Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
02
Fev 09

Há quem não passando de ajudante de campo se pretenda assumir como grande líder. Nessa condição imaginária, sempre que é criticado acusa os outros de má criação ou de má educação em termos tais que, partindo o verniz da couraça de que se julga protegido, mostra quem, de facto, não teve boa criação ou boa educação ou delas já se esqueceu.

Mas pior do que isso ainda, revela a “coragem” de quem não tem argumentos para sustentar as polémicas em que, frequentemente, se envolve, “metendo o rabo entre as pernas e fugindo a sete pés” sempre que os atingidos pelas suas diatribes lhe respondem em posição de igualdade, que não sabe respeitar.

publicado por Zé LG às 00:01
Sem fazer a mínima ideia da questão concreta que motivou o autor, gosto da expressão " a verticalidade do marreco" para os bravos corajosos que se escondem!
h - V&P a 2 de Fevereiro de 2009 às 12:36
Quem é o canalha, José Lopes, quem é o sacana, pá?
Luis Pato a 3 de Fevereiro de 2009 às 11:18
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
23
Passaram por cá
"Contador de visitas">Contador de visitas
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Txêque parece que tem azogue nas unhas!
E como diz o VP, tem que continuar a politica de a...
Além desses, os que também cometeu enquanto presid...
A Câmara de Beja, nos últimos 4 anos tem feito tra...
ridicula e patetica esta candidatura.O candidato i...
realmente falasse aqui de muita coisa, agora até o...
E se ao lado da folha de apresentação do anterior ...
Assisti a alguns debates sobre o POLIS. Recordo-m...
Independentemente daquilo que foi o desempenho do ...
Ah e já agora o tiro foi ao lado. Não tenho partid...
Rendam se às evidências. Se formos por aí o que d...
Mas quem é que tinha de reconhecer o eventual erro...
Não é. Mas já alguém reconheceu publicamente o err...
Se ao menos o João Espinho reconhecesse os erros p...
E reconhecer erros é crime?
blogs SAPO