Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
26
Jan 09

A maioria PS na Assembleia da República aprovou, com os votos contra de todas as bancadas da oposição, em votação final global, a denominada lei do pluralismo e da não concentração nos meios de comunicação social, que impedirá o Governo, governos regionais ou autarquias de serem proprietários de órgãos de comunicação social – excepção feita ao serviço público de rádio e televisão, que se mantém nas mãos do Governo...

O «Diário do Alentejo», propriedade da Associação de Municípios do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral (Ambaal), e o «Jornal da Madeira», propriedade do Governo da Região Autónoma da Madeira são os únicos jornais afectados por esta legislação.

publicado por Zé LG às 20:13
Irá ser vendido, e será menos algum dinheiro dos contribuintes alentejanos e madeirenses que não vai ser gasto em propaganda dos respectivos proprietários. Por mais louváveis e respeitáveis que ambos sejam ou não.
Manuel a 26 de Janeiro de 2009 às 23:17
Quem será o privado que compra um jornal "falido", quer financeiramente, quer de ideias ...?
Anónimo a 31 de Janeiro de 2009 às 01:29
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
grande autarca. alguém que me sabe dizer porquê é ...
A CDU deu um tiro no pé.
Trabalho (que não se viu), Honestidade (passando m...
A cegueira política é tal que não sabem usar a cal...
De fato, são muito poucochinhos.
É isto que têm para discutir até às eleições. Pare...
Essa deliberação da AM é impugnável, por falsidade...
O PCP na Vidiqueira é um saco de gatos...,Ninguém ...
Mas a Camara anterior não era também da CDU, se a ...
Cada cinco mandatos leva um de brinde.
Ridículo! Nem na matemática a CDU acerta: entre 19...
A CDU vai avançada no tempo - vai em 2021. Deus se...
Incrível.
Um presidente apagado, que esvaziou a importância ...
20 anos de passividade.
blogs SAPO