Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
02
Nov 08

«Sinto-me envergonhado ao ver o primeiro-ministro do meu país a desempenhar o papel de vendedor de banha da cobra numa cimeira de chefes de Estado e de Governo. De cada vez que a cena passa na televisão, sinto vontade de me enfiar num buraco. A cena revela falta de sentido de Estado, falta de bom senso e falta de vergonha. Não é verdade que – como ele diz – o computador «Magalhães» seja um produto genuinamente português e, ainda menos, ibero-americano. Mas, mesmo que o fosse, um mínimo de pudor deveria ter impedido o primeiro-ministro de vestir a pele de um vulgar promotor de vendas de um produto comercial que está bem longe da excelência. Para o engenheiro José Sócrates, a ausência de oposição à altura e de alternativa credível, em Portugal, convenceu-o de que tudo lhe é permitido aquém e além-mar – por cá, na Europa e na América Latina – sem medo de que o ridículo dê cabo dele.»

Alfredo Barroso, in
Sorumbático

publicado por Zé LG às 00:06
O texto integral (tal como o autor o publicou no seu blogue, o 'Sorumbático'), é o seguinte:
__________

Sócrates e a banha da cobra

SINTO-ME ENVERGONHADO ao ver o primeiro-ministro do meu país a desempenhar o papel de vendedor de banha da cobra numa cimeira de chefes de Estado e de Governo. De cada vez que a cena passa na televisão [v. aqui], sinto vontade de me enfiar num buraco. A cena revela falta de sentido de Estado, falta de bom senso e falta de vergonha.
Não é verdade que – como ele diz – o computador «Magalhães» seja um produto genuinamente português e, ainda menos, ibero-americano. Mas, mesmo que o fosse, um mínimo de pudor deveria ter impedido o primeiro-ministro de vestir a pele de um vulgar promotor de vendas de um produto comercial que está bem longe da excelência.
Para o engenheiro José Sócrates, a ausência de oposição à altura e de alternativa credível, em Portugal, convenceu-o de que tudo lhe é permitido aquém e além-mar – por cá, na Europa e na América Latina – sem medo de que o ridículo dê cabo dele.
De facto, não há situação mais lamentável do que aquela em que se encontra o PSD. Num país de comentadores «politicamente correctos», ainda não apareceu quem tenha coragem de apontar a dedo as medíocres prestações políticas da doutora Manuela Ferreira Leite, fazendo como o miúdo daquela velha história d’ «O Rei vai nu».
No fundo, o engenheiro Sócrates é como o computador «Magalhães»: está longe da excelência e não é genuíno, mas podem atirá-lo ao chão que ele nunca se parte.
C. Medina Ribeiro a 2 de Novembro de 2008 às 12:07
Muito gratos pela referência e pelo link.
A crónica tem ainda os seguintes 2 prágrafos:
__________

(...)
De facto, não há situação mais lamentável do que aquela em que se encontra o PSD. Num país de comentadores «politicamente correctos», ainda não apareceu quem tenha coragem de apontar a dedo as medíocres prestações políticas da doutora Manuela Ferreira Leite, fazendo como o miúdo daquela velha história d’ «O Rei vai nu».

No fundo, o engenheiro Sócrates é como o computador «Magalhães»: está longe da excelência e não é genuíno, mas podem atirá-lo ao chão que ele nunca se parte.
C. Medina Ribeiro a 7 de Novembro de 2008 às 16:44
Já os tinha incluido no comentário anterior.
O complemento ficou assim (duplamente) feito.
Zé LG a 7 de Novembro de 2008 às 23:17
Tem toda a razão... A idade não perdoa!

Se quiser, poderá apagar um deles.

Abraço
CMR
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
E a estrada da Mina da Juliana parece um caminho d...
E a minha rua sem alcatrão
E gostou do que disse o Costa sobre os comboios pa...
Nem como confundi-las :)
Um homem é o resultado do conjunto das suas ações,...
Manda o bom senso que para não suscitar dúvidas e ...
Mas qual vitimizar qual quê, mas eu preciso lá dis...
Bonita festa! Tantas centenas de pessoas com o com...
Vitimiza-te agora para encobrires a monumental asn...
Pois mas quando se manipula a verdade estamos suje...
Mas não me custa ouvir. O jogo politico também viv...
Queixinhas
Se estivesse calado e nao provocasse nao tinha que...
Depois ainda há quem fique surpreendido com o epít...
Toma as capsulas e deita te. Adeus nao vale a pena...
blogs SAPO