Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
22
Jan 09

A propósito da arrumação dos veículos à guarda do Tribunal e da PSP o vice-presidente da Câmara Municipal e o Governador Civil de Beja trocaram uns galhardetes, que pode ler e ouvir Rádio Pax.

publicado por Zé LG às 14:12
E infelizmente vem na sequência de actos análogos em Almodôvar. Começa a ser óbvio que vai ser um ano muito feio...
h - V&P a 22 de Janeiro de 2009 às 14:29
Eu concordo com o Miguel Ramalho! Não é a pessoa, mas o cargo de Governador Civil não serve para nada senão para descerrar lápides de inaugurações dos municipios Socialistas! E com este Governador Civil parcial a paciência esgota-se!
joroca a 23 de Janeiro de 2009 às 18:56
O Governador Civil de qualquer distrito, por ser de confiança política (tal como os assessores e outros não eleitos que trabalham directamente com o Presidente da CMBeja e seus vereadores), é sempre algo parcial, claro. Sabe pouco destas coisas .... era só para ilucidá-lo .....
Anónimo a 25 de Janeiro de 2009 às 00:23
Eu percebo e sei que o Governador Civil é nomeado para representar o Governo a nível Distrital, porém é um cargo desnecessário e que só serve para autorizar manifestações. Apesar de ser um cargo de nomeação política, isso não implica um tratamente tão distinto às autarquias!

Eu sei destas coisas... não me ensinou nada de novo!
joroca a 30 de Janeiro de 2009 às 17:28
Acabou por concordar comigo no que respeita ao adjectivo "parcial", ou seja, admitiu que é normal. Quanto à utilidade de um Governo Civil em geral é outra questão, com a qual por acaso eu até não discordo de todo com o Sr. - talvez fizesse falta rever e / ou repensar quais as suas funções e utilidade. No entanto, o Sr. Governador está a cumprir o seu papel perfeitamente, ou seja, ele não tem culpa que os seus poderes sejam relativamente limitados e algo esgotados. Disponibilizo-me para discutir isso com o Sr., numa perspectiva institucional, e, não, numa perspectiva pessoal, como fez o Sr. Miguel Ramalho ao dizer "o Governador Civil de Beja", pois ele deveria ter dito "A instituição Governo Civil". Talvez com a regionalização, se ela tivese avançado quando nós alentejanos nos pronunciámos a favor (a maioria) aqui há uns anos atrás já não fizessem falta GCivis. Por outro lado, um pais tão pequeno com mais de 300 autarquias, ou seja, mais de 300 reguengos "é um verdadeiro cancro para o nosso desenvolvimento económico". Qualquer pessoa que tenha trabalhado numa autarquia sabe disso, pois a perspectiva da autarquia raramente vai para alem do concelho. Aqui há muito mais desperdício de recursos, gastos e energias do que em todos os GCivis do país e o Sr. não se preocupa com isto. Já vi que de facto ainda tem pouca experiência de gestão do sector público administrativo ... pois ainda não percebeu que o problema que afirma se multiplica muito mais do que pensa .....
Anónimo a 30 de Janeiro de 2009 às 23:21
Ó Sr. Miguel Ramalho, leia isto com atenção e peça perdão a DEUS, se é que o Sr. acha que deve pedir perdão a alguem, alguma vez na vida. No fundo também é como um Primeiro-Ministro que tivemos que "...nunca se enganava e raramente tinha dúvidas...". O Sr. é mal educado porque:

1.º) É mesmo mal educado;
2.º) Pode ser mal educado (porque está no poder);
3.º) É a sua forma de fazer política;

Assim, a unica forma de o calar é dizendo o seguinte (claro que, também vou roçar a má educação - ou seja, vou ser curto e grosso, tal como é seu apanágio):

Caiu o muro de Berlim e desagregou-se a URSS e eles, os Comunistas (de que o Sr. é um exemplar perfeito, por sinal, em vias de extinção) do distrito de Beja (que eu acho mais que são Comodistas e Tachistas) ainda teimam (como um burro com duas palas nos olhos). Talvez não saibam, mas a Lituânia é menos "Comodista" que Beja. Quanto ao Tachista é fácil - queres emprego em Beja - torna-te militante da CDU ou és filho, sobrinho, etc … de um familiar da CDU local, ou, és independente (mas com tendência para o PSD – por causa do pessoal do “papel”, agricultores e outros tipos que nos estoiram o dinheirinho público em bens pessoais, enquanto um gajo anda a fazer contas à vida …) – em alguns casos. É uma “grande família” que se ajudam todos uns aos outros - gabe-se a amizade e espírito de entreajuda que mantêm - senão vejamos: Quem são os funcionários (desde a base ao topo) das seguintes instituições:
- CÂMARA MUNICIPAL DE BEJA;
- AMALGA;
- CONSERVATÓRIO REGIONAL DO BAIXO ALENTEJO;
- EMAS;
- AMBAAL;
- RÁDIO VOZ DA PLANÍCIE;
- JORNAL DO ALENTEJO;
- PARQUE DE FEIRAS E EXPOSIÇÕES;
- TEATRO PÁX-JULIA;
- Etc …..

É uma vergonha.

Mas depois fazem comentários moralistas à população, como se fossem “donos” da verdade absoluta, e proprietários da razão, e seres de superioridade moral e ética irrepreensível. Investigue-se a “trofolhices” que fazem em Beja nos mais diversos sectores de intervenção (construção, regalias, uso abusivo dos meios da autarquia para proveito próprio, etc ….). Eles sabem que fazem isso, mas fecham-se em “copas” e “assobiam para o lado”.

De resto, se repararmos nas restantes autarquias do distrito que são dirigidas pela CDU encontramos um fio condutor comportamental que confirma o referido ……

Do PS também pode dar, mas é mais "lixado" pois são 777 cães a 7 ossos (porque aqui também entram os ditos independentes - nunca percebi este conceito, pois como vivemos em sociedade, todos dependemos uns dos outros). Estes gajos são os espertos. Não vergam a “mola” para nenhum partido, podem dizer mal de tudo e todos (mesmo que sejam, não maioria, criticas destrutivas, sem sugestões) e, depois, para compensar, vão parar a um tacho, no PS.

TAMOS BEM ENTREGUES ….. !!!!!!!!!!!!!! COM ESTAS AÇORDAS DE “PAPO”- SECO e ESTÚPIDO
Anónimo a 24 de Janeiro de 2009 às 22:40
Independentemente da boa ou má educação, o Senhor(a) faz afirmações graves mas que nã assina, preferindo a cobardia do anonimato. Se tem indícios que sejam daquilo que afirma porque não denuncia essas pretensas ilegalidades ou irregularidades a quem de direito, ao governador civil por exemplo.
O vereador Miguel Ramalho perguntou o que faz o governador civil. É uma pergunta perfeitamente legítima, tanto mais que se trata de um cargo a ser extinto quando for feita a regionalização e que muitos políticos e não só têm posto em causa.
Zé LG a 25 de Janeiro de 2009 às 15:36
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Os descontos que diz fazer todos os meses são PARA...
Estúpido e boca suja.
Estupida es tu oh cabra
Que comentário tão estúpido. A realidade virtual é...
Ao contrário de você não tenho chatos.
E você deve ser algum funcionário público que leva...
Numa empresa privada, ia para o olho da rua.
É habitual ver-se um certo funcionário da ULSBA de...
A dedicação de um trabalhador não se compra. É uma...
O Lopes Guerreiro podia ter comentado o comentário...
Há empresas em que não se pode sequer abrir o mail...
Não fazer nada é castigo? Pagar salário a um funci...
Há blogues para os mais variados temas, e o facebo...
Falei em facebook e blogues
Então acha que as pessoas na internet só brincam?
blogs SAPO