimónia não custou isso. Quanto às fotos parece-me de somenos importância quem lá está, tal como noutros casos. Ouvi declarações de autarcas na apresentação - que pode confirmar em www.baixoalentejo.pt - através do video promocional. Bem como a vinculação dos autarcas a esta iniciativa independentemente dos partidos. E isto é uma realidade, menor, mas real. Porque o que conta é que a obra se faz e todos - sem excepção - lutamos por ela.

Um abraço
Quantas vezes acontecem informações escritas ou faladas em que os números são completamente disparatados. Não sei se será este mais umdos casos. A ser verdade seria escandaloso. Eu como só aprendi a estar sempre de boa fé, uso o raciocínio para ler os números que me parecem absurdos.
MANUEL ANTONIO DOMINGOS a 19 de Fevereiro de 2009 às 14:00
Pedi que me dissessem que é mentira, porque a ser verdade seria escandaloso.
Completamente de acordo com a última parte do comentário - que a obra se faça bem, dentro dos prazos e sem grandes derrapagens é o que todos desejamos.
Um abraço
Zé LG a 19 de Fevereiro de 2009 às 15:45
Porque é que qualquer obra nesta região tem que ser sempre polémica e se arraste indefinitivamente no tempo ?

A Barragem de Alqueva levou 50 anos e a IP 8 já leva não sei quantos...

Porque é que as politiquices não acabam de vez em obras estruturantes.

CONSTRUAM-ME PORRA!

Com que então aquele "amigo" de Alcáçovas queria uma estradinha à porta, não ? e essa é que era estruturante ? Só porque liga a Évora.
Seria mais um exemplo do "Alentejo Polinucleado".
Manuel a 19 de Fevereiro de 2009 às 19:20
Caros Jorge Barnabé e Manuel António Domingos, com todo o respeito por vocês , mas vou dar-lhes a minha opinião muito sincera. Reconheço no que escrevem honestidade intelectual e participação politicamente honesta. O que se passa neste blog são a representação das frustrações pessoais do seu autor. Nem PS ,nem Bloco e muito menos o seu ainda PCP o chamam para nada, conhecem-no muito bem. Depois de todas as tentativas de se mostrar como renovador, nem imagino de quê, voltou mais ortodoxo que nunca. Todo o bom filho á casa volta. Então toca de se colocar em bicos de pés a mostrar serviço ,diz mal de tudo e de todos ,troca as cartas e volta a dar, mas o baralho está tão viciado que já não dá confiança a ninguém. Só que esse filme já não convence ninguém. Fui ver o blog do Jorge Barnabé e achei muito interessante. Sem traumas que aqui abundam e querendo dar uma contribuição activa para temas recorrentes, sem atoardas e com respeito pelas pessoas.Parabens . Aqui o fedor é cada vez maior.
Cada vez menos Confuso a 19 de Fevereiro de 2009 às 23:46
Cuide das obcessões, porque podem ser complicadas...
Não sei se é por masoquismo mas gosto do seu estilo - não diz nada de geito mas fica contente... Se o Alvitrando pode servir de sofá já serve para alguma coisa.
Zé LG a 20 de Fevereiro de 2009 às 15:32
LG: A segunda parte do comentário é válida, diz, e a primeira, acredite, também. A cerimónia não custou 500 mil euros. sabe-o, porque profissionalmente lida com isso, que é impossível que assim seja, e logo é uma questão de menor importância. As nossas energias não podem estar esgotadas nas minudencias, mas sim nas essencias.

Cadavezmenos confuso: agradeço as palavras amáveis.
Jorge Barnabé a 20 de Fevereiro de 2009 às 01:19
Nunca vou compreender o que leva alguém que abomina uma casa a visita-la voluntariamente!
h - V&P a 20 de Fevereiro de 2009 às 12:33
Mas que existem existem... e animam.
Zé LG a 20 de Fevereiro de 2009 às 15:32
Pensei em não reesponder ao anónimo das 23h46m.É uma perda de tempo quando se resvala para o insulto e insinuações torpes. Conheço e sou amigo do Lopes Guerreiro há mais de 35 anos. Sempre o admirei pelos atributos que se lhe reconhecem.Agora vem este sujeito a armar-se aos cucos e aofender a honorabilidade dos meus amigos. Foda-se que não há paciência que resista.!!!!!!!!!! M&M
Anónimo a 20 de Fevereiro de 2009 às 18:58
A falta de paciência cria a intolerância dos ditadores e traz acima a má educação. O fedor que aqui referi é ao bolor das velhas teses das ideias totalitárias, que através da das calunias e insinuações procuram desacreditar as pessoas que estão no serviço publico. Quanto a honorabilidade, ela está bem á vista e a coerência ainda mais. Com uma no cravo e outra na ferradura. Depois de confessar aqui a trama da entrada apressada e oportunista de Alcácer do Sal na AMBAL de forma a contrariar a vontade do povo livremente expressa em eleições, só para manterem domínios sobre associações de municípios , é de uma elevação democrática e honorabilidade sem mácula. Aqui insinuar permanente em juízos de valor sobre actos e agentes politicos,sejam ministros ou autarcas é igulamente um exercício de elevada participação cívica O que importa é mostrar serviço á causa e ser recuperado. Então deve ser nossa missão desmascarar e defender a verdade dos factos ,mesmo que doa e doi,só que há uma coisa que não podem desmentir a verdade histórica dos factos.
Nada Confuso a 21 de Fevereiro de 2009 às 19:14
Onde as minhas insinualções e os meus juizos de valor sobre pessoas? A maioria das vezes limito-me a transcrever o que leio em ocs ou noutros blogs.
Zé LG a 22 de Fevereiro de 2009 às 17:19
Para usares este tipo de linguagem, também deves ser cá um amigo...

Deus nos livre.
Manuel a 20 de Fevereiro de 2009 às 20:13
Foida-se é apenas um desabafo que nao pretende ofender ninguém. FMestre
Anónimo a 22 de Fevereiro de 2009 às 19:56
Boa Noite,
Gostaria de esclarecer um pouco o texto por mim escrito no blog Alcáçovas.
Quanto eu falo da questão estratégica do IC 33 nunca é posta em causa a importância do IP 8. Questiono sim, a articulação de Évora com o litoral através do IP 8. Parece-me óbvio que se está a ocultar que com esta nova lógica o IC 33 foi mandado para as calendas gregas. Sines necessita tanto do IC 33 como do IP 8 (apesar desta via necessitar que os espanhóis também construam uma estrada com o mesmo traçado de Sevillha – 33Km a norte – Aracena – Rosal de la Frontera) e que seja construída até Vila Verde de Ficalho. Depois um IP 8 com 68 km de portagens, parece-me que estamos a criar mais uma desvantagem competitiva da região face a outras mais desenvolvidas no País (basta ver a via do infante do Algarve). Estas parecem-me as questões essenciais e que merecem ser discutidas.
Por último, os 500.000€ para propaganda, vinham escritos na imprensa nacional.
Um abraço
António Costa da Silva
alcacovas a 24 de Fevereiro de 2009 às 23:30
Caro Costa e Silva, voce custuma ser prudente ,mas estar a ir pelas noticias de jornais especulativos nem parece seu. O mal, sabe? É querer vender mais que a qualidade, sem sequer analisar as fontes, se existem.
Todos devemos estar gratos por termos um governo responsavel que não entra nessas aventuras do mais que facil e sem populismos tipi santanetes ou portatismos. Muito menos o iletrado Gerónimo,campeão local da sueca. Os tempos que se vivem são demasiado importantes para para quedistas e aventureiros sem profissão e tachistas crónicos. Basta olhar o que sep passa no resto do mundo. Já não falo do LOIÇÂO, porque seria perder o meu tempo, todos sabemos o que vale aquela salada rusa,chinoca ,albaneseca. Muita parra e sem uva.
Anónimo a 27 de Fevereiro de 2009 às 00:03
Porque é que não mostram as contas?
Anónimo a 28 de Fevereiro de 2009 às 23:56
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
23
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Ao lado do PM, PA aparentava algum entusiasmo. Mas...
Na SIC viu-se que o Costa não achou graça ao cante...
Se calhar o Rocha será mais firme a bater o pé ao ...
Querelas
O movimento Beja Merece + já se perdeu em querê-la...
Veio cá oferecer a vitória ao Rocha. Pobre Paulo A...
Somos tratados assim porque deixamos.
Se chamam a isto vir ajudar, mais valia ter ido di...
O que PA disse significou a resignação. Por isso C...
Pedindo de uma forma "encolhida", era bem de ver q...
Será que vai chegar?
Maior apoio do que o de ontem deve ser impossível ...
Eheheeh este das 00h23 bebeu alguma coisa ?
Os candidatos às Câmaras do distrito juntaram os b...
por mim podem meter os cavalos na cavalariça mais ...
blogs SAPO