Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
06
Nov 08

Aljustrel, Almodôvar, Montemor-o-Novo, Serpa, Vendas Novas.

 

publicado por Zé LG às 22:49
É possivel conhecer todos os concelhos que fazem gestão participada?
Aí há tempos veio no público uma listagem dos que praticam orçamento participado, só que nalguns casos para quem conhece a realidade, tratava-se de publicidade enganosa...
Aqui em Castro Verde estão muito atrasados com as sessões públicas para esse efeito. Espero que não contrariem a tal listagem do jornal O Público...
Manuel Antonio Domingos a 8 de Novembro de 2008 às 07:50
É difícil de saber quantos são. Tenho procurado dar conta dos que no Alentejo fazem o mínimo, ou seja, reuniões com as populações.
Orçamento participativo, tal como foi concebido em Porto Alegre, consiste em criar uma organização com eleitos para esse fim, que decidem sobre uma percentagem do orçamento e acompanham a sua evolução. Foi concebido para outra realidade, diferente da nossa, e para grandes territórios com muita população.
Entre nós, pode ser adaptado (a Estud@lentejo concebeu um modelo, que prpôs a alguns municípios, só um tendo aderido e sem lever a proposta até às últimas consequências), tendo em conta a participação e as competências dos órgãos autárquicos.
Zé LG a 8 de Novembro de 2008 às 14:21
LG -É possivel saber qual foi o municipio que adoptou o modelo da estd@lentejo, e qual é esse modelo?
Manuel Antonio Domingos a 10 de Novembro de 2008 às 09:00
Alvito.
O modelo, como escrevi antes, tem por base o "Orçamento Participativo" e a realidade do nosso Poder Local e deve ser adaptado à realidade específica de cada concelho ou freguesia. Prevê consultas às populações e, com maior frequência, ao Conselho de Opinião, a criar, reuniões com as populações, um programa de comunicação com a população e para fora, etc. É fundamental para o seu êxito a convicção de quem o promove de que a participação popular na gestão autárquica é fundamental para a melhoria da sua qualidade.
É que é possível apresentar em maia dúzia de linhas...
Zé LG a 10 de Novembro de 2008 às 12:21
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Sempre tem a asfaltadeira do Rocha para ir tapando...
Meninos mimados e guerrilhas há em todo o lado, se...
O que se passa aqui e um reflexo de tudo o resto, ...
Tudo bem, mas por favor não misture com o que se p...
Parvoíce é o silêncio de que devia de andar indign...
Querer comparar o que se passa a nível autárquico,...
Pelo menos,já devia ter organizado uma festinha te...
... E assim é esta a forma cordial entre eles que ...
Confesso que cada vez ando mais confuso, quantos P...
O Oliveira foi sacudido ainda antes das eleicoes.
Só espero que tem dinheiro para receber não veja i...
O acolhimento politico e pessoal do executivo às i...
Como foi possível proceder a um aumento salarial c...
O vereador que não fazia parte do CA da EMAS é que...
P'ra parceiros até que não se dão mal!
blogs SAPO