Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
02
Jan 09

As autarquias locais, tal como a restante administração pública e muitas empresas, fazem algumas despesas que são autênticos desperdícios.

O que aqui se apresenta é apenas um exemplo e não constitui uma crítica específica às autarquias de Cuba e Vila Ruiva, porque muitas outras fazem coisas semelhantes.

Há alguns anos, a Câmara Municipal de Cuba e a Junta de Freguesia de Vila Ruiva procederam ao arranjo do terreno adjacente à Ermida da S.ª da Represa, incluindo pavimentação, plantação de árvores e outras plantas, colocação de bancos e iluminação pública.

A utilização deste espaço resume-se a dois ou três dias aquando das Festas da S.ª da Represa. Pergunta-se: Então para que se mantém a iluminação acesa durante todo o ano? Se fosse a iluminação decorativa da Ermida (que não existe) ainda se poderia dizer que era para valorizar e promover o monumento. Assim é desperdício e nada mais…

 

publicado por Zé LG às 18:08
Assim vai os maus gstos nossos impostos... enfim é o que temos, ó talvez o que ñ temos!
Anónimo a 2 de Janeiro de 2009 às 19:02
É a política da aparência! O que foi feito neste espaço é o que é feito todos os anos na Cuba por altura da Feira Anual... só estética... muitas vezes mau investimento ou feito de forma muito superficial e sem grande utilidade! Ainda bem que não é a CDU de Cuba a fazer esta critica...

Sempre visitante do blogue...

Abraços
Joroca a 2 de Janeiro de 2009 às 20:10
Ó ,Joroca nunca mais tomas juizo,não é mesmo? Que sabes tu de Cuba e de Vila Ruiva e da importância que esta Ermida tem para este povo de Vila Ruiva? Como sempre falas de cor e salteato . Olha venho te dar uma boa notícia, finalmente ao fim de 50 longos anos de comunismo a Républica de Cuba admitiu, finalmente que os cubanos possam ter casa casa própria.Já viste que grande avanço para o povo de Cuba? Depois de poderem ter telemóvel,acesso a net ,embora limitada, as prostitutas juvenis,umas das principais fontes de divisas estrangeiras, ficaram isentas do imposto revolucinário . Já viste Jororoca como a nossa revolução avança determinada e firme ? E que achas destas grandes conquistas? Um bom ano e estes resquícios morram de morte natural, afinal só te envergonham.
JakuzzY a 6 de Janeiro de 2009 às 22:09
Caro Jakuzzy: Sei mais DA Cuba e de Vila Ruiva do que o senhor por certo...!!! Como aqui já errou, devo-lhe dizer que no resto tb anda só a ler os generalistas, que pouco ou nada dizem de um embargo que obriga o Estado Cubano a restringir ao Povo Cubano certas necessidades, não por capricho mas por dificuldade em assegurar o seu funcionamento. É o exemplo dos micro-ondas. Se todos os Cubanos tivessem a possibilidade de adquirir um micro-ondas, o Estado não tem, por causa do embargo, capacidade para assegurar o fonrecimento de electricidade a toda a população para que os pusessem a funcionar. E se tivesse visto o documentário. 638 maneiras de matar Castro, percebria que Cuba vive uma guerra não declarada e emt tempos de guerra existem precauções daí a haverem algumas medidas que evitem espionagem.

Talvez devesse ler os factos e não fazer de conta que o bloqueio n existe, porque ele existe:

Ponho-lhe aqui o link do discurso do Ministro de Cuba perante a ONU mas podia colocar mais estudos e até a resolução por larga maioria dos países da ONU que não é respeitada. Assim como lhe aconselharia a ter visto o documentário que ontem deu na RTP2

http://www.juventudrebelde.cu/cuba/2007-10-31/palabras-de-felipe-perez-roque-ministro-de-relaciones-exteriores-de-cuba-en-la-onu/



Abraços
joroca a 7 de Janeiro de 2009 às 11:15
De facto é verdade isto é um abuso de confiança do povo de como aplicar os seus impostos. Quanto a Cuba é um concelho onde as coisas até têm parecido boas. O problema é que existem mais 300 e tal concelhos a fazer o mesmo. Como acabar com isto? Será que o governador civil não pode fazer nada? Pomos uma acção em tribunal? Sei lá!!!
Anónimo a 2 de Janeiro de 2009 às 21:01
É estranho de facto toda esta iluminação naquele espaço. Não é que não a justificasse, mas parece pecar por demasiada. Isto num concelho considerado de sucesso e de boa gestão autárquica.
É caso para dizer que no melhor pano cai uma nódoa.
Manuel a 3 de Janeiro de 2009 às 22:43
Os últimos comentadores por certo que não conhecem o Concelho ou quem lhes conta as coisas conta-as à maneira que mais lhe interessa! Um Concelho exemplo!? Um Concelho com boa gestão!? Não façam rir os Cubenses...
Joroca a 3 de Janeiro de 2009 às 23:17
Um concelho de sucesso e boa gestão autárquica? Não brinquem com as pessoas, só diz que é bem gerido quem cá não vive. Os cubenses nas próximas eleições autárquicas logo fazem a folha a esses vaidosos.
Blog a 4 de Janeiro de 2009 às 14:43
Como já foi dito, é só para mostrar obra, mas que obra, só de fachada.
A ideia dos autarcas, é que com cada lampada ganhem mais um voto.
Vila Ruiva precisa de outras coisas mais basicas do que iluminação e nestes ultimos anos nada foi feito.
VILA RUIVA a 4 de Janeiro de 2009 às 18:27
"Um concelho considerado de sucesso" e " e com boa gestão autarquica". Foi o que eu disse e mantenho.

A primeira parte penso que ninguém tem dúvidas. Pois ao contrário de outros concelhos vizinhos, aí têm sido feitos investimentos como em nenhum outro. Os restaurantes à hora de almoço e jantar estão cheios. Constroem-se casas a um ritmo nunca visto e até impensável com a actual crise. E com o futuro aeroporto de Beja, que aliás lhe fica mais próximo, não só irá manter tudo isto, como até irá fomentar mais o seu desenvolvimento.

Talvez alguma sorte da sua localização estratégica, mas sobretudo mérito e inteligência da sua população que está sabendo aproveitar esta oportunidade única.

Em relação a "e com boa gestão autárquica". De facto e perante o panomara desolador de desleixo, compadrio e incompetência que grassa de um modo geral nas autarquias. Desde haja uma que não impeça ou atrase o desenvolvimento do seu concelho, acho que já a poderemos designar como de boa gestão.

Em relação a Alvito lembrar que antes de Cuba já tinha vários projectos de turismo rural e residencial aprovados, e que eu saiba nem um teve continuidade. Cuba começou mais tarde e aí estão eles. Investimentos brutais e geradores de riqueza e mais-valias, enquanto Alvito embora com a estação encerrada, continua a vêr passar o comboio do desenvolvimento.

Será por isso que o dono deste Blog tem um ódio de estimação a Cuba ? Tá mal.
Manuel a 4 de Janeiro de 2009 às 22:30
Manuel: Já estava a faltar essa piada. Se tivesse lido com atençãono 2º parágrafo deste alvitre talvez não tivesse chegado a essa brilhante conclusão. De vez em quando, mostro imagens e escrevo sobre o concelho de Cuba pela simples razão de passar nele quase todos os dias. Dá par entender?
Zé LG a 4 de Janeiro de 2009 às 23:13
LG: Então é melhor teres algum cuidado. Pois podem fazer-te lá uma espera e levares uma carga de "porrada".

Desculpa a brincadeira. Bom Ano de 2009
Carlos a 5 de Janeiro de 2009 às 14:12
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
recomendo vivamente ao candidato Pinela que deixe ...
Pita Ameixa vai dar continuidade ao desenvolviment...
Já vai em 70.
Chegam os da cintura industrial... de Beja.
Isso queria tu. Vem a Beja e vai ficar impressiona...
Foi recolher-se a um bunker, não vá o Nibiru tecê-...
Se o compara a Trump, também não percebeu como foi...
António Costa já não vem a Beja. Tem a agenda muit...
Ainda não percebi como é que existem pessoas que a...
Em 2009 fui convidado pelo Dr. José Manuel Mestre ...
Concordo, respeitem as pessoas que se esforçam por...
Estes três ultimos comentários são de uma mesquinh...
Hãããã??? Confesso que não percebi mas também confe...
Gabo-me sim senhora e sempre que aqui venho faço-o...
Facto#Estavam mais em Baleizão que na festa do Bai...
blogs SAPO