Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
27
Jan 09

O consenso sobre a criação da Região Administrativa do Alentejo é cada vez mais alargado entre as várias forças e os principais agentes políticos da região, tal como a vontade de que seja polinucleada.

Espera-se que, finalmente, na próxima legislatura o processo da criação e instituição das regiões administrativas avance para que o desenvolvimento do país seja mais equilibrado, sustentado, célere e eficiente.

publicado por Zé LG às 15:28
http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1121954
Anónimo a 27 de Janeiro de 2009 às 16:40
E porque não a Região Administrativa do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral ?
Carlos a 27 de Janeiro de 2009 às 16:48
Porque todo o Alentejo é mais consensual e mais competitivo, para além da identidade cultural...
Zé LG a 27 de Janeiro de 2009 às 19:58
As regiões administrativas por excelência são os concelhos. Quantos mais órgãos de administração houver maior é a confusão. Se repararem, os municípios já têm que se preocupar com as associações de municípios, com assembleias distritais, com governos civis, com direcções regionais, com CCDR's, ERT, etc, etc.. Mais órgãos é uma forma de gastar dinheiro sem qualquer interesse prático, mais tempo com coisa inúteis e guerras partidárias pelo controlo dos órgãos dirigentes.
Porque é que não se gastam as energias e o dinheiro no melhoramento do funcionamento das autarquias. Porque é que não se pensa em reorganizar os municípios - por exemplo, que falta fazem, a título de exemplo, as juntas de freguesia, de Barrancos, do centro urnabo de Beja, de Cuba ou de Alvito. Nas sedes dos municípos não deviam haver juntas de freguesia.
anónimo a 28 de Janeiro de 2009 às 17:24
Recordo que a criação das regiões administrativas implica acabar com algumas algumas das instituições que refere, integrando-as, reduzindo o seu númeero ou iliminando-as.
Zé LG a 28 de Janeiro de 2009 às 22:45
Subscrevo. E, sendo ainda mais radical, porque não extinguir alguns concelhos como por ex. Barrancos e Mourão que poderiam, com vantagem para as respectivas populações (em n.º diminuto) ser integrados, respectivamente, nos de Moura e Reguengos. É polémico? Muito. Mas as mudanças são-no sempre: primeiro estranham-se e só depois se entranham ...
Anónimo a 29 de Janeiro de 2009 às 21:58
Concordo com o comentário acima referido, de que retirando o poder às capitais de distrito e concentrando-os nas capitais das 5 futuras regiões administrativas. Contra a vontade do povo português expressa em referendo e a a quase totalidade da população dos distritos que vão ficar esvaziados de todos os serviços inerentes.
Abre-se a porta a novas restruturações; e concelhos pequenos como aquele em que penso que reside, deixarão de fazer sentido. dada a escassa população residente.

Talvez o melhor, era que os políticos das capitais dessas (futuras) regiões fossem impedidos de imporem o seu modelo e os seus interesses centralizadores. Até porque a história do Alentejo Polinucleado é uma TRETA que nem os próprios que o defendem acreditam. Não é LG?
Epaminondas J. J. a 30 de Janeiro de 2009 às 16:16
Mas o que está a acontecer não é retirar "o poder às capitais de distrito e concentrando-os nas capitais das 5 futuras regiões administrativas", através da centralização de serviços desconcentrados, sem existirem regiões administrativas?
A criação delas poderia não só combater esta concentração mas também redistribuir os serviços regionais pelas sub-regiões.
Zé LG a 31 de Janeiro de 2009 às 01:12
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
"Contador de visitas">Contador de visitas
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Durante uma década os bejenses reclamaram dos mate...
Daqui a 4 anos tiram a calçada portuguesa e coloca...
E ninguém diz a esse senhor Rocha que é um perfeit...
A pedra vem de ponte de lima?
Uma verdadeira prioridade..colocar calçada portugu...
Claro..em calçada portuguesa😂😂😂😂
E sério (quando não está com ela na gola)
E para Dama de Companhia , Como candidato a Assemb...
Então mas ainda não foram capazes de por aquela ge...
Mas o JR vai ganhar com os votos dos pafiosos.
Alvito acaba de anexar a freguesia da Cabeça Gorda...
Para a prestação de cuidados temos que admitir nov...
E há lá vão quatro meses.A preguicinha.cresceu!
Concordo na integra. Uma boa forma de se jogar are...
Os Diretores estão todos em gestão corrente, até n...
blogs SAPO